Calcinhas descartáveis têm explosão de procura após Jade Picon “lançar moda” no BBB 22

Assim como o biquíni de crochê, as calcinhas descartáveis viraram moda após Jade Picon levar várias para dentro do BBB 22

Jade Picon "lançou" a moda de calcinhas descartáveis e fez a procura pelo produto disparar. Fonte: Reprodução/Globo

Você já usou (ou já pensou em aderir às) calcinhas descartáveis? Pois desde o início de 2022, a procura por esse item tem bombado nas redes. Isso porque, Jade Picon “lançou a moda” durante sua passagem pelo BBB 22.

“Passada! O que é isso? Você tá jogando calcinha fora?” – questionou Linn da Quebrada ao ver Jade jogando algo inusitado no lixo.

“Trouxe também: calcinha descartável. Sabe quando você vai fazer massagem, e te dão aquela calcinha que você usa uma vez e joga fora?” – explicou a digital influencer.

De fato, Linn da Quebrada não tinha conhecimento sobre o que são calcinhas descartáveis. Todavia, Jade, por sua vez, não sabia nem o que era um tanquinho de lavar roupa. Em determinado episódio, a influencer chegou a indagar uma colega de confinamento: “o que significa bater a roupa?”

Foi então que a ex-BBB descobriu que o termo é usado quando as “pessoas comuns” colocam roupas na máquina de lavar, e esperam o eletrodoméstico terminar o ciclo de lavagem.

Mas se você sabe sobre máquina de lavar roupa, será que você entende de calcinha descartável? E para que elas existem? Vem descobrir um pouco mais sobre esse assunto!

O que é uma calcinha descartável?

Ao contrário do que se pensa, calcinhas descartáveis não são tão fáceis de serem encontradas em mercados e farmácias. Fonte: reprodução

Antes de mais nada, vale ressaltar que uma calcinha descartável não tem nada a ver com uma calcinha comestível. Pois é bom não se atrapalhar. Os termos podem ser confundidos num papo rápido. No entanto, a calcinha descartável é muito comum em hospitais, clínicas de estética ou salões de depilação.

Enquanto isso, a calcinha comestível é um artigo exótico encontrado em diversas lojas do tipo “sex shop“.

Related Post

De acordo com especialistas sobre o assunto, o uso das calcinhas descartáveis não é tão comum no dia-dia da mulher. Isso porque, além de não ser um hábito barato, também é considerado desnecessário e antiecológico.

“As calcinhas descartáveis são produzidas com materiais sintéticos, mais irritativos para a pele e com maior resíduo para o meio ambiente. Elas foram projetadas para pessoas com incontinência urinária, pós-parto, pós-cirúrgico” – explicou a médica ginecologista e obstetra, Larissa Cassiano, ao G1.

Larissa Cassiano ainda complementa: “Quem opta por ela vê na praticidade um motivo para o uso, mas não se recomenda utilizar esse produto diariamente pela possibilidade de infecções ginecológicas, assaduras e irritações na pele”.

Quanto custa esse tipo de calcinha?

Esse modelo de calcinha descartável é mais usado em centros estéticos, clínicas ou hospitais. Fonte: Reprodução/ TV Gazeta

Assim que Jade Picon assumiu o uso de calcinhas descartáveis, o público que acompanhava o BBB passou a se interessar pelo assunto.

“Calcinha descartável, Jade? Vou aderir”– disse uma internauta. “Que inteligente, bicho”– elogiou outra expectadora do BBB. “Isso não é muito ambientalmente sustentável”– observou mais uma fã do programa.

De fato, autoridades médicas não indicam o uso de calcinhas descartáveis como um hábito diário. Além de ecologicamente incorreto, a usuária pode ter algum tipo de alergia, devido ao seu material.

“Esses materiais [os tecidos sintéticos] são derivados do petróleo e do plástico, uma indústria super questionável. Por isso, esse tipo de material é de menor durabilidade e de qualidade inferior. Dessa forma, essas peças resistem menos lavagens que peças de fibras naturais”– salienta Giovanna Nader, comunicadora socioambiental e autora do livro “Com que Roupa? Guia Prático de Moda Sustentável”.

Nas lojas online, os preços variam entre R$ 20,00 à R$ 140,00, por pacote.

E ainda Estilo Bruna Marquezine: confira os melhores looks da atriz brasileira

Modelos e preços de calcinhas descartáveis

Marcas como Askka (azul) e Underforms Panty (bege) oferecem modelos mais caros. Fonte: reprodução

A marca Askka possui dois modelos de calcinhas descartáveis: tanga e biquíni. Enquanto o pacote do modelo biquíni, com 24 unidades, sai por R$ 126,00, o de tanga custa R$ 105,60, com a mesma quantidade. A calcinha descartável dessa marca é 100% algodão.

De maneira idêntica, a marca a Underforms Panty, também oferece o produto em sua loja. No entanto, a calcinha descartável, nesse caso é feita de tecido sintético. O kit com seis unidades da peça, vendida no site oficial, custa R$ 52,90.

Há também marcas com preços mais acessíveis como: a calcinha descartável Tena (8 unidades) que sai à R$ 27,90 ou calcinha descartável Moviment – Bigfral (7 unidades) vendida à R$ 20,21. Vale lembrar que essa é apenas uma media de preço desse produto, que pode variar em diferentes lojas.

Vale a pena usar calcinha descartável?

Além de não ajudar a natureza, a pessoa que decidir usar calcinha descartável deve estar ciente nos riscos dermatológicos. Mais uma vez, vale ressaltar, que esse tipo de material sintético pode não contribuir para uma ventilação adequada nas partes íntimas. E isso é essencial para saúde da mulher.

“A região íntima é uma área naturalmente cheia de dobras que naturalmente já tem um atrito, suor, e pouca ventilação. O risco de infeção e assaduras é muito grande”– alerta a doutora, Larissa Cassiano ao G1.

Larissa ainda afirma que, até mesmo para recomendações médicas, existem outros produtos mais indicados, como por exemplo, a fralda geriátrica.

“Isso é um item totalmente antiecológico. A gente não precisa dele. É a mesma coisa de uma sacola plástica. Assim sendo, nós nunca sentimos falta da calcinha descartável. O capitalismo e o consumismo está colocando um outro item na nossa vida que a gente não precisa”– opina autora, Giovanna Nader.

Por fim, nesses tempos de crise, é mais indicado comprar calcinhas de boa qualidade, de algodão e laváveis do que investir em uma moda cara e descartável.

  • Logo depois, nos siga no Google News e acompanhe as novidades do Big Brother Brasil 22 direto do seu smartphone. Basta clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

Veja uma matéria exibida no programa Mulheres, sobre esse tema:

Mozuka Braga: Mozuka Braga é formado em Rádio e TV pela FAPCOM, em 2010. Também fez Pós-Graduação em Gestão e Produção de Vídeo em 2016 na FMU. Fã de novelas e programas de TV, sempre teve um olhar atento a tudo o que acontece no mundo dos famosos. Também é formado em Artes Cênicas e fez tecnólogo em Publicidade. Para ele comunicação é tudo.
Posts Relacionados