“E se foi num set de filmagem, cenário onde seu olhar transcendeu o seu espaço e tempo, marcando a sua passagem pela Terra (Um gênio)”. Essas foram as palavras do cantor Luciano, da dupla com Zezé Di Camargo, ao se despedir do diretor, Breno Silveira.

De fato, a genialidade de Breno Silveira, o consagrou em sua primeira experiência como diretor de cinema em, “Dois Filhos de Francisco”. O longa foi indicado a diversos prêmios ao longo do ano de 2005, quando foi lançado. De maneira idêntica, naquele ano levou mais de 5 milhões de expectadores às salas de cinema.

Breno Silveira faleceu aos 58 anos, após sofrer um infarto fulminante, no último sábado, 14. Ele estava na cidade de Vicência, no interior de Pernambuco, gravando “Dona Vitória”. Esse filme será protagonizado por Fernanda Montenegro. A confirmação da morte do diretor foi dada pela “Conspiração Filmes”, produtora de cinema a qual Breno era sócio.

Carreira de Breno Silveira

Breno Silveira, diretor, Dois Filhos de Francisco
Set de filmagem de “Dois Filhos de Francisco”. Fonte: Instagram

Breno Silveira se formou no famoso centro educacional, École Louis Lumière, de Paris. Em 1995, ele atuou como diretor de fotografia de, “Carlota Joaquina: Princesa do Brasil”. O filme foi dirigido por Carla Camurati e contou com Marieta Severo e Marco Nanini.

Já em 2000, Breno participou de outro sucesso de crítica e público: “Eu, Tu, Eles”. No longa, Breno voltou a atuar como diretor de fotografia e trabalhou com Regina Casé e Lima Duarte. Esse filme chegou a ser selecionado para participar da mostra “Um Certo Olhar”, do Festival de Cannes.

Todavia, o grande sucesso na carreira de Breno Silveira foi sua estreia como diretor, em “Dois Filhos de Francisco”. O projeto contou a história de Zezé Di Camargo e Luciano emocionou o Brasil. Da mesma forma, a produção recebeu mais dez indicações ao “Grande Prêmio do Cinema Brasileiro”, inclusive na categoria de melhor filme.

Além disso, “Dois Filhos de Francisco” desbancou a bilheteria de “Carandiru”, a maior do Brasil, até então. Assim como essa produção, Breno também dirigiu “Gonzaga: de pai para filho” (2012), “Era uma vez” (2008) e “Entre Irmãs” (2017).

“Dom” e “Dona Vitória”

Breno Silveira, diretor, Dois Filhos de Francisco
Breno Silveira em seus últimos trabalhos: “Dom” e “Dona Vitória. Ao lado de Flávio Tolezani e Fernanda Montenegro. Fonte: Instagram

Um dos últimos trabalhos de Breno Silveira foi a primeira temporada da série “Dom”. O projeto produzido pela Amazon Prime, é baseada em fatos reais no famoso caso do “bandido gato do RJ”. O jovem de classe média vira dependente químico e entra para o mundo do crime.

Ao G1, Breno chegou a contar que a produção só saiu do papel após um pedido do pai de Dom, que implorou para o diretor contar uma outra perspectiva da história.

“Comecei a escutar aquele cara ainda muito transtornado com tudo. A princípio, me pareceu uma história muito pesada para contar. No entanto, percebi que, no fundo, tinha uma história de pai e filho ali. Assim sendo, tinha outra camada que não era só o que ele me contava“, afirmou Silveira, na época.

“Dona Vitória” foi o último trabalho de Breno. O filme conta a história de uma aposentada que desmontou uma quadrilha de traficantes e policiais, a partir de imagens gravadas da janela do seu prédio, em Copacabana.

Despedida de famosos

Breno Silveira, diretor, Dois Filhos de Francisco
Dira Paes que fez fiversos trabalho com o diretor, usou as redes sociais para se despedir do amigo. Fonte: Instagram

Ao longo das últimas horas, diversos famosos têm postado mensagens de despedidas e homenagens a Breno Silveira.

“O poeta cubano José Martí dizia, “Há uma coisa que um homem deve fazer na sua vida: plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro.” E o que dizer e sentir quando, além desse triplo legado, você ganha de presente divino um filme? Sim, ter o sonho do seu pai, sua história e da sua família, sob a ótica de um gênio, registrando com maestria cada fase de nossas vidas, com emoções e ações.

Esse gênio hoje partiu, com imensurável tristeza, mas deixando o legado de quem fez da arte a sua forma de viver. E se foi num set de filmagem, cenário onde seu olhar transcendeu o seu espaço e tempo, marcando a sua passagem pela Terra. Deus te receba no Céu, querido BRENO!” – escreveu Luciano.

Mais despedidas

Estou muito triste com a sua partida. Vá em paz Breno Silveira!!! Falamos na semana passada. Agradeço pelos nossos filmes, pela parceria, e pela alegria que tivemos a chance de compartilhar. Meus sentimentos profundos aos familiares. Muito, muito obrigada!” – disse a atriz Dira Paes.

“Um incrível diretor e cineasta que tive o privilégio de trabalhar. Aos 58 anos, ele nos deixa, e dessa forma, deixa também trabalhos brilhantes no cinema brasileiro” – afirmou Zezé Mota.

Por fim, o velório de Breno Silviera acontecerá no MAM (Museu de Arte Moderna do RJ). Breno deixa Paula Fiuza, e duas filhas, Olívia e Valentina.

  • Logo depois, nos siga no Google News e acompanhe as novidades do Big Brother Brasil 22 direto do seu smartphone. Basta clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

Veja o depoimento que Luciano deu ao Jornal da CNN: