Angélica

Angélica revela ter sido abusada aos 15 anos: “Passando a mão em mim”

Angélica abriu o jogo sobre sua vida pessoal e revelou ter sofrido assédio quando ainda tinha 15 anos e trabalhava como modelo

Uma das apresentadoras mais famosas do Brasil, começou sua carreira bem nova. De lá pra cá, ela conquistou espaço na maior emissora de televisão do país, mas engana-se quem pensa que foi fácil chegar até aqui.

Angélica abriu seu coração e revelou ter sido vítima de abuso ainda no início de sua carreira, quando trabalhava como modelo, ainda aos 15 anos. Confira:

Veja também – Boninho dispensado da Globo? Diretor desmente jornalista ao vivo

Angélica foi vítima de abuso

Angélica
Angélica no podcast Quem Pode, Pod (Foto: Reprodução)

Angélica começou sua carreira ainda jovem como modelo. Deslanchando, ela conseguiu um trabalho na França e foi para cumprir com suas obrigações. Lá, a loira acabou sofrendo por não saber falar a língua e estar cercada por pessoas mais velhas.

“Vários homens de 19 e 20 anos ficaram passando mão em mim, enquanto eu fazia umas fotos, e eu parada falando para as pessoas: eles estão passando a mão em mim”, detalhou Angélica em entrevista ao podcast Quem Pode, Pod, nesta terça-feira, 12.

“Eles eram franceses então não entendiam o que eu estava falando, os fotógrafos também não eram brasileiros, e eu não sabia falar francês. Eu fiquei petrificada ali, vendida”, relembrou.

Veja também – Xuxa e Angélica assinam contrato com Disney+ e Eliana fica fora do projeto: “Seríamos nós 3”

Apoio para outras mulheres

Angélica destacou que sua decisão de falar sobre o assunto foi como forma de incentivar que as mulheres denunciem caso sejam vítimas de abuso. Giovanna Ewbank, apresentadora do podcast, acrescentou que muitas se calam por serem desacreditadas.

“Marca. Eles ‘só’ passaram a mão na minha bunda. No ônibus acontece muito, as mulheres sofrem isso direto. De alguma forma aquilo me agrediu, e foi uma agressão, ficou marcado ali”, reforçou Angélica. 

“Acho que a nossa função como mulheres, como influenciadores, o que for, é incentivar as pessoas a falarem porque a gente também tem as crianças aí. Elas têm que saber o que elas podem deixar, o que elas não podem. A gente tem que ter essa conversa”, acrescentou Angélica.

Veja também – Christina Rocha, do Casos de Família, faz harmonização facial: veja o antes e depois

Se você gosta do universo de entretenimento, precisa conhecer os conteúdos que temos sobre esse tema aqui mesmo, no portal Fashion Bubbles!


Participe da Enquete Ilha Record 2: após o exílio de Kaio e Nakagima, quem deve vencer o reality?

  • Bruno Sutter
  • Caique Aguiar
  • Fábio Braz
  • Kaik
  • Ste Viegas
  • Whendy Tavares


Stories

Matérias Similares