Iemanjá: quem é, história e banho para prosperidade

Conheça mais sobre a história do orixá Iemanjá e confira um ritual de prosperidade feito com a sua oração

iemanjá
Compartilhe

Muitos brasileiros já ouviram falar em Iemanjá, Rainha do Mar. Principalmente por conta da simpatia de ano novo que consiste em pular 7 ondas do mar e fazer sete pedidos para ela. Entretanto, nem todos conhecem a origem desse orixá reverenciado na umbanda.

Iemanjá protege os humanos contra os perigos do mar e é conhecida pela generosidade com seus filhos. Contudo, há muitos outros fatos sobre ela para desvendar. Continue lendo para descobrir mais sobre sua história, aprenda a fazer um banho para prosperidade e ainda conheça sua oração.

Quem é Iemanjá?

Conhecida como Rainha do Mar, Iemanjá é um dos orixás mais famosos do país e faz parte da umbanda, religião exclusivamente brasileira e que sintetiza diversos elementos vindos das crenças africanas.

No sincretismo, ela está associada à Nossa Senhora da Conceição e à Nossa Senhora dos Navegantes. Afinal, ambas possuem atributos ligados à maternidade, generosidade e proteção de seus filhos, assim como Iemanjá, que além de acalmar e cuidar da vida familiar, protege os filhos contra todos os perigos que o mar oferece.

cartão virtual com fundo azul e ilustração de Iemanjá
Fonte: Canva

Além disso, o orixá protege e cuida dos animais e crianças também, pois está ligada à maternidade no sentido amplo da palavra. Iemanjá simboliza o cuidado e o acolhimento que as mães possuem em relação aos filhos.

Sendo assim, ela é lembrada nos terreiros de Umbanda pelo seu canto longo e sua linha com sereias e princesas do mar, mais conhecidas por Janaínas.

Sua imagem é de uma mulher com longos cabelos negros e olhos azuis, sempre usando um belo vestido, também da cor azul, comprido, de mangas largas, com e flores em volta e uma coroa que parece uma estrela. Por fim, as imagens encontradas em lojas variam quanto à cor de sua pele, às vezes branca, às vezes negra.

Curiosidades sobre Iemanjá

  • Representantes no sincretismo: Nossa Senhora da Conceição ou Nossa Senhora dos Navegantes;
  • Cor da vela: azul claro;
  • No que auxilia: proteção, tranquilidade, autoestima e criatividade;
  • Oferendas: manjar branco, champanhe branca, almíscar, arroz-doce, canjica crua, água do mar, perfume, fitas azuis e brancas, barco, leque, coroa, pulseiras e conchas;
  • Flores: margarida, rosa branca, palma-branca, orquídea, crisântemo branco e azul, flor de laranjeira;
  • Ervas: alga marinha, anis-estrelado, azaleia, hortênsia, gerânio, malva-branca, pata-de-vaca;
  • Local para oferendas: mar (calunga grande);
  • Dia de Iemanjá: pode ser comemorado 2 de fevereiro (dia de Nossa Senhora dos Navegantes) ou 8 de dezembro (dia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição).

Como são os filhos de Iemanjá?

mulher morena com olhos castanho-claros segurando uma rosa branca
Fonte: Pexels

Saber se você é filho ou filha de Iemanjá não é tão simples assim. Você pode se identificar com algumas características e até mesmo cultuá-la e jogar rosas brancas no mar na noite de 31 de dezembro. Contudo, ela é um orixá de uma religião mais complexa.

Dessa forma, a Umbanda possui diversos orixás, guias e entidades. E, quando você faz parte desse sagrado, chega na parte de abrir seu ori (cabeça) e descobrir quais divindades mais te acompanham, ou seja, seu pai e sua mãe.

Então, os filhos de Iemanjá são pessoas muito emotivas e carinhosas, que possuem um grande senso maternal, de cuidado e proteção com os que amam. Costumam gostar de assumir a liderança da casa e podem colocar para fora seu lado negativo, cheio de ciúmes e possessão.

Além disso, tomam decisões com base na emoção e são vaidosos, independente do gênero.

Por fim, tendo Iemanjá ou não como mãe, você pode cultuá-la, respeitá-la e fazer oferendas para ela. Desde que faça com fé e compreendendo o que é o orixá.

Banho para prosperidade

mulher tomando banho de banheira com rosas brancas e margaridas cor-de-rosa
Fonte: Pexels

Um banho de ervas com a vibração de Iemanjá pode ser feito com ingredientes relacionados a ela, como champanhe branca, rosa branca ou água do mar, por exemplo. Entretanto, é importante ter cuidado na hora de fazer certas misturas, para que um elemento não anule o outro.

Sendo assim, confira uma receita para pedir calma e prosperidade!

Ingredientes:

  • Pétalas frescas de uma rosa branca inteira;
  • 20 ml de colônia de alfazema;
  • 2 colheres (sopa) de anis-estrelado.

Como fazer:

  1. Comece fervendo cerca de 2 litros de água;
  2. Assim que começar a borbulhar, adicione o anis-estrelado e a alfazema;
  3. Desligue o fogo, coloque um prato em cima para abafar o banho e espere 5 minutos;
  4. Logo após, coe tudo e adicione as pétalas de rosa branca;
  5. Coloque novamente o prato em cima do banho e espere cerca de 10 minutos;
  6. Tome seu banho de higiene normalmente e se seque por completo;
  7. Então, jogue o banho energético do pescoço para baixo, com as pétalas de rosa dentro, pedindo por prosperidade e tranquilidade em sua vida;
  8. Com isso, se seque de forma leve e vá descansar;
  9. Por fim, descarte as ervas e pétalas em um jardim, se isso for possível.

Para finalizar, você pode acender uma vela palito azul clara e pedir proteção para Iemanjá.

Oração de Iemanjá

silhueta de mulher de braços abertos na praia durante o pôr do sol
Fonte: Pixabay

Iemanjá, Rainha das águas!
Que, nas ondas do Amor,…
Beija as praias secretas do coração.

Oh, Mãezinha Querida!
Que, silenciosamente, abraça todos os filhos.
Mesmo aqueles que se perderam…

Luz da Estrela Azul, a todos compreende.
E, por onde a Senhora segue, as mágoas se dissolvem.
E as coisas das trevas são transformadas em Luz.

Ah, Doce Mãezinha, limpe o coração da gente.
E não nos deixe cair nas garras do orgulho.
E nos fortaleça na Fé – e no discernimento das coisas.

Mentora Preciosa, não permita que nos distanciemos do seu Amor.
Principalmente nos momentos difíceis.
E, quando errarmos, por favor, nos direcione de volta para a Luz.

Amiga do Céu, que carrega as estrelas em seu ventre…
Ajude-nos na cura das emoções estranhas e dos pensamentos ruins.
Para que nossas ações sejam sadias.

Senhora dos corações, abençoe nossas viagens espirituais…
E, também, a grande viagem da Vida.
Que, dentro ou fora do corpo, nós sejamos dignos da Luz.

Ah, Linda Mãezinha das Águas, não permita que o mal entre em nós.
E ajude-nos a acender a fogueira do discernimento em nossos corações…
Para queimarmos as nossas tolices e ilusões.

Iemanjá, Rainha das Águas, e nossa Mãezinha Querida.
Obrigado, obrigado, obrigado…
Por tudo.

Paz e Luz

Conclusão

Lembre que todas as divindades de qualquer religião merecem respeito. Assim, você sempre pode tentar aprender mais sobre elas. Este conteúdo tomou por base o site do centro de Umbanda NUAO, artigos publicados e o Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas.

Por fim, fique de olho em nosso canal de Astrologia e Misticismo. Afinal, lá você encontra as características de cada signo, banhos energéticos para preparar em cada época do ano e muito mais!

  • Por fim, veja Ciganos: conheça sua história, lendas e rituais

Compartilhe

Stories

Matérias Similares