Chá de carqueja é diurético, digestivo e emagrece. Aprenda a preparar!

O chá de carqueja está na casa de 9 entre 10 avós brasileiras e você já deve ter bebido quando se queixou de dor de estômago. Mas esse poderoso digestivo também é um auxiliar do emagrecimento e da sua saúde de forma geral. Entenda!

2 1.183

O chá de carqueja é uma infusão comumente usada para facilitar a digestão e combater os desagradáveis gases intestinais. No entanto, seus benefícios vão muito além disso.

A bebida é uma grande aliada nos processos de emagrecimento e pode colaborar para a melhora de algumas enfermidades. Descubra para que serve e como prepará-la da forma certa.

 

O que é a carqueja?

 

O chá de carqueja é feito a partir de uma planta de nome científico Baccharis trimera. Essa erva se encontra em abundância por toda a América do Sul, onde é muito famosa pelo seu efeito digestivo.

A planta é conhecida de muitas avós, que aprenderam que o chá de carqueja cai bem depois das refeições pesadas. No entanto, estudos da Universidade de Santa Catarina demonstraram que a erva vai mais longe. De fato,  graças aos polifenóis em sua composição, é um poderoso antioxidante.

Além disso, a chá possui propriedades antidiabéticas, anti-inflamatórias, analgésicas, antihepatotóxicas e antimutagênicas.  Logo, a carqueja pode ser um auxiliar no tratamento de diversas enfermidades.

 

chá de carqueja 2
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Para que serve o chá de carqueja

 

Primeiramente, o chá de carqueja é usado popularmente para tratar dor de estômago, indigestão, inchaço, retenção de água e constipação. Diz-se também que a erva tem ação benéfica sobre o fígado e os rins, graças à sua ação desintoxicante.

Além disso, a carqueja é usada para o tratamento de dor no peito (angina), diabetes, obesidade, vermes intestinais e infecções virais. Também há relatos do uso tópico de chá de carqueja para a cicatrização de feridas.

Alguns acreditam que a erva também seja capaz de aumentar a libido. Porém, ao contrário dos outros usos que podem ser explicados pela composição química da planta, não existe qualquer indicação científica da veracidade dessa suposição.

 

  • Veja também o Chá de Orégano. Também é rico em substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias  e ainda promove o emagrecimento.

 

chá de carqueja 4
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

7 benefícios do chá de carqueja

 

  1. Trata problemas digestivos: substâncias na composição do chá diminuem as secreções gástricas ácidas. Logo, melhoram a saúde do estômago, protegendo-o do aparecimento de úlceras.
  2. Auxilia o controle da diabetes: graças à sua ação reguladora da absorção de açúcar pelo sangue.
  3. Combate a hipertensão: a erva é capaz de reduzir o colesterol no sangue e a pressão arterial.
  4. Desintoxica o fígado: os flavonoides em sua composição exercem função protetora sob o órgão, prevenindo úlceras aqui também.
  5. Favorece o emagrecimento: o efeito diurético do chá ajuda o corpo a eliminar toxinas e sua ação termogênica acelera o metabolismo. Além disso, a bebida ajuda a reduzir o apetite.
  6. Desintoxica os rins: mais uma vez, a ação diurética do chá é a responsável. Ao estimular a eliminação de toxinas, a erva purifica os rins.
  7. Fortalece o sistema imunológico: graças aos agentes antioxidantes em sua composição.

 

Você também pode gostar!

Como preparar a bebida

 

Sabendo de todos os benefícios de uma planta tão abundante e acessível em nosso país, é hora de dar uma chance para chá de carqueja entrar de vez na sua vida. Para isso, é necessário prepará-lo da forma certa para extrair todos os benefícios dessa erva.

O método de preparo do chá de carqueja é a decocção. Logo, as folhas da erva são levadas ao fogo com água fria e fervidas por um tempo. Sendo assim, atenção às quantidades: para cada 250 ml de água, você precisará de 1 colher de sopa das folhas secas de carqueja.

Coloque a água e as folhas secas em um bule, leve ao fogo e aguarde ferver. Após, conte cinco minutos e desligue o fogo. Deixe a bebida fechada no bule por mais cinco minutos. Assim, os princípios ativos terminam de se liberar. Em seguida, é só coar e beber.

 

 

chá de carqueja 5
Imagem: Reprodução / Pexels

 

Contornando o sabor amargo

 

Muitas pessoas se queixam do sabor amargo da carqueja e não se adaptam à bebida. Você pode adicionar mel ou açúcar mascavo à sua xícara, é claro. Porém, cuidado com as quantidades se não quiser transformar seu chá diurético e emagrecedor em uma bebida hipercalórica.

Se a intenção for emagrecimento, vale a pena experimentar alternar ou misturar o chá de carqueja com outras bebidas. Sendo assim, os chás de gengibre e de hibisco colaboram para esse objetivo e trazem bons resultados.  Além disso, alguns sucos de frutas, como os cítricos, são pobres em calorias e excelentes para acelerar o metabolismo.

 

Cuidados ao consumir o chá de carqueja

 

Assim como qualquer outra erva, sempre existe a possibilidade de alergia ou intolerância ao chá de carqueja. No entanto, isso não é comum e você pode consumir chá de carqueja até três vezes por dia.

Porém, deve ser evitado por gestantes e lactantes. Além disso, diabéticos e hipertensos só devem usar o chá sob recomendação médica. Isso porque a carqueja pode aumentar o efeito do remédio usado por essas pessoas. Assim, ao diminuir muito a concentração de glicose ou a pressão arterial, a ação da erva acaba sendo prejudicial à saúde.

Por fim, veja outra dica de um super alimento: Benefícios do Alho – com dicas para desintoxicar e ainda aumentar a imunidade.

 

Vídeos sobre o Chá de Carqueja

você pode gostar também