ilustração de xangô, orixá de umbanda

Dia de Xangô: conheça sua história, oferendas e oração

Saiba mais sobre a história do orixá Xangô, conheça sua oração, ervas para um banho energético e sua origem

Compartilhe

Dia 30 de setembro é quando se comemora o Dia de Xangô, orixá cultuado no candomblé e na umbanda, conhecido por trazer justiça e sabedoria!

Dessa forma, entenda um pouco mais sobre a história do orixá Xangô e o que ele representa em sua religião, além de compreender um pouco sobre seu representante no sincretismo, como São Jerônimo. E, dito isso, ainda confira como fazer um banho energético utilizando seus elementos, quais são suas oferendas e a sua oração completa.

Quem é Xangô?

Primeiramente, Xangô é um orixá ligado ao fogo e que traz justiça iluminando os caminhos e libertando quem está se enganando. Além disso, ele rege a sabedoria, que gera o poder da política. Nesse sentido, é a ele que recorremos para resolver problemas com papéis, documentos, burocracias e estudos.

Entretanto, é importante frisar que é melhor pensar duas vezes antes de pedir justiça para Xangô, afinal, o nosso pedido pode não ser completamente justo e a correção pode vir em sua direção.

ilustração para o dia de xangô
Fonte: Alto Astral

Ademais, de acordo com a história, Xangô era o rei de Òyó, atualmente a Nigéria, e possuía um caráter autoritário, justo e até mesmo violento. Contudo, não há uma “bíblia” da umbanda ou candomblé e seu conhecimento, inicialmente, apenas era passado de um para o outro.

Curiosidades sobre Xangô:

  • Representante no sincretismo: São Jerônimo;
  • Cor da vela: marrom;
  • No que auxilia: justiça e sabedoria;
  • Oferendas: pedras, alguidar, pé de porco, feijão preto, cerveja preta, vinho tinto seco, licor de ambrosia ou machado de dois gumes;
  • Ervas: hortelã, levante, goiabeira, manjericão roxo, noz moscada, romã, urucu, cavalinha, erva-de-São-João e morangueira;
  • Flores: palma branca, lírio branco ou amarelo e cravo;
  • Local de oferenda: pedreira, cachoeira ou nas montanhas;
  • Dia de Xangô: 30 de setembro.
  • Decerto, você gostará de ler mais sobre Iemanjá: quem é, história e banho para prosperidade

Quem é São Jerônimo?

O sincretismo é a reunião de doutrinas diferentes, com a manutenção de traços perceptíveis das doutrinas originais, assim, Xangô é um orixá que divide seu dia com São Jerônimo, santo da igreja católica.

De acordo com a Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil, São Jerônimo nasceu em Stridone no ano de 347 D.C., e vinha de uma família muito cristã que o enviou para estudar em Roma.

ilustração de São Jerônimo fazendo anotações em um grande livro com uma caveira na mesa
Fonte: Terra Santa Brasil

Assim sendo, ele se tornou padre e traduziu a bíblia para a língua latina e lutou muito com quem não aceitava as tradições, se dedicando demais aos estudos.

Em suma, era um religioso dedicado e muito culto.

  • Com certeza você gostará de ler mais sobre Mensagem de boa noite: 70 lindas frases de boa noite para compartilhar

Como são os filhos de Xangô

Assim como explicamos no dia de Nanã e no dia de Omolu, quando você faz parte da umbanda ou candomblé, uma entidade chefe abre seu ori (cabeça) ou isso te é revelado durante um jogo de búzios.

Assim sendo, se você for filho de Xangô, deve ter algumas características específicas. Confira se você realmente possui algumas delas!

mulher negra com uma camisa preta escrito "não homofobia"; "Não violência"; "não racismo"; "não sexismo"
Fonte: Pexels

Nesse sentido, os filhos de Xangô não toleram injustiças, são extremamente focados quando sabem o que querem, gostam de curtir a vida e, normalmente, possuem autoestima elevada.

Contudo, podem demorar para se apegar em um relacionamento, gostam de se destacar, são rígidos em relação ao dinheiro e tem opinião forte, podendo ser um pouco briguentos.

Por fim, não há apenas um orixá de cabeça, ou seja, essas não são as únicas características que um filho de Xangô terá.

Banho energético de Xangô

ervas secas misturadas
Fonte: Pexels

Um banho para determinado orixá pode ser encontrado em lojas de ervas. Neles, há um macerado com flores e ervas ressonantes ao orixá. Entretanto, alguns terreiros ou guias podem orientar outra coisa.

Nesse sentido, cuidado ao preparar algo sozinho sem conhecer a energia com que está trabalhando. Sendo assim, confira uma receita com ervas de Xangô, mas faça isso se conhecer o orixá.

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de levante;
  • 2 colheres (sopa) de manjericão roxo;
  • 1 colher (sopa) de cavalinha.

Como fazer:

  1. Para começar, ferva cerca de 2 litros de água;
  2. Desligue o fogo e adicione os 3 ingredientes;
  3. Em seguida, tampe o banho com um prato para abafá-lo por cerca de 10 minutos;
  4. Coe a mistura;
  5. Comece a tomar seu banho de higiene e faça isso com calma, buscando relaxar;
  6. Logo após, se seque por completo;
  7. Jogue o banho pescoço para baixo e deixe secar naturalmente;
  8. Por fim, descarte os resíduos na natureza, em um jardim, se for possível, e vá descansar.

Ademais, lembre-se que essa receita deve ser seguida se os ingredientes estiverem secos. Caso sejam frescos, ferva a água, desligue o fogo, espera um pouco e só adicione os ingredientes um pouco depois.

Oração para o dia de Xangô

homem branco com a mão fechado e com relógio para cima
Fonte: Pexels

Alguns terreiros de umbanda e candomblé podem ter orações diferentes, mas com o mesmo propósito. Confira um exemplo:

O Senhor que é o Rei da Justiça, faça valer por intermédio de seus doze ministros, a vontade Divina. Purifique minha alma na cachoeira. Se errei, conceda-me a luz do perdão.

Faça de seu peito largo e forte meu escudo, para que os olhos de meus inimigos não me encontrem.

Empresta-me sua força de guerreiro, para combater a injustiça e a cobiça. Ofereço a minha devoção. Que seja feita a justiça para todo o sempre. É meu Pai e meu defensor, conceda-me a graça de receber sua luz e de receber sua proteção.

Oração tirada do site do terreiro Núcleo de Umbanda Águas de Oxum.

Conclusão

Dito isso, todos os orixás são sagrados para algumas religiões e precisam ser tratados com respeito por qualquer pessoa. Assim, se você ainda está conhecendo mais sobre Xangô e as religiões de matriz africana, vá com calma e busque compreender sempre mais do assunto até mesmo antes de fazer alguma oração ou banho de ervas.

Por fim, fique de olho em nosso canal de Astrologia e Misticismo. Afinal, lá você encontra as características de cada signo, banhos energéticos para preparar em cada época do ano e muito mais!

Compartilhe

Notícias em Alta

Últimas Notícias