Shampoo Anticaspa – Qual o melhor e como escolher o seu?

Especial Anticaspa – Listamos 25 shampoos para caspa, disponíveis para todos os bolsos. Descubra quais são os melhores e como escolher o melhor para tratar do seu couro cabeludo com dicas profissionais. Veja também dicas de como evitar, causas e sintomas.

- Continue depois da Publicidade -

Um bom shampoo anticaspa precisa tratar do cabelo sem ressecar. Encontrar o shampoo anticaspa certo é uma das tarefas de beleza mais difíceis. Aqueles que enfrentam essa doença desagradável podem passar meses ou até anos lutando contra ela. Decidimos descobrir como escolher um shampoo anticaspa.

Aqui estão alguns dos melhores shampoos anticaspa que irão equilibrar rapidamente o couro cabeludo e aliviar a coceira e descamação. Confira!

 

Qual shampoo comprar para a caspa?

 

A caspa é um dos sintomas da dermatite seborréica, pedaços soltos de pele morta. Assim, as causas mais comuns desta doença são o mau funcionamento das glândulas sebáceas, o fungo Malassezia, tratamentos agressivos e cuidados inadequados.

- Continue depois da Publicidade -

Shampoos anticaspa ajudam com:

  • Descamação sazonal da pele – quando o ar seco irrita a pele;
  • Seborreia – uma doença das glândulas sebáceas;
  • Psoríase – um processo inflamatório (geralmente determinado geneticamente).

- Continue depois da Publicidade -

Os melhores shampoos para caspa

 

shampoo anticaspa
Foto: Freepik

 

Os shampoos para seborreia oleosa têm um intenso efeito de limpeza, antifúngico e regulador da oleosidade, devido ao qual o estado do couro cabeludo se normaliza com o tempo e o cabelo fica melhor.

- Continue depois da Publicidade -

Às vezes, a caspa oleosa é um sintoma de distúrbios nervosos e endócrinos. Mas nesses casos, uma ingestão conjunta de medicamentos é necessária para tratar a causa raiz da doença.

 

Qual melhor shampoo anticaspa?

 

mulher lavando o cabelo
Foto: Freepik

 

Na sequência, o profissional indica os shampoos que contém em suas formulas agentes antifúngicos, como por exemplo o piritionato de zinco, sulfeto de silênio ou cetacozanol .

Hoje em dia, os shampoos anticaspa contendo piritionato de zinco estão disponíveis em uma variedade de fórmulas. Assim, por sua vez, quando combinadas com outros elementos se tornam suaves o suficientes para o uso diário, mesmo para os cabelos quimicamente tratados.

Aliás, vale lembrar que a caspa não é contagiosa. Apesar disto, para um controle eficiente é necessário cuidado diário, em especial se o caso já estiver avançado.

 

Ingredientes a serem observados no shampoo anticaspa

 

A maioria dos xampus anti-caspa ou antifúngicos contém pelo menos um dos seguintes ingredientes ativos:

  • Cetoconazol : Um anti-fúngico eficaz. Assim, shampoos contendo este ingrediente podem ser usados ​​em qualquer idade.
  • Sulfeto de selênio : reduz a produção de óleos naturais pelas glândulas do couro cabeludo. Desse modo, é eficaz no tratamento da caspa.
  • Piritiona de zinco : Isso retarda o crescimento do fermento.
  • Alcatrão de carvão : Possui um agente antifúngico natural. Assim, os cabelos tingidos ou tratados podem ficar manchados pelo uso a longo prazo. Além disso, os sabões de alcatrão também podem tornar o couro cabeludo mais sensível à luz solar, de modo que os usuários devem usar um chapéu quando estiverem fora. O alcatrão de carvão também pode ser cancerígeno em altas doses.
  • Ácidos salicílicos : ajudam o couro cabeludo a se livrar das células da pele. Assim, eles não diminuem a reprodução das células da pele. Muitos “esfregaços no couro cabeludo” contêm ácidos salicílicos. Às vezes, o tratamento pode deixar o couro cabeludo seco e piorar a descamação da pele.
  • Óleo da árvore do chá : Derivado da árvore do chá australiana ( Melaleuca alternifolia ), muitos shampoos agora incluem esse ingrediente. Mas há muito tempo é utilizado como antifúngico, antibiótico e anti-séptico. Algumas pessoas são alérgicas a ele.

 

Shampoos anticaspa mais recomendados

 

Em suma, entre os shampoos anticaspa mais recomendados para combater o fungo  ou oleosidade do couro cabeludo, Orlando Hazaoka cita os seguintes:

 

Wella Invigo Balance Clean Scalp Shampoo

Wella Invigo Balance Clean Scalp Shampoo anticaspa

Em primeiro lugar, um shampoo anticaspa que não resseca o cabelo. Ele combate a caspa e remove os flocos visíveis do couro cabeludo, deixando os cabelos mais limpos, hidratados e aliviados.

Além disso, ainda possui ingredientes refrescantes que aliviam a coceira.

 

Derma Regulate shampoo da Keune

 

Derma Regulate shampoo da Keune anticaspa
Keune

Na sequência, outro produto incrível. Isso porque sua ação reguladora da oleosidade do couro cabeludo é excelente para evitar a proliferação de fungos da caspa.

Fungos se alimentam dos resíduos do couro cabeludo, portanto limpeza sem danificar a proteção do couro cabeludo também é um meio de evitar a caspa.

 

Nioxin Cleaser Shampoo

Nioxin Cleaser Shampoo anticaspa

Além de tratar o couro cabeludo, remover as impurezas, controlar a oleosidade, esse shampoo anticaspa combate o afinamento do fio capilar. Por isso é um produto fortemente indicado.

 

Melhores shampoos anticaspa baratinhos

Na sequência, o Fashion Bubbles lista alguns produtos fáceis de encontrar e com um preço que cabe no bolso.

Shampoo Cetoconazol

shampoo cetoconazol

Em primeiro lugar, o medicamento genérico mais famoso no combate à caspa. O shampoo cetoconazol  é indicado para tratamento da seborreia em adultos. Além disso, ele é eficaz no combate de infecções do couro cabeludo causadas por fungos e leveduras.

 

Shampoo anticaspa Clear ou Head & Shoulders, qual o melhor?

 

Para responder essa dúvida, a Youtuber Renatha testou e analisou os dois produtos baratinhos e disponíveis em qualquer farmácia.

O ideal é sempre analisar a textura do seu fio e situação geral do cabelo, já que o uso desse tipo de shampoo pode ressecar. Na dúvida, sempre consulte um dermatologista pois a caspa causada por fungos é um problema persistente.

  • Xampu anticaspa Clear – Com tecnologia única, apresenta ativos que protegem o couro cabeludo, além de 4 catalisadores especiais: ZnPT, que é o ativo anticaspa; óleo de semente de girassol, que impede ressecamento; glicerina, com esse mesmo propósito; além de niacinamida e glicina, que contam com propriedades nutritivas.
  • Head & Shoulders Shampoo Anticoceira – Antes de tudo, o shampoo da Head &Shoulders promote o combate não somente à caspa, como também à coceira, uma das principais queixas de quem sofre com o problema. Assim, trata-se de um produto de preço acessível, porém altamente eficaz, graças à presença do piritionato de zinco, que diminui a irritação do couro cabeludo e a coceira. Além disso, o composto também é eficiente ao combater o fungo Malassezia, um dos maiores causadores da caspa. Ademais, o shampoo tem cheiro suave e textura cremosa, que preserva a hidratação dos fios.

19 melhores shampoos anticaspas

 

1 – La Roche Posay Kerium Ds

 

La Roche Posay Kerium Ds

 

Reconhecido por diversos dermatologistas por conta de sua eficiência, o shampoo KeriumDs não somente combate a caspa e a seborreia, como ajuda a desencrustá-la do couro cabeludo e impedir que ela retorne.

Mas para isso, a La Roche Posay apostou no ácido salicílico, zinco e piroctonaolamina, que combatem a oleosidade e a proliferação de fungos, deixando os fios livres de caspa desde os primeiros usos, que podem ser mantidos por até seis semanas. O preço desse produto é, em média, R$ 60.

 

2 – Shampoo anticaspa Vichy

 

vicky shampoo

 

Antes de tudo, é destinado para quem tem dermatite seborreica moderada e intensa, acaba com a caspa visível já na primeira aplicação, sendo uma das melhores opções do mercado.

Além disso, promete não ressecar o cabelo e evitar que a caspa ressurja por um período de até 6 semanas.

 

3 – VichyDercos

 

Shampoo anticaspa Vichy

 

A linha Dercos Anticaspa foi desenvolvida para acabar coma a caspa em pessoas que sofrem com a sensibilidade do couro cabeludo.

A fim de preservar a saúde dos fios e do couro cabeludo, a fórmula é livre de sulfatos.

A presença de ácido salicílico ajuda a reduzir a descamação, enquanto o bisabolol e a piroctonaolamina reduzem a inflamação e ajudam a impedir a proliferação dos fungos que causam a caspa e a seborreia.

Mas a promessa é de alívio desde o primeiro uso e fios livres de caspa por até seis semanas.

 

4 – L’Oréal Paris Elseve Hydra-Detox

 

L’Oréal Paris Elseve Hydra-Detox

 

A linha Hydra-Detox, da Elseve, promete limpeza profunda dos fios e do couro cabeludo, sem abrir mão da hidratação. Assim, para combater a caspa, a fórmula é enriquecida com ácido salicílico, zinco e extrato de água azul.

Além disso, juntos eles promovem a renovação e reequilíbrio do couro cabeludo, reduzindo a descamação e a coceira, proporcionando efeito refrescante e sensação de limpeza por até 48 horas.

 

5 – Stiproxal Shampoo

 

Stiproxal Shampoo

 

O Stiproxal shampoo utiliza base suave, para limpar o couro cabeludo e deixa-lo livre de caspa, sem agredir os fios.

Antes de tudo, sua fórmula leva ácido salicílico, que promove a renovação da pele, e a cicloproxolamina, um potente fungicida que combate os principais causadores da caspa, micoses e seborreias.

Mas o diferencial do produto fica por conta de sua base condicionante, re-estabelecendo o equilíbrio natural do couro cabeludo.

 

6 – Shampoo anticaspa Acquaflora

 

Shampoo anticaspa Acquaflora

 

Possui o ácido octopirox na fórmula e age diretamente no equilíbrio do pH do couro cabeludo para combater a caspa. Assim, em média, esse produto custa R$ 18. Shampoo anticaspa Vitalab – Esse shampoo para caspa possui extrato de quinaquina, que age como tonificante e adstringente no controle da dermatite.

 

7 – Palmolive Classic

 

Palmolive Classic

 

A Palmolive é uma marca frequente e muito comprada nas farmácias e perfumarias de todo o Brasil, principalmente por conta de seu preço acessível e aroma agradável em toda a linha de shampoos.

A linha Classic Anticaspa promete uma limpeza refrescante, capaz de deixar os cabelos livres de caspa. Isso se deve a presença do climbazol, que combate os fungos causadores da caspa e seus sintomas.

O frescor e limpeza fica por conta do eucalipto, tornando o shampoo anticaspa uma excelente opção de shampoo barato para comprar online.

8 – Shampoo anticaspa Mac Paul

 

Shampoo anticaspa Mac Paul

 

O Mac Paul vem com extrato de bardana e piritionato de zinco, que têm o poder de limpar o couro cabeludo, desde a raiz dos fios, e combater a caspa. Assim, a média de preço desse produto é de R$ 50.

 

9 – Shampoo Bio Extratus

 

Shampoo Bio Extratus

 

Na faixa de preço de R$ 20, esse shampoo anticaspa possui própolis, carqueja e bardana na fórmula, elementos que combatem a raiz do problema da caspa.

 

10 – Shampoo anticaspa Novety

 

Shampoo anticaspa Novety

 

Esse shampoo para caspa tem octopirox e ácido salicílico na fórmula que limpam o couro cabeludo e tratam a caspa. A média de preço do Novety é de R$ 35.

 

11 – Ada Tina Amplexe Caspa Resistente

 

Ada Tina Amplexe Caspa Resistente

 

Após 5 anos de pesquisa, a Ada Tina desenvolveu uma linha especialmente voltada aos tratamento e combate da caspa resistente.

A fórmula conta com lipocotonazol, que inibe o crescimento dos fungos causadores da caspa, e ubiquinona, que limpa profundamente, removendo a oleosidade e proporcionando efeito antioxidante, sem agredir aos fios.

Além disso, segundo a marca, após uma semana de uso já é possível notar 100% de melhora na coceira e descamação decorrentes da caspa e seborreia persistente.

 

12 – Shampoo anticaspa Amend

 

Shampoo anticaspa Amend

 

Você também pode gostar!

O Amend possui climbazol e extratos de vegetais que fazem a limpeza da pele do couro cabeludo a partir do preço de R$ 18.

 

13 – Shampoo anticaspa Natura

 

Shampoo anticaspa natura

 

A Natura é uma das marcas mais renomadas no Brasil e sua linha de shampoo anticaspa vem com extrato de calêndula e piritonato de zinco que, além de tratar a caspa, alivia possíveis coceiras. O preço fica em torno de R$ 15.

 

14 – Shampoo anticaspa Sotarelli

 

Shampoo anticaspa Sotarelli

 

Com gérmen de trigo, esse shampoo promove a limpeza do couro cabeludo e combate a oleosidade que causa da caspa. Um kit com shampoo e condicionador chega a custar R$ 280. Esse é caro mas é dos bons.

 

15 – Shampoo anticaspa De Sirius

 

Shampoo anticaspa De Sirius

 

A fórmula possui ácidos carbônicos e frutais que eliminam resíduos de sujeira no couro cabeludo que podem bloquear a respiração celular dos fios e criar a caspa. O preço gira em torno de R$ 40.

 

16 – Shampoo Truss

 

Shampoo Truss

 

O gérmen de trigo, mentol e bardana na fórmula diminuem a oleosidade nos cabelos e ajudam no controle da dermatite seborreica. Em média, o Truss custa R$ 60.

 

17 – Shampoo anticaspa Ecologie

 

Shampoo anticaspa Ecologie

 

Possui fórmula com o extrato de hamamélis, que é um adstringente e antisséptico natural que diminui as secreções das glândulas sebáceas no couro cabeludo a um preço de R$ 16.

Shampoo anticaspa Lowell – O climbazol presente na fórmula do Lowell também é um ótimo elemento combatente da caspa. O preço desse produto fica em torno de R$ 35.

 

18 – Bioderma Shampoo Intensivo

 

Bioderma Shampoo Intensivo

 

O shampoo Bioderma anticaspa trata desde a caspa leve, moderadas, até as mais avançadas, reduzindo a descamação e suas consequências, como a irritação e a coceira.

A fórmula é rica em diversos ativos altamente eficazes no combate a caspa, como zinco, ácido salicílico, piroctonaolamina, vitamina B6, zantaleno, entre outros. Juntos eles eliminam os fungos, reduzem a inflamação e a descamação do couro cabeludo, inibem a oleosidade e diminuem a coceira.

 

19 – Belofio Vitalcap

 

Belofio Vitalcap

 

O Vitalcap é um shampoo desenvolvido especialmente para o alívio e tratamento da caspa, nutrindo e renovando as células do couro cabeludo.

Sua fórmula conta com ácido salicílico, que esfolia levemente e promove renovação da pele afetada pela caspa, além de extrato de salgueiro, que possui incríveis propriedades anti-inflamatórias, combatendo a irritação.

 

Shampoo anti-caspa para homens e mulheres

 

homem com caspa
Foto: Freepik

 

Às vezes, os shampoos anticaspa são produtos unissex (ou seja, são adequados para homens e mulheres). Porém, com mais frequência, os fabricantes criam produtos separados para o sexo masculino.

A propósito, eles diferem não apenas no design e no aroma. Seu equilíbrio de pH é realmente mais adequado para o couro cabeludo masculino.

11 dicas para combater a caspa

 

Infelizmente a caspa é uma condição que não tem cura, porém pode ser tratada e controlada.
mulher com caspa
Foto: Freepik

 

Entretanto, alguns passos simples podem ser tomados para ajudar a controlar a descamação do couro cabeludo:
  1. Não tomar banhos muito quentes;
  2. Evitar aplicar condicionador nos cabelos para diminuir a oleosidade;
  3. Use o condicionador apenas no comprimento do cabelo, evitando o couro cabeludo;
  4. Lavar os cabelos com produtos específicos para seu tipo de cabelo (principalmente se ele for oleoso).
  5. Lave os cabelos, no mínimo, 3 vezes por semana;
  6. Ao lavar os cabelos com shampoo anticaspa, deixe a espuma do produto agindo, de 3 a 5 minutos antes de enxaguar;
  7. Melhorar alimentação. Uma alimentação inadequada e rica em gorduras também pode favorecer o surgimento da caspa, por conta do aumento da produção de sebo pelo couro cabeludo. Veja alimentos saudáveis para os cabelos;
  8. Evitar o cigarro é ruim para todo o organismo e os cabelos não são uma exceção. Além de ficarem mais opacos e frágeis, o tabagismo pode, sim, favorecer a caspa;
  9. Se você não ingere água o suficiente, pode estar favorecendo o surgimento da caspa, visto que a pele fica mais suscetível ao ressecamento;
  10. Uso constante de chapéus, toucas e bonés pode aumentar o problema;
  11. O uso de grande quantidade de produtos no cabelo também pode afetar;

Para finalizar e falando em saúde dos cabelos, o óleo de jojoba ganhou destaque por ajudar a controlar a produção de sebo.

 

10 possíveis causas da caspa

 

As  causas exatas da caspa são desconhecidas. Uma teoria é que ela está ligada à produção de hormônios, pois geralmente começa na época da puberdade .

O  site Medical News Today listou 10 fatores possíveis.

 

1. Dermatite seborréica

Pessoas com dermatite seborreica têm pele oleosa e irritada e são mais propensas a ter caspa.

Mas a dermatite seborréica afeta muitas áreas da pele, incluindo as costas das orelhas, o esterno, as sobrancelhas e as laterais do nariz. Assim, a pele ficará vermelha, oleosa e coberta com escamas brancas ou amarelas escamosas.

Além disso, a dermatite seborréica está intimamente ligada à Malassezia, um fungo que normalmente vive no couro cabeludo e se alimenta dos óleos que os folículos capilares secretam.

Mas geralmente não causa um problema, mas em algumas pessoas fica hiperativo, causando irritação no couro cabeludo e produzindo células extras da pele.

Então quando essas células extras da pele morrem e caem, elas se misturam com o óleo dos cabelos e do couro cabeludo, formando caspa.

 

2. Escovação de cabelo insuficiente

 

escovando o cabelo
Foto; Freepik

 

Pentear ou escovar os cabelos regularmente reduz o risco de caspa, pois ajuda no derramamento normal da pele.

 

3. Fermento

 

As pessoas sensíveis ao fermento têm uma chance ligeiramente maior de caspa, portanto, o fermento pode desempenhar um papel. A caspa costuma ser pior durante os meses de inverno e melhor quando o tempo está mais quente. Isso pode ocorrer porque a luz ultravioleta-A (UVA) do sol neutraliza o fermento.

 

4. Pele seca

 

pra que serve ácido hialurônico
Imagem:Reprodução / Instagram

 

Pessoas com pele seca são mais propensas a ter caspa. Além disso, o ar frio do inverno combinado com ambientes superaquecidos é uma causa comum de coceira e descamação da pele. Caspa que decorre da pele seca tende a ter flocos menores e não oleosos.

 

5. Produtos de lavagem e cuidados com a pele

 

Certos produtos para os cabelos podem desencadear um couro cabeludo vermelho, com coceira e descamação. Lavagem frequente pode causar caspa, pois pode irritar o couro cabeludo.

Algumas pessoas dizem que não lavar o cabelo o suficiente pode causar acúmulo de óleo e células mortas da pele, levando à caspa, mas faltam evidências de que isso seja verdade.

 

6. Certas condições da pele

 

Pessoas com psoríase, eczema e alguns outros distúrbios da pele tendem a ficar caspa com mais frequência do que outros. Além disso,Tinea capitis, uma infecção fúngica também conhecida como micose no couro cabeludo, pode causar caspa.

 

7. Condições médicas

 

Adultos com doença de Parkinson e algumas outras doenças neurológicas são mais propensas a caspa e dermatite seborreica.

Além disso, um estudo descobriu que entre 30 e 83% das pessoas com HIV têm dermatite seborreica, em comparação com 3 a 5% na população em geral.

Mas também pacientes que estão se recuperando de um ataque cardíaco ou derrame e aqueles com um sistema imunológico fraco podem estar mais propensos a caspa.

 

8. Dieta

 

o que é o guia alimentar brasileiro
Imagem: Reprodução / Unsplash

 

Não consumir alimentos suficientes que contenham zinco, vitaminas do complexo B e alguns tipos de gorduras pode aumentar o risco.

 

9. Estresse mental

 

Pode haver uma ligação entre estresse e muitos problemas de pele.

 

10. Idade

 

Por último, a caspa é mais provável desde a adolescência até a meia idade, embora possa durar a vida toda. Afeta mais os homens do que as mulheres, possivelmente por razões relacionadas aos hormônios.

 

 

O que é a caspa?

 

A  dermatite seborreica cria uma condição de descamação do couro cabeludo devido ao excesso de atividades das glândulas sebáceas nessa parte do corpo.

cabelos dourados
Foto: Pixabay

Logo, sua identificação é simples, visto que os flocos de pele e o couro cabeludo esbranquiçado são os principais sintomas.  Muitas vezes é acompanhada de coceira.

A princípio, a caspa pode variar entre casos leves e graves. Mas a maioria pode ser tratada em casa, com o auxílio de shampoos anticaspa e tônicos de uso tópico sem a necessidade de receita médica. Casos graves, por sua vez, podem exigir o uso de medicação e a receita médica se faz necessária.

 

Fatos rápidos sobre caspa

 

Aqui estão alguns pontos-chave sobre a caspa:

  • A caspa é uma condição comum, mas pode ser embaraçosa e difícil de tratar.
  • Não está relacionado à higiene, mas lavar e escovar os cabelos pode ajudar a remover os flocos de pele velhos.
  • Antes de tudo, não lavar o cabelo o suficiente pode intensificar, já que faz com que as células da pele se acumulem e criem flocos e coceira.
  • Além disso, os fatores de risco incluem ter certas condições de pele ou médicas e o uso de produtos capilares inadequados. Alerta para receitas caseiras compostas de ingredientes alimentícios que podem servir de alimentos também para fungos.
  • Vários tratamentos estão disponíveis sem receita, mas casos mais graves devem ser atendidos por um médico.

 

O que causa caspa?

 

Primeiramente, é importante notar que segundo pesquisa científica recentes, a caspa é resultado de um fungo. Originalmente chamado pityrosporum, ele também classificado como malassazia, revela Orlando.

Mas é interessante notar que este fungo ocorre naturalmente e está presente por toda a pele humana. Mas apesar disso, o sintoma da caspa só é desencadeada quando se desenvolve descontroladamente.

Por fim, alguns indivíduos são mais suscetíveis às irritações causadas pela malassazia. Além disso, fatores como estresse, idade ou hormônios (e ainda a higiene incorreta) podem facilitar a proliferação e fazer os sintomas da caspa piorarem.

Nesses casos, um bom shampoo anticaspa é ideal para tratar do couro cabeludo.

 

A caspa pode causar a queda de cabelo?

 

A dermatite seborreica pode sim causar queda de cabelo e isso se deve ao quadro inflamatório do couro cabeludo.

Assim, pessoas que já sofrem de queda capilar têm receio de lavar os cabelos e acabam tendo uma piora do quadro de caspa e a perda dos fios pode acabar se agravando. Aqui destacamos a Biotina, vitamina para o cabelo crescer mais rápido.

 

Saiba mais sobre o O&ESTER Hairdressing & Make Up Artists

 

Especialistas em beleza. Essa é a definição do salão O&Ester situado na Vila Mariana, em São Paulo.

Mas o próprio espaço já indica o que esperar: ambientes aconchegantes, com boa iluminação e música suave, criando uma atmosfera que mescla profissionalismo, segurança e conforto.

Então desta forma, a proposta é deixar os clientes relaxados antes dos procedimentos mais procurados, alongamento e nanopigmentação, que podem durar até duas horas.

 

Quem é Orlando Hazaoka?

 

Com extenso estudo nas melhores beauty academies do mundo, como Toni&Guy, em Londres, Cinema Makeup school, Los Angeles, e vivência internacional – Orlando vem construindo sua reputação no Brasil como profissional meticuloso desde 2009.

Além disso, Orlando Hazaoka, que também possui formação em desenho, pintura e direção de fotografia, buscou dominar a dermopigmentação corporal.

 

Por Denise Pitta

Revisado e atualizado por Handreza Hayran

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes