De 1960 até sua morte em 2018, Wanda Miletti Ferragamo foi a mente brilhante e a mão firme que conduziu a marca Salvatore Ferragamo. Após a morte de seu marido em 1960, havia dois capítulos em sua vida, um que começava e um que terminava.

Isto é, se iniciava uma jornada de mulher de negócios, cuja família continuava a ser o elo de ligação em sua vida e se encerrava o capítulo onde ela era esposa, mãe de seis filhos e dona de casa.

Dessa maneira, quem realmente era Wanda, suas experiências pessoais e as contribuições na indústria da moda são contadas na exposição Women in Balance, que estreou no dia 20/05 no Museo Salvatore Ferragamo, em Florença, na Itália, e fica em cartaz até abril de 2023. Venha saber mais!

Exposição Women in Balance: o que irá falar?

Wanda e Salvatore Ferragamo
Salvatore and Wanda Ferragamo a bordo do Queen Elizabeth que os levou para os Estados Unidos para receber o Neiman Marcus Award, 1947. Fonte: Divulgação

Nas últimas seis décadas, Wanda Ferragamo raramente falava sobre si mesma ou assumia os créditos pelo sucesso da maison Ferragamo. Por esse motivo, a exposição Women in Balance contará a verdadeira história de Wanda.

Isto é, da mulher que combinou habilmente o papel feminino mais tradicional de uma mulher, com suas responsabilidades de trabalho e para com a empresa.

Além disso, também contará a história de outras mulheres, que entre o final dos anos 1950 e o início de 1960, equilibraram com sucesso a vida pessoal com o amor à família. Assim, elas ajudaram a construir uma sociedade com um contexto histórico diferente do qual nasceram.

  • Em seguida, leia Salvatore Ferragamo – A autobiografia do Sapateiro dos Sonhos é lançada em podcast

No que se baseia a exposição Women in Balance?

Sapatos Ferragamo Expoisção Women in Balance
Os sapatos no guarda-roupa: seleção de modelos de Salvatore Ferragamo, criados entre 1955 e 1965. Fonte: Divulgação

Com o nome de Women in Balance, a exposição se baseia na teoria de que a história não evolui através de um resultado absoluto, mas sim através de uma pluralidade de pessoas.

Isto é, onde a partir do resultado das ações conjuntas de pessoas se desenvolve novos estilos de vida. Então, como consequência geram-se novos modelos de consumo, gênero e relações de trabalho.

Todos estes fatores se uniram na Itália após a Segunda Guerra Mundial. Ou seja, o boom econômico do país provocou diversas transformações sociais, que necessitam ser enquadradas dentro de uma visão a longo prazo, a fim de entender seus efeitos.

Dessa maneira, percebe-se que a história também é impulsionada por pessoas, suas histórias de vida e as escolhas que fizeram. Somente assim, conseguimos reconhecer os diferentes ângulos do passado.

Nesse sentido, a narrativa de Wanda Ferragamo, com toda sua complexidade, nos instiga a refletir sobre a encruzilhada entre a história de uma pessoa e a história social e econômica da Itália da época.

Os desejos de Wanda Ferragamo e a Exposição Women in Balance

Wanda Ferragamo
Fonte: Divulgação

A exposição Women in Balance segue uma série de escolhas que Wanda Ferragamo fez após a morte de seu marido, em agosto de 1960.

Nessa época, Wanda decidiu assumir a empresa de Salvatore e aliar esta nova fase de sua vida com os cuidados dos filhos, alguns ainda pequenos.

Com isso, a intenção da exposição é focar nessa parte da sua vida, a fim de destacar a história de outras mulheres que ajudaram a construir uma sociedade diferente daquela em que nasceram.

Ou seja, mulheres que ingressaram nas profissões, nas artes e nas ciências e que questionavam as ordens em que viviam. Com o propósito de moldar suas próprias sensibilidades e identidades para criar um presente diferente, onde a família era quem as guiava.

  • Por fim, confira Milano Unica: tendências para o Verão 2023 do Salão Têxtil de Milão

Wanda Ferragamo em sua nova era

A família Ferragamo
Fonte: Divulgação

Nesta nova era, Wanda Ferragamo resolveu retomar a empresa de onde o marido havia parado. Com o intuito de homenagear sua morte prematura, ela fez uma escolha essencial para preservar o legado do sonho de Salvatore.

Em agosto de 1960, mesmo apavorada e com dúvidas, Wanda estava preparada para enfrentar o “desafio”, como chamou em suas memórias.

Isto é, alcançar um equilíbrio entre seu novo papel na empresa e suas responsabilidades familiares, principalmente com a educação dos filhos, aspecto que a exposição Women in Balance explora.

“Nós mulheres fazemos tudo, não importa o que ou onde seja nosso escritório”, escreveu Wanda aos netos.

Em seus relatos, não há um heroísmo épico, mas referências às “pequenas virtudes”, que na visão da escritora Natalia Ginzburg, distinguiam a especificidade da linguagem feminina, que revela um novo sentido à humanidade.

Women in Balance: o papel da família nas transformações da sociedade italiana da época

Women in Balance
Fonte: Divulgação

Durante profundas transformações, a família desempenhou um papel ativo, servindo de espelho refrator e revelando a complexa dinâmica social desse novo período de consumo que marca um ponto de virada crucial na história da Itália.

A família tem caráter fundamental nas regras de convivência na sociedade civil após as atrocidades da guerra. Além disso, também era a bússola moral que orientava a vida pública das mulheres.

Dessa maneira, um dos objetivos da exposição é explorar a dicotomia entre o público e o privado. Afinal, ela revelou novas dimensões entre pessoas, famílias, sociedade civil e Estado.

A presença das mulheres na sociedade durante o “milagre econômico”

A presença da mulher
Fonte: Divulgação

O que mais chamou a atenção da sociedade durante o “milagre econômico”, foi a presença das mulheres que acabavam de conquistar o direito ao voto. Afinal, elas começaram a entrar no mercado de trabalho e, aos poucos, nas profissões.

Dessa maneira, são essas mulheres diferentes que permitiram ver a sociedade italiana de uma perspectiva privilegiada, mas não exclusiva, de uma cidadania feminina com o caminho complexo e assimétrico.

Nesse sentido, novas imagens e representações de modelos femininos remodelaram a sociedade italiana, o que influenciou os padrões e modos de vida. Assim, tornaram-se um elemento-chave para o conceito de modernidade.

  • Então, confira Bulgari e Casablanca: marcas romana e parisiense lançam coleção-cápsula de bolsas

A empresa familiar para Wanda Ferragamo e para as mulheres italianas

Para Wanda Ferragamo o lar era um refúgio seguro e especial, onde ela poderia olhar para Florença após um longo dia de trabalho.

Desse modo, em uma publicação de 2003 encomendada pelo gabinete do primeiro-ministro italiano, Wanda Ferragamo foi descrita como uma das primeiras capitães da indústria italiana.

No entanto, este é um tema complexo. Afinal, ele está ligado diretamente com a posição da mulher nas empresas familiares e na sucessão geracional.

Nesse sentido, na Itália, as empresas familiares são a regra e por isso, muitas mulheres encontram seu caminho no trabalho através do negócio familiar.

  • Logo depois, leia Looks com coturno: tudo sobre a história do calçado e dicas de como usar

Qual o objetivo da exposição?

Wanda Ferragamo e Rainha Elizabeth
Fonte: Divulgação

A exposição Women in Balance tem como objetivo não apenas recontar um capítulo da história da Itália, mas também inspirar uma reflexão contemporânea acerca das mudanças sociais abordadas.

Afinal, o novo contexto social em que vivemos atualmente, sem dúvidas, nos estimula a repensar diversas áreas de nossas vidas. Ou seja, temos um olhar mais afiado acerca das relações de gênero.

Desse modo, o “novo humanismo”, que muitos consideram como uma oportunidade para o renascimento de sociedade curada dos traumas de saúde e econômicos, causados pela Covid-19, introduz uma nova forma de igualdade mais evoluída.

Por esse motivo, organizaram-se diversas iniciativas colaterais a fim de desenvolver o conceito desta exposição. Assim, incluíram-se artistas e pessoas notáveis, que foram convidadas a compartilhar suas interpretações das relações contemporâneas entre as pessoas, a família, a sociedade civil e o Estado.

Para saber mais sobre a exposição, acesse ferragamo.com ou @ferragamo. Não se esqueça também de usar a hashtag #FerragamoTopHandle.

Por fim, no Brasil, as lojas da maison Ferragamo estão localizadas nos seguintes shoppings:

  • Shopping JK Iguatemi – Piso Térreo | Tel.: (11) 3152-6066  
  • No shopping Iguatemi São Paulo – Piso Faria Lima | Tel.: (11) 3815-5057  
  • Shopping Village Mall – Piso L1 | Tel.: (21) 3252-2523 

  • Enquanto isso, leia Tendências 2023: as principais apostas das passarelas internacionais