Rituais de Ostara: comemore o equinócio de primavera e realize desejos

Conheça os rituais de Ostara na Roda do Ano e como celebrar a entrada da primavera no Hemisfério Sul de uma forma mística

mesa para rituais de ostara com velas, caveira de decoração e ervas
Compartilhe

Em 2022, o início da primavera no Hemisfério Sul do planeta ocorrerá dia 22 de setembro, mais precisamente às 22h04 (horário de Brasília), no Brasil. Sendo assim, para esse dia especial, aprenda rituais de Ostara e o que fazer na entrada dessa estação tão florida.

O motivo pelos quais as estações do ano existem é explicado por especialistas que estudaram o movimento da Terra, ou seja, é algo não relacionado ao místico, mas ao científico. Contudo, como sempre existiram explicações baseadas em lendas para os fenômenos que o ser humano não entendia, há muita história por trás da primavera.

Dito isso, confira um pouco mais sobre a magia dessa estação e conheça os rituais de Ostara baseados nos ensinamentos pagãos da Roda do Ano. Leia mais e confira tudo isso!

O que é Ostara?

Primeiramente, Ostara é o nome de uma deusa da cultura anglo-saxã muito cultuada na Europa até os dias atuais. Seu nome significa “leste” e ela trazia esperança quando as pessoas mais precisavam.

Sendo assim, a deusa representa o amanhecer, a fertilidade e a primavera. A estação chegava amenizando os difíceis e rigorosos dias de inverno, em que era preciso armazenar alimentos, sem ter certeza do dia de amanhã.

4 mulheres de mãos dadas para realizarem rituais de Ostara com ervas e velas na mesa
Fonte: Pexels

A deusa Ostara era retratada como uma linda jovem rodeada de flores, e seu aparecimento era muito comemorado. Portanto, entre os dias 21 e 22 de março, quando ocorre o equinócio de primavera no Hemisfério Norte, ou seja, a chegada dessa estação, é comum realizar rituais.

Assim, os rituais de Ostara eram feitos em meio a festivais pagãos dos séculos passados. Neles, as pessoas pintavam ovos, símbolos de fertilidade, e os enterravam ou jogavam ao fogo para oferecer à deusa. Além disso, o coelho e a lebre eram animais ligados à essa época, também por conta de sua fertilidade.

Portanto, com a chegada do cristianismo na Alemanha, os rituais se fundiram com a data da ressureição de Cristo, a Páscoa, comemorada no final do mês de março ou começo de abril.

Por isso, Ostara é o nome de uma deusa e o nome que se dá ao equinócio de primavera. E mesmo quem não está no Hemisfério Norte, pode adotar os rituais para esse momento especial.

  • Decerto, você gostará de ler mais sobre Rituais com velas: como fazer e o significado de cada cor

Rituais para celebrar a Ostara

mulher ruiva olhando um incenso queimar e uma vela acesa
Fonte: Pexels

Ainda que estejamos no Brasil, onde algumas regiões não possuem um inverno tão rigoroso, e que não seja Páscoa, é possível aproveitar essa transição importante e realizar rituais de Ostara. Contudo, leve em consideração a fase da lua em que estamos, que é a minguante, momento não propício para pedidos.

Dessa forma, faça os rituais de Ostara sem pensar em fazer apenas pedidos. Faça-os mentalizando seu caminho até a realização de seu desejo. Por fim, confira algumas dicas para a noite de 22 de setembro:

Meditação antes dos rituais de Ostara

Primeiramente, comece essa nova fase com uma meditação. Não precisa ser nada complicado, pode pegar alguma meditação guiada ou mantra no YouTube, tirar um tempo para você e se concentrar por 15 minutos tentando limpar a mente. Pode parecer difícil, mas fica fácil com o tempo.

Celebração com alimentos

Leite, ovos e outros alimentos ligados à nascimento e fertilidade eram muito usados nos rituais de Ostara dos celtas. Sendo assim, por ser uma data especial, que tal preparar um jantar diferente? Frutas e pães são uma bela escolha.

  • Após essa leitura, confira também Reiki: o que é, como funciona e quais os benefícios

Velas e flores

Esse é o início da primavera, portanto, faz muito sentido comprar ou colher flores neste dia. Coloque-as como decoração e acenda velas claras nos tons de rosa, verde, azul, amarelo e branco, pedindo proteção nos seus novos projetos.

Limpe e decore a casa para os rituais de Ostara

A lua minguante pede por limpeza. Então, aproveite para fazer uma faxina na sua casa e separar as roupas que não usa mais para doar. Logo depois, decore a casa com as flores e velas citadas acima.

Banho energético do ritual de Ostara

Prepare um banho energético com pétalas de flores, podem ser rosas cor de rosa, por exemplo e adicione lavanda e jasmim. Lembrando que elementos secos podem ser adicionados na água que está sendo fervida. Já os frescos devem ser colocados na água quente com o fogo desligado e um prato em cima para abafar.

Por fim, as pétalas não precisam ser coadas e o banho deve ser jogado do pescoço para baixo.

Outras comemorações da Roda do Ano

roda do ano em uma madeira com um espelho pequeno e uma vela preta pequena apagada
Fonte: Pexels

Muitas celebrações cristãs incorporam datas e tradições pagãs, assim como a Ostara. Da mesma forma, existem outras datas que fazem parte da Roda do Ano. Confira quais são:

  • Samhain

Significa “sem luz” e é quando se tira o dia para fazer uma conexão com os antepassados que já não estão nesse plano. No Hemisfério Norte ocorre perto do dia de finados (2 de novembro) e no Hemisfério Hul dia 30 de abril.

  • Yule

O festival de luzes que marca o solstício de inverno, 21 de dezembro no Hemisfério Norte e 21 de junho no Hemisfério Sul.

  • Imbolc

Simboliza novos começos e a vassoura de bruxa serve para “varrer” o passado. Como é na metade do tempo entre o solstício de inverno e o equinócio de primavera, os europeus saiam para fertilizar os campos. No Hemisfério Norte ocorre dia 1º de fevereiro e no Hemisfério Sul 1º de agosto.

  • Ostara

O equinócio da primavera. Dia 21 de março no Hemisfério Norte e 22 de setembro no Hemisfério Sul.

  • Beltane

A festa Celta mais animada que comemora a primeira floração da primavera com muita dança e banquetes. Dia 1º de maio no Hemisfério Norte e 31 de outubro no Hemisfério Sul.

  • Litha

O solstício de verão. Dia 21 de junho no Hemisfério Norte e 21 de dezembro no Hemisfério Sul.

  • Lammas

É o festival da primeira colheita. Uma tradição era confeccionar bonecos de palha que simbolizam deuses e serviam como amuletos. No Hemisfério Norte ocorre dia 1º de agosto e no Hemisfério Sul 1º de fevereiro.

  • Mabon

Marca o equinócio de outono, uma época de agradecer e reunir os amigos. Dia 22 de setembro no Hemisfério Norte e 21 de março no Hemisfério Sul.

Rituais de Ostara: conclusão

Em suma, aproveite para realizar os rituais de Ostara independente do hemisfério em que esteja e viva os novos começos.

Enfim, fique de olho em nosso canal de Astrologia e Misticismo. Afinal, lá você encontra as características de cada signo, banhos energéticos para preparar em cada época do ano e muito mais!

Compartilhe

Stories

Matérias Similares