Aranto: planta para decoração que ajuda no tratamento da rinite

Para a medicina, a Aranto é uma espécie bem importante também, pois apresenta uma série de benefícios para a saúde.

- Continue depois da Publicidade -

O aranto é uma planta medicinal muito utilizada hoje em dia, que é conhecida por vários nomes, que incluem mãe-de-mil, mãe-de-milhares e fortuna.

Apesar de ser originária da ilha africana de Madagascar, essa espécie bem comum no Brasil, sendo usada inclusive para fins ornamentais.

Para a medicina, essa é uma espécie bem importante também, pois apresenta uma série de benefícios para a saúde.

Isso se deve à substancia bufadienolídeo, que possui propriedades antioxidantes e, que pode ser benéfica também no combate ao câncer.

No entanto, o uso deve ser feito com cuidado, sobretudo porque não existem muitos estudos que comprovem a eficácia e segurança do uso de doses mais elevada.

- Continue depois da Publicidade -

Mas existem muitas outras informações interessantes sobre o aranto nesse texto. Então continue lendo até o final.

 

 

Conheça melhor as características do aranto

 

 

- Continue depois da Publicidade -

aranto
Aranto. Fonte: blogichics

 

 

O aranto é uma espécie vegetal muito conhecida, com nome científico Bryophyllum daigremontianum.

Pode ser que você encontre também como Kalanchoe daigremontiana, que era a denominação antes da atualização.

- Continue depois da Publicidade -

Ela é originária da ilha africana de Madagascar, localizada no sudeste africano. Essa é apenas uma entre as mais de 125 espécies pertencentes ao mesmo gênero.

Se você for em busca de uma muda, vai perceber que ela é bem pequena, com aproximadamente 5 centímetros apenas.

Mas quando bem cuidada, a planta costuma dar origem a flores, que são bem parecidas com sinos, de coloração rosa. Os brotinhos surgem em vários pontos próximos às folhas.

Sendo assim, por essas características, essa planta é usada para a ornamentação e na composição de decorações.

Independentemente da maneira que você quiser usar a planta, é essencial que você a deixe em locais de incidência direta do sol ou meia sombra.

 

 

Algumas dicas para o cultivo

 

 

O aranto é um tipo de suculenta, ou seja, consegue armazenar água nas folhas, que são arredondadas justamente por isso.

Sendo assim, essa planta não suporta bem o excesso de água. Por isso, é preciso regar apenas às vezes.

Só coloque água no vasinho quando sentir que o substrato está realmente bem seco. Além disso, veja como preparar o vaso de maneira correta.

  • Compre um substrato próprio para suculentas ou prepare-o misturando terra, areia e matéria orgânica;
  • Para melhorar ainda mais a drenagem, escolha um vaso que tenha furos e/ou forre o fundo com pedras ou areia;
  • Coloque a planta no substrato, deixando as folhas para fora. Além disso, respeite a distancia de 2 centímetros entre o caule e a borda do recipiente;
  • Umedeça o substrato levemente, evitando enxarcar demais.

Quando perceber que algumas folhas estão secas, doentes e amareladas, deve removê-las. Além disso, quando o vaso estiver muito cheio, faça o replantio.

 

 

  • Veja também: Calmante natural: opções para reduzir a ansiedade e o estresse

 

 

Principais benefícios do aranto para a saúde

 

 

aranto
Aranto no vaso. Fonte: blogchics

 

 

O aranto pode ser usado na ornamentação, mas é também uma espécie com propriedades medicinais importantes.

Ainda não existem tantos estudos que comprovem o seu efeito, mas mesmo assim já existem muitas indicações sobre os benefícios. Veja a seguir as principais:

 

 

Pode melhorar a imunidade

 

 

O aranto possui propriedades anti-inflamatórias importantes e, por isso, essa planta ajuda a aumentar a imunidade.

O combate aos radicais livres e prevenção das inflamações do organismo, fazem com que o indivíduo tenha menos chances de ficar doente ou ter uma diminuição das suas defesas.

 

 

Pode combater tosse e febre

 

 

O aranto é possui propriedades importantes contra problemas respiratórios que podem surgir em casos de gripes e resfriados.

A tosse também pode melhorar bastante com o uso da planta. As suas propriedades anti-histamínicas são bem expressivas.

 

 

Bom para diminuir sintomas de ouvido, nariz e garganta

 

 

Muitos otorrinolaringologistas já prescrevem o aranto na forma de solução nasal. Com a ajuda de uma seringa deve-se aplicar pequena quantidade no nariz quando existe um quadro de gripe ou sinusite.

Existem indícios de que o vegetal é positivo também em casos de amigdalite, um processo inflamatório de ouvido e garganta.

Para o tratamento nesse caso, utiliza-se uma gaze com a solução que deve ser colocada no ouvido com cuidado. A gaze deve permanecer no local por meia hora.

O gargarejo também é uma excelente alternativa para quem precisa combater a inflamação na garganta.

 

 

 

 

Pode ajudar no tratamento da rinite alérgica

 

 

O aranto é muito positivo no tratamento de quadros de rinite alérgica. Para que se observem resultados nesse caso, é preciso utilizar uma infusão pelo menos duas vezes ao dia. Após 14 dias consecutivos, é possível observar a melhora do quadro.

 

 

Aranto pode ajudar na proteção do sistema urinário e útero

 

 

aranto
Aranto. Fonte: blogchics

 

 

Se lembra que o aranto possui propriedades anti-inflamatórias? Além de combater inflamações, essa espécie também contribui para a eliminação de infecções.

Isso porque ele ajuda a desinfetar a região e, assim impede que as bactérias se proliferem. O extrato ou chá diminui a incidência de infecções urinárias e do útero.

Aplicar uma pomada de aranto na região da vagina três vezes ao dia durante 15 dias impede que bactérias se proliferem.

Você também pode gostar!

Mas só aplique a pomada mediante recomendação do seu médico de confiança.

 

 

 

 

Bom para aliviar a dor nas costas

 

 

No caso de dores nas costas, é possível aplicar folhas aquecidas sobre a área acometida. Isso é positivo para a região lombar e dorsal.

O mesmo efeito pode ser obtido com o uso da planta sobre feridas. Deve-se colocar as folhas quentes sobre a área acometida uma vez ao dia até que se observe uma melhora.

 

 

Aranto pode ajudar no tratamento de queimaduras

 

 

Em caso de queimaduras por excesso de sol, você pode se beneficiar com a aplicação de folhas quentes moídas.

Faça isso uma vez ao dia, durante cinco dias ou até que os sintomas sejam aliviados. Com o aranto, a pele deve retornar ao seu tom natural mais rapidamente.

 

 

Pode reduzir linhas de expressão

 

 

Usa-se o extrato ou chá de aranto com a finalidade de diminuir as marcas de expressão do rosto.

Você pode aplicar uma quantidade do extrato na pele juntamente com um pouco de mel. Isso ajuda a limpar e também reduzir as linhas de expressão.

Se você tiver verrugas, o aranto também ajuda a combater esse tipo de problema.

 

 

Aranto pode ajudar na saúde estomacal

 

 

Os resultados de um estudo feito na Universidade Federal do Rio Grande do Maranhão (UFMA) mostraram que o aranto pode beneficiar a saúde estomacal.

Ao que parece, essa planta pode contribuir para a diminuição do desconforto ocasionado por ulceras e outros problemas.

No entanto, é preciso que se tenha resultados mais concretos a respeito desses efeitos do vegetal.

 

 

  • Veja também: Cinco razões pelas quais você deve incluir coentro em sua dieta

 

 

Aranto contra o câncer

 

 

Com tantas propriedades medicinais comprovadas dessa planta, vários pesquisadores iniciaram testes para verificar os possíveis benefícios para o tratamento do câncer.

Já existem alguns resultados que mostram que o aranto pode ser mesmo útil como terapia nesse sentido.

Entretanto, ainda é preciso que os estudos sejam aprofundados para que isso seja definitivamente confirmado.

 

 

Como usar o aranto

 

 

aranto
Aranto. Fonte: blogichics

 

 

Se você deseja usar o aranto para fins medicinais, vai precisar utilizar as folhas, pois é nelas que as principais substancias ativas se encontram.

Hoje em dia você encontra facilmente as folhas secas para o preparo do chá, bem como as cápsulas prontas.

Assim, fabricam-se as cápsulas a partir das folhas secas e estão disponíveis em lojas de produtos naturais e farmácias de manipulação.

A vantagem delas é a praticidade, mas também o fato de que a concentração é conhecida e pode ser controlada.

A dosagem recomendada do aranto em capsulas é de 3 unidades de 500mg ao dia. Mas isso deve ser prescrito por um profissional da área da saúde.

Para o chá de aranto, você deve adicionar uma colher de sopa rasa de folhas secas a uma xícara de água em ponto de fervura. Depois disso deve-se deixar em repouso por 10 minutos, filtrar e consumir.

Mas nesse caso não se deve ultrapassar a quantidade de três xícaras ao dia. Pois em doses muito elevadas, o aranto é tóxico.

Por isso não deve-se prolongar o consumo por mais de um mês, a não ser por recomendação médica.

Antes de iniciar qualquer tratamento com essa planta, você deve passar por uma consulta com um profissional de saúde que recomende a dosagem e a forma de consumo mais adequada.

 

 

Efeitos colaterais do Aranto

 

 

Superdosagens de aranto são potencialmente tóxicas e provocam efeitos desagradáveis. A superdosagem pode levar o indivíduo a ter uma intoxicação grave.

De acordo com estudos de dosagem dessa espécie, considera-se seguras quantidades de até 30 gramas ao dia.

Mas superdoses podem provocar problemas graves, como contrações musculares involuntárias e paralisia.

Quando necessário prolongar o uso, ele deve ser feito de maneira cíclica, com intervalos de 15 dias a cada mês de uso. Isso pode mudar de acordo com a necessidade de cada indivíduo.

 

 

  • Veja também: Dente-de-leão: um medicamento de fantástico poder de cura

 

 

Grupos de risco

 

 

O aranto tem efeito de aumentar as contrações musculares, sendo contraindicado para gestantes. Isso porque pode aumentar as contrações uterinas, provocando aborto.

Crianças e indivíduos que apresentem hipoglicemia ou pressão baixa também não devem fazer uso dessa planta.

 

 

 

 

Conclusão

 

 

O aranto é uma espécie entre as que são conhecidas popularmente como suculentas. Assim como as demais desse grupo, essa também pode ser usada na decoração.

Mas a ciência também está de olho nas suas propriedades medicinais. Sendo assim, você pode se beneficiar muito com o consumo de cápsulas, chá e, também do uso de pomada.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes