Depressão: Famosos que tiraram a própria vida e você não sabia

Conheça famosos artistas brasileiros e estrangeiros que tiraram a própria vida e suas tristes histórias com a depressão.

10.346

- Continue depois da Publicidade -

A depressão é uma doença considerada o mal do século, e pode inclusive atingir qualquer pessoa. No entanto, infelizmente, é muitas vezes interpretada como “Frescura”, por aqueles, que não entendem como ela age na mente.

Quando ocorre a união da ansiedade com a depressão, elas geram crises, ou seja, ataques de pânico onde o indivíduo passa por um momento de profunda tristeza. Nessa situação complicada, as pessoas chegam a cometer atitudes ruins contra o próprio corpo. No entanto, existem muitos  tratamentos disponíveis, assim como auxílio de um psicólogo ou psiquiatra. Por isso fizemos um especial com Tipos de Terapia.

  • Veja também: Lady Gaga aborda suicídio em seu novo clipe 911, enfatizando a importância de se pedir ajuda.

Porém, muitos não conseguiram pedir ajuda ou buscar um tratamento. Assim alguns artistas famosos, brasileiros e internacionais, infelizmente cometeram o pior, tirando a própria vida devido a depressão. Entre eles cantores, atores e artistas mirins, que partiram lutando contra a doença.

Leila Lopes

A atriz nasceu em 1959, na cidade de São Leopoldo, Rio Grande do Sul, onde na juventude trabalhou como professora. No entanto, em 1990 deu início a atuação na TV. Seu maior sucesso é a apresentação do papel principal na novela “Rei do Gado”.

Atriz Leila Lopes, depressão.
Leila Lopes – Fonte: TV Foco

Leila aos 50 anos de idade, deu fim a própria vida diante um episódio de depressão. A atriz, deixou uma carta triste e comovente aos queridos familiares, amigos e fãs.

Leila Lopes séria, depressão.
Leila Lopes – Fonte: Movie Fit

Confira um pequeno trecho: “Não chorem, não sofram, eu estou ABSOLUTAMENTE FELIZ!!! Era tudo o que eu queria: ter paz eterna com meu Deus e, se possível, com minha mãe. Eu não me suicidei, eu parti para junto de Deus.” escreveu a atriz em sua carta de despedida.

Mark Salling

A série “Glee” já é considerada amaldiçoada, devido a tantas tragédias e polêmicas envolvidas com os atores das filmagens. Mark Salling, interpretava Noah “Puck”, ou seja, Puckerman na série musical. No entanto o artista tirou a própria vida dia 30 de janeiro de 2018.

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Mark Salling em foto na multidão.
Mark Salling – Fonte: Ric Mais

Encontraram o corpo de Mark com seus 35 anos de idade, pendurado em uma árvore na floresta perto de onde morava. Ou seja, a definição da morte é de suicídio por enforcamento, provido da depressão.

 

Mark Salling sorrindo de lado. Depressão..
Mark Salling – Fonte: US Magazine

As interpretações acometidas à série Glee, a ponto de a considerarem amaldiçoada, é que além da morte de Mark Salling, houve a morte de outros dois atores, Cory Monteith e Naya Rivera.

Cory faleceu após misturar heroína e álcool em 2013. No entanto, Naya partiu recentemente em julho de 2020, sete anos depois de Cory. A atriz desapareceu em passeio de barco que fazia com o filho, mas foi encontrada 5 dias depois, já sem vida. O menino agora vive com o pai.

Cory Monteith em evento.
Cory Monteith – Fonte: G1 Globo
Naya Rivera sorridente.
Naya Rivera – Fonte: Twitter

Yasmin Gabrielle

Yasmin adquiriu sucesso quando era apenas uma criança participando do programa do Raul Gil. Com seu jeito encantador, também chegou a atuar como assistente de palco em algumas atrações do SBT.

Artista Yasmin quando ainda criança.
Yasmin Gabrielle no Raul Gil – Fonte: Di Dia a Dia

No entanto, em 2019 a jovem tirou a própria vida aos 17 anos de idade, devido a depressão. Uma amiga de infância revelou o que de fato aconteceu com Yasmim em uma entrevista dada ao Veja SP: “Ela tomou vários remédios. Um monte mesmo” disse.

Yasmim feliz e fofa, usando tiara na cabeça.
Yasmim Gabrielle com 17 anos – Fonte: Instagram

A partida de Yasmin provida da depressão, causou muita dor e tristeza no coração dos familiares e brasileiros.

Por fim veja um super especial de como evitar a ansiedade. Com causas, sintomas e muitas dicas bacanas para que a doença não evolua, nem vire síndrome do pânico.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

- Continue depois da Publicidade -