A arruda é uma planta muito conhecida no Brasil por seus benefícios à saúde. Além de atuar nos vasos sanguíneos, ela também pode ajudar no tratamento de cólicas menstruais, é cicatrizante e analgésica. E para garantir toda essa ajuda, muitas pessoas preferem consumi-la em forma de chá de arruda.

Portanto, se você está pensando em adicionar mais bebidas saudáveis ao cardápio do dia a dia ou buscando tratamentos complementares para algum tipo de problema de saúde, é melhor saber o máximo de informações sobre elas.

Afinal, embora seja natural e saudável, existem algumas contraindicações. Sendo assim, selecionamos as principais dúvidas dos internautas acerca deste tema:

  • O que é arruda?
  • Para que serve o chá de arruda?
  • Contraindicações
  • Qual a quantidade segura para o consumo de arruda?

Boa leitura!

O que é arruda?

Arruda plantada.
Fonte: Canva

Conhecida cientificamente por Ruta graveolens, a arruda é uma planta medicinal utilizada para o tratamento de uma série de enfermidades.

Basicamente, todas as partes da planta podem ser usadas. Porém, a que mais possui substâncias benéficas à saúde são as folhas. Por isso, muitas vezes o consumo é feito através do chá.

Essa iguaria está disponível em farmácias de manipulação, lojas de produtos naturais e lojas online.

Além disso, você já deve ter ouvido falar de religiões que usam a arruda em seus rituais. Afinal, elas a consideram uma consumidora de energias densas e purificadora.

  • Veja também Folha de louro: benefícios, receita do chá e quem pode tomar

Para que serve o chá de arruda?

Copo com chá de arruda e cubos de açúcar.
Fonte: Canva

É preciso ter muito cuidado antes de consumir a bebida. Isso porque caso usada em excesso pode provocar fortes contrações uterinas e resultar em um impulsionamento da menstruação e até o aborto.

Por isso, é importante que a inclusão do chá de arruda no cardápio seja supervisionado por profissionais especialistas na área.

Por outro lado, quando consumidas de forma responsável e consciente, ele pode oferecer os seguintes benefícios:

  • Anti-tumorais
  • Anti-inflamatório
  • É contraceptivo
  • Anti-microbiano

Para que você possa entender como cada um deles funciona, explicaremos de forma separada.

Anti-tumorais

Há anos a medicina vem procurando alternativas no tratamento de câncer. Porém, ao invés de curativos, descobriu-se que existem plantas medicinais que atuam no controle desta doença.

A comprovação foi feita em um estudo divulgado pelo Asian Pacific Journal of Cancer Prevention. Durante a pesquisa, estudiosos usaram animais cobaias para verificar que o extrato de arruda auxilia na redução de células tumorais.

Como resultado, isso acabou prolongando o tempo de vida deles. Porém, até o momento, não existem as mesmas evidências científicas sobre o tema aplicados em pessoas.

Anti-inflamatório

Ramos de arruda.
Fonte: Canva

Por outro lado, outro grupo científico utilizou ratos para comparar os efeitos do extrato de arruda com um medicamento anti-inflamatório chamado de Viveran.

Ao final, após administrar 50g de extrato metanólico de arruda para cada quilo corporal, chegou-se a conclusão de que os efeitos anti-inflamatórios da planta era mais significativo do que o próprio medicamento.

Além disso, um estudo publicado pela revista Science Direct comprovou que a arruda possui capacidade de diminuir a produção de prostaglandinas e óxido nítrico, que são substâncias que favorecem a inflamação.

É contraceptivo

Esse é um dos benefícios mais conhecidos do chá de arruda. Porém, os estudos que comprovam tal eficácia foram realizados apenas em ratos.

De acordo com pesquisadores da revista Thieme, os animais que ingeriram o extrato de arruda até dez dias após o coito comprovaram que a planta atua como contraceptivo no início da gestação.

Porém, é importante destacar que tomar várias xícaras de chá de arruda por dia podem oferecer prejuízos à saúde. Além disso, existem outros métodos anticoncepcionais para utilizar em uma emergência.

Em todo caso, é importante consultar um médico que deverá indicar a melhor forma para proceder e um anticoncepcional seguro para uso.

Anti-microbiano

Bactérias.
Fonte: Canva

Especialmente após a pandemia de covid-19, ficamos mais atentos aos cuidados pessoais e higienização das coisas a fim de não contrair nenhuma doença causada por vírus ou bactéria.

Sendo assim, uma ótima forma de autocuidado é adicionando o chá de arruda algumas vezes na semana. Isso porque pesquisadores descobriram que o extrato de arruda é um importante antimicrobiano.

Como resultado, foi avaliado maiores efeitos nas seguintes bactérias:

  • Staphylococcus aureus: causadora de furúnculo, sepce, absessos e endocardites;
  • Streptococcus pyogenes: causadora de febre reumática, faringite e escarlatina;
  • Listeria monocytogenes: está presente em alimentos contaminados e causa problemas de intestino;

Contraindicações

Mulher com dores abdominais.
Fonte: Canva

Apesar de ser feito com uma planta medicinal, chá de arruda é bastante restrito em relação ao consumo. Como resultado, deve ser feito com cuidado. Por isso, a ingestão deve ser supervisionada por um profissional especializado.

Isso porque o consumo de doses excessivas podem causar: convulsões, intoxicações, confusão mental e dores intestinais.

Além disso, a arruda possui diversas propriedades que provocam contrações no útero e que podem desencadear hemorragia menstrual e induzir o aborto.

“Caso não ocorra um aborto, pode haver anomalias ou malformações fetais”, explica a médica mestre em neurociência, Rafaella Eliria Abbott Ericksson ao Médico Responde.

Por isso, mulheres grávidas não devem tomar a infusão. O chá de arruda também é contraindicado para crianças menores de 6 anos e pessoas que sofrem de doença renal, hepática, úlceras, colite e inflamações no intestino.

Estou grávida e tomei chá de arruda, e agora?

Mulher grávida com regata levantada expondo a barriga.
Fonte: Canva

Se você não sabia dos efeitos do chá de arruda e o tomou mesmo estando grávida, saiba que a primeira medida a tomar é ir imediatamente ao médico, de preferência, um ginecologista.

Ele deverá fazer exames para avaliar a saúde do feto e indicará a melhor conduta a ser tomada.

Qual a quantidade segura para o consumo de arruda?

Se você não faz parte do grupo de contraindicações, é aconselhado o consumo máximo de 30g por dia. A ingestão de 120g pode causar dores fortes no estômago e complicações sérias que podem levar à morte.

Conclusão – chá de arruda

O chá de arruda é uma bebida milenar que serve para diversos fins medicinais. Porém, é preciso ter cautela com a quantidade de consumo em um único dia.

Isso porque o excesso pode causar prejuízos da saúde. E ao sentir qualquer tipo de desconforto após a ingestão, é importante consultar um médico imediatamente.

  • Por fim, leia ainda Chá de cúrcuma ajuda a dormir e melhora o humor. Veja como fazer!