Chás para acalmar a mente: 5 tipos para incluir no dia a dia

Chás para acalmar a mente: 5 tipos para incluir no dia a dia

O estresse do dia a dia pode proporcionar diversos malefícios à saúde. É o caso da ansiedade, da insônia e da depressão, por exemplo. Dessa forma, durante a pandemia, a procura por chás para acalmar a mente aumentou consideravelmente.

Por isso, reunimos 5 ervas que poderão te proporcionar ótimas noites de sono e dias mais tranquilos, sem atrapalhar nas suas tarefas diárias. Além disso, é importante variar entre as bebidas para que você possa degustar novos sabores e não enjoar tão facilmente.

Em seguida, você confere as propriedades desses chás para acalmar a mente:

  • Camomila;
  • Erva cidreira;
  • Maracujá;
  • Chá verde;
  • Cúrcuma.

Continue lendo e saiba os benefícios de cada um deles. Por fim, você encontra também as contraindicações!

 

Camomila

 

A camomila é um dos mais conhecidos chás para acalmar a mente. Isso porque a flor possui um princípio ativo muito importante que serve como relaxante. Desse modo, pessoas que sofrem de insônia e não tomam nenhum tipo de medicação têm utilizado esta erva como tratamento alternativo.

O chá de camomila possui um componente chamado apigenina. De acordo com um estudo publicado em 2012, a substância é responsável por atuar como antioxidante. Ou seja, a infusão da erva combate estresse oxidativo, radicais livres e inflamações. Além disso, também possui efeito sedativo.

Como resultado, uma série de pesquisas científicas comprovaram a eficácia desta erva na diminuição do estresse e de ansiedade generalizada. Alguns estudos preliminares também apontam evidências do poder do chá de camomila no tratamento de depressão. Porém, ainda serão necessários mais alguns dados para que a sua eficácia se comprove.

Ao mesmo tempo, se você anda se queixando de esquecimentos frequentes, aqui vai mais um benefício deste chá: ele também melhora a memória.

Por fim, se você é uma pessoa sonolenta, não é indicado fazer o consumo deste chá durante o dia.

 

Fonte: Orlena Binni/Unsplash

 

  • Siga o Fashion Bubbles no Google News para poder acompanhar tudo sobre Saúde direto no seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News!

 

Erva-cidreira

 

Conhecida também como Melissa, a planta é o ingrediente de mais um dos chás para acalmar a mente. A erva-cidreira é não só poderosa, como também fácil de encontrar em lojas naturais e supermercados.

Dentre os benefícios apresentados a partir de evidências científicas, houve a comprovação de que este chá pode auxiliar em sintomas leves e moderados de ansiedade, depressão e insônia. Afinal, a infusão de erva-cidreira atua estimulando a atividade de neurotransmissores no cérebro, como o GABA (ácido gama-aminobutírico).

Como resultado, consumir chá de erva-cidreira pode ajudar a reduzir a hiperatividade neuronal. Assim, traz uma sensação de relaxamento, principalmente em situações de estresse excessivo.

Além disso, outro ponto destacado em pesquisas é o consumo no tratamento de insônia. Porém, é importante salientar que o efeito sedativo não será o mesmo da camomila, que é superior. Mas o consumo das duas infusões pode ser intercalado. Assim, você não enjoa do sabor.

 

Fonte: Lilartsy/Pexels

 

  • Veja também: Chá preto – benefícios, malefícios e receitas quentes e geladas!

 

Maracujá

 

Fonte: Pinterest

 

De certo, esta fruta é muito mais consumida em forma de suco no Brasil. Porém, o que poucas pessoas sabem é que também é possível transformá-la em um dos chás para acalmar a mente. Esta é uma ótima alternativa para garantir os benefícios da bebida em dias mais frios.

É de conhecimento popular que o maracujá possui um grande efeito calmante natural. Por outro lado, nem todo mundo sabe que não é somente o fruto que pode ser benéfico à saúde. Tudo isso porque as folhas e as flores do maracujá contêm  flavonóides e alcalóides. São essas substâncias que agem como depressores do sistema nervoso central, tranquilizando a mente.

Por isso, é comum tomar um suco de maracujá e não sentir o efeito calmante. Este é o fitoterápico mais estudado quando o assunto é ansiedade e estresse. No entanto, as pesquisas apontam para o consumo das flores e folhas, não o fruto.

Os efeitos são tão benéficos que a passiflora também é comercializada em cápsula. Além disso, o medicamento já foi diretamente comparado a medicações antidepressivas.

Outras situações onde a passiflora se mostrou como tratamento alternativo: menopausa, dores corporais, irritação gástrica e insônia.

 

 

Chá verde

 

Fonte: Rajat Sarki/Unsplash

 

Ao contrário dos outros chás para acalmar a mente, o chá verde é uma bebida que serve para aumentar o foco junto ao relaxamento. Pode ser difícil compreender. Portanto, imagine a seguinte situação: você precisa concluir um relatório no trabalho e o prazo está acabando. Dessa maneira, começam a surgir sintomas de estresse e ansiedade. Além disso, parece que qualquer coisa tira sua atenção.

Nesta situação, o chá-verde irá proporcionar um alerta para o foco principal e acalmar a mente. Estes são efeitos proporcionados pelos componentes chamados L-teanina e as catequinas.

Se você sofre de insônia ou ansiedade, é possível que alguém já tenha te falado de um suplemento do primeiro componente. Isso porque a L-teanina libera a dopamina em algumas áreas do cérebro. Como resultado, aumenta a concentração.

Por outro lado, as catequinas são antioxidantes e previnem o envelhecimento cerebral.

Embora faça parte dos chás para acalmar a mente, o chá verde não dá sono. Isso porque ele possui grande quantidade de cafeína. A fim de fazer uma comparação, em cada xícara de chá verde há a mesma quantidade de cafeína do que meia xícara de café.

Dessa forma, este é um ótimo jeito de diminuir a ansiedade sem deixar de fazer nenhuma outra atividade. No entanto, o ideal é evitar o consumo de chá verde durante a noite. Assim, a bebida não interfere com a qualidade do seu sono.

 

 

Chá de cúrcuma

 

Fonte: Pinterest

 

O chá de cúrcuma não é tão popular quanto as outras bebidas dessa lista. Contudo, ele tem se mostrado muito eficaz para quem busca relaxar.

Um estudo de 2016 identificou que a curcumina, substância presente no açafrão-da-terra, pode auxiliar no tratamento de quadros depressivos. Isso porque possui efeito antioxidante. Então, atua na diminuição dos radicais livres e da inflamação cerebral.

Ao mesmo tempo, uma pesquisa de 2017 obteve resultados iniciais sobre o uso do chá para reduzir ansiedade. Como resultado, se você quer ter uma variedade de chás para acalmar a mente, vale a pena adicionar este à lista.

 

 

Contraindicações dos chás para acalmar a mente

 

Já que são feitos a partir de ervas naturais, muita gente acredita que qualquer um pode tomar chás sem moderação. Porém, existem exceções. Em alguns casos, é essencial consultar um médico antes de incluir as infusões na dieta.

Portanto, você não deve consumir esses chás sem conversar com um profissional se:

  • Sofre de problemas cardíacos;
  • Possui diabetes;
  • Tem hipotireoidismo ou qualquer outra doença crônica;
  • Utiliza medicação para hormônio, pressão, anticoagulantes ou para dormir;
  • Está grávida.

Isso porque alguns componentes desses chás podem interagir com algumas medicações ou não são seguros na gestação.

 

ansiedadebenefícios dos chácháchás para acalmar a menteDepressãoSaúde