Um tumulto tomou conta de uma delegacia da zona sul de São Paulo nessa segunda-feira, 16. Isso porque, Paulo Cupertino foi capturado e preso pelos policias da da 6ª seccional de SP. O empresário estava na lista da interpol e era um dos foragidos mais procurados do Brasil.

De acordo com o Ministério Público, Paulo Cupertino é o responsável por atirar e matar, o ator Rafael Miguel, além de seus pais, João Alcisio Miguel, de 52, e a mãe Miriam Selma Miguel, 50. O crime aconteceu em 9 de junho de 2019, na Zona Sul de SP, na frente da casa do acusado.

Rafael Miguel era ator e participou da novela Chiquititas do SBT, entre 2013 e 2015. Segundo informações de pessoas próximas, o ator estava realizando testes na emissora de Silvio Santos para um novo trabalho, na época do crime.

Rafael tinha apenas 22 anos. Paulo Cupertino, de 50 anos, estava foragido desde o dia dos assassinatos. O crime aconteceu, pois o suspeito não aceitava o romance de sua filha, Isabela Tibcherani, com o ator.

No dia do assassinato, os pais de Rafael foram até a casa de Cupertino para tentar conversar com o acusado sobre o relacionamento de seus filhos. Paulo disparou 13 tiros nas vítimas e fugiu.

A prisão de Paulo Cupertino

Paulo Cupertino, Rafael Miguel, Isabela Tibcherani , prisão cupertino
Paulo Cupertino é acusado de matar cruelmente o ator Rafael Miguel e seus pais, na porta de sua casa, em SP. Fonte: Reprodução/ Redes Sociais

Segundo informações, Paulo Cupertino foi surpreendido por policiais em um hotel da zona sul de São Paulo. Cupertino foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde fez o exame de corpo de delito.

Na sequência, o suspeito foi encaminhado para a Divisão de Capturas, no prédio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Centro da capital paulista. Ele ficará à disposição da Justiça, segundo o G1.

“Eu sou inocente. Não matei ninguém” – disse Paulo Cupertino ao chegar no prédio do DHPP.

“Eu fui para o Paraguai com uma equipe uma vez, perdemos ele por pouco. Chegamos até a barraquinha de sanduíche dele, que ele abandonou. Perdemos ele por pouco também em um barbeiro. Mas hoje, vou fazer questão de divulgar a prisão dele, que foi um trabalho muito grande da polícia” – disse o delegado, Delegado Osvaldo Nico Gonçalves ao “Cidade Alerta”, da Record TV.

Isabela Tibcherani fala sobre a prisão do pai

Paulo Cupertino, Rafael Miguel, Isabela Tibcherani , prisão cupertino
Isabela Tibcherani conversou com Datena sobre a prisão do pai, 3 anos depois da morte de seu namorado, Rafael Miguel. Fonte: Reprodução/Redes Sociais

Isabela Tibcherani falou com Datena, no “Brasil Urgente”, da Band, enquanto seu pai era preso pela polícia:

“Aparentemente é real e faz literalmente cinco minutos que eu descobri, então eu estou ainda assimilando tudo.

Acabei de ser informada sobre a prisão dele e ainda estou assimilando. Não é a primeira vez que eu recebo essa informação, tanto que a minha primeira reação ao receber a ligação foi: ‘Você tem certeza do que você está falando? Você confirma isso? Não posso ter a minha vida balançada agora” – disse a filha de Cupertino.

De acordo com a 6ª Delegacia Seccional de Polícia Regional de Santo Amaro, Paulo Cupertino já teve quatro passagens pela polícia. São elas por: roubo a banco (1993), furto, lesão corporal e ameaça (2005) e ocorrência de fuga.

As mortes de Rafael Miguel e seus pais chocaram o Brasil. Desde então a polícia chegou a receber 300 denúncias do paradeiro de Paulo Cupertino. Além do interior de SP, o suspeito também foi visto em localidades do Uruguai e Argentina.

Por fim, além de Paulo Cupertino, mais quatro suspeitos são investigados na morte de Rafael Miguel e seus pais. Dois deles, inclusive, já se tornaram réus na investigação. São eles, Eduardo Jose Machado e Wanderley Antunes Ribeiro Senhora, ambos por acobertarem Cupertino durante a fuga.

  • Logo depois, nos siga no Google News e acompanhe as novidades do Big Brother Brasil 22 direto do seu smartphone. Basta clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

Veja como foi a prisão de Paulo Cupertino, na cobertura do Cidade Alerta, da Band: