Planta preservada: o que é, como fazer, preço + fotos

Saiba como é feita a planta preservada, uma opção de decoração que não exige rega ou poda e pode durar até 10 anos

- Continue depois da Publicidade -

Ter um espaço verde dentro ou fora de casa pode transformar o ar do ambiente. Porém, nem todo mundo tem tempo para cuidar das queridas plantas. Mas, você sabia que a planta preservada pode ser uma opção?

Isso porque ela nunca perde o aspecto verde e vistoso e, o melhor, não precisa de cuidado nenhum. Parece um sonho, não é mesmo? Por isso, diversos arquitetos e designers de interiores tem apostado nesse recurso.

Então, se você quer saber o que é uma planta preservada, está no lugar certo! Aqui, você também vai ver:

  • O que são plantas preservadas?
  • Como se faz planta preservada?
  • Quanto custa jardim preservado?
  • Quanto tempo dura um jardim preservado?

Além disso, trouxemos uma série de fotos inspiradoras para que você saiba como elas ficam na decoração da sala, cozinha e varanda.

 

- Continue depois da Publicidade -

O que planta preservada?

- Continue depois da Publicidade -

Quarto integrado com home office.
Fonte: Instagram/@claudiaalbertiniarquiteta

 

Versatilidade e praticidade, essas são as duas palavras que melhor definem a planta preservada. Isso porque apesar de ser idêntica em aparência, movimento e textura de uma planta natural, ela pode durar muito mais tempo e não precisa de cuidado algum.

Basicamente, profissionais fazem um processo de desidratação em uma planta natural. Em seguida, são adicionado produtos químicos que a fazem estabilizar. É como se seu crescimento fosse congelado.

- Continue depois da Publicidade -

Por isso, não precisa de cuidados como regar, podar ou deixá-la sob a luz do sol.

Este procedimento pode ser realizado em qualquer tipo de planta, desde arranjos de flores, até árvores e jardins verticais. Tudo dependerá da ideia de decoração.

Como resultado, é uma excelente opção para decorar espaços grandes como shoppings e escritórios onde a manutenção seria ainda mais trabalhosa.

 

 

Benefícios

 

Hoje em dia, grande parte dos paisagistas, arquitetos e designers de interiores estão preferindo este modelo pela beleza e praticidade.

Porém, além disso, a planta preservada apresenta também uma série de outras vantagens, como:

  • Não exige manutenção como rega, poda ou colocação de adubo;
  • Possui alta durabilidade;
  • Não exige custo de produtos para manutenção;
  • É feita sob medida;
  • Não atrai insetos;
  • É resistente a diferentes temperaturas;
  • Melhora a acústica do ambiente assim como as plantas naturais.

Portanto, não há porque não tê-las na decoração da casa.

 

 

Como se faz planta preservada?

 

 

Árvore preservada em vaso.
Fonte: Pinterest

 

  • Aproveite e nos siga no Google News para saber tudo sobre Moda, Beleza, Famosos, Décor e muito mais. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

 

Transformar uma planta natural em preservada não é uma tarefa simples e exige paciência. Afinal, é um método totalmente artesanal.

Para se ter uma ideia de como é feito este trabalho, fizemos um passo a passo com as 5 etapas necessárias para concluir esse processo:

  1. Em primeiro lugar, é preciso retirar toda água da planta;
  2. Depois, é inserido um componente químico, por exemplo, a glicerina. Para isso, a planta é mergulhada em um tambor com o produto;
  3. Em seguida, é preciso aguardar a secagem completa;
  4. O penúltimo passo é o tingimento das folhas;
  5. Por fim, basta montar a planta preservada no vaso ou no jardim.

Todo esse processo demora aproximadamente 60 dias.

 

 

Quanto custa um jardim preservado?

Jardim vertical.
Fonte: Pinterest

 

Em primeiro lugar, é preciso estar com o bolso preparado na hora de montar seu jardim preservado. Afinal, o custo é superior ao de um jardim tracionais com plantas naturais.

O preço elevado agrega o custo dos produtos químico utilizados para deixá-las permanentes e o trabalho manual que é feito de forma artesanal.

Para se ter uma ideia, um jardim vertical pode custar entre R$ 990 a R$ 2.000 o metro quadrado. Tudo vai depender das plantas escolhidas.

Além disso, se você acha que o valor é caro, coloque na ponta do lápis os cuidados necessários para cuidar e manter uma planta natural. Seja pelo tempo, adubo, água, etc.

Por outro lado, um vaso ou arranjo pode custar um terço do valor comparado a um jardim. Se for um modelo ornamental pequeno feito com a mistura de avencas e samambaias, por exemplo, ele irá custar cerca de R$ 200.

 

Quanto tempo dura um jardim preservado?

Jardim com poltrona salmão.
Fonte: Pinterest

 

Embora a planta preservada não exija tantos cuidados quanto as naturais, é muito importante ter um certo cuidado para que elas durem mais tempo.

Recomenda-se, por exemplo, retirar a poeira do jardim preservado pelo menos duas vezes ao ano. Além disso, anualmente é importante retirar as plantas que já não estão tão bonitas quanto antes.

Porém, se você não quiser ter essa preocupação, não se preocupe. Afinal, existem empresas especializadas neste tipo de planta que podem ir até a casa para fazer toda a limpeza e manutenção das plantas.

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Desta forma, seu jardim preservado terá uma durabilidade de até 10 anos.

 

 

Mais fotos inspiradoras

 

Para que você consiga ter ideias de como usar a planta reservada na decoração, separamos uma série de fotos incríveis de ambientes internos e externos. Então, aproveite para salvar seus modelos preferidos!

 

Jardim preservado

Varanda com planta preservada.
Fonte: Instagram/@claudiaalbertiniarquiteta

 

A varanda é o local ideal para acrescentar um jardim com planta preservada. Afinal, o ambiente inspira ar puro e proximidade com a natureza.

 

Mesa de jantar posta.
Fonte: Instagram/@claudiaalbertiniarquiteta

 

Neste projeto, a separação dos cômodos foi feita através de uma cortina. Assim, o espaço fica leve e com a sensação de amplitude.

 

Área gourmet.
Fonte: Instagram/@claudiaalbertiniarquiteta

 

Por outro lado, que tal separa uma faixa da parede da área gourmet para um jardim vertical?

 

Prédio com jardim na varanda.
Fonte: Pinterest

 

A decoração com planta preservada na área externa oferece cor e vivacidade ao espaço que costuma ser projetado apenas com cores neutras.

 

 

Planta preservada vaso

 

Arranjo de flores preservadas.
Fonte: Pinterest

 

Além disso, se quiser adicionar apenas um toque colorido dentro de casa, também é possível apostar em pequenos arranjos.

 

Jardim com plantas no teto.
Fonte: Pinterest

 

Para inovar na decoração, foram colocadas plantas preservadas de ponta cabeça no cômodo. Isso ofereceu um aspecto moderno no espaço.

 

Diferentes espécies e tamanhos de planta preservada.
Fonte: Pinterest

 

Que tal adicionar vários detalhes em um único cômodo? Por exemplo, nesta sala de jantar há um vaso grande, um arranjo pequeno na mesa ou até suculentas nos nichos.

 

Planta preservada em vaso.
Fonte: Pinterest

 

Um vaso grande com uma árvore preservada oferece personalidade na decoração.

 

Quadro vertical com plantas preservadas.
Fonte: Pinterest

 

Além disso, ainda é possível fazer um quadro com uma série de folhas diferentes. Como resultado, o espaço ganhará uma nova textura.

 

 

Planta preservada para interiores

 

Varanda com decoração rústica.
Fonte: Instagram/@decoramundo

 

Um jardim com plantas preservadas tem tudo a ver com uma decoração rústica, não é mesmo?

 

Parede inteira com planta preservada.
Fonte: Pinterest

 

Por outro lado, já pensou em tomar banho em uma banheira ao lado de um parede de plantas?

 

Churrasqueira de mármore.
Fonte: Instagram/@claudiaalbertiniarquiteta

 

A madeira é um recurso muito utilizado para decorar um espaço junto à planta preservada. Isso porque os elementos combinam entre si e oferecem harmonia.

 

Espaço comercial.
Fonte: Pinterest

 

A parede ver ajudou a destacar a placa da área comercial, não é mesmo?

 

Sala de jantar.
Fonte: Instagram/@claudiaalbertiniarquiteta

 

Quando se trata de ambientes integrados, é importante criar divisórias visuais entre os cômodos. Neste caso, a divisão entre as salas foi feita por meio de uma faixa de planta preservada na parede.

 

Flat com decoração neutra e moderna e planta preservada.
Fonte: Instagram/@claudiaalbertiniarquiteta

 

Quem é que disse que em um flat não há espaço para decoração?

 

Varanda com paredes de vidro e planta preservada.
Fonte: Pinterest

 

Para dar um aspecto mais natural, os moradores apostaram em modelos de folhas maiores nas plantas preservadas.

 

 

Conclusão

 

Por fim, percebemos que a planta preservada apresenta uma série de benefícios. Desta forma, é uma excelente opção para decoração de ambientes internos e externos.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes