Cottagecore: estilo traz a simplicidade do campo como tendência

O que acha de morar no campo, explorar a natureza, se vestir bem e viver em paz?

A tendência do Cottagecore é a queridinha do momento. Idealizando a vida no campo, traz romantismo e busca a simplicidade!

- Continue depois da Publicidade -

Algumas fotos e vídeos viralizaram nos últimos meses, nas redes sociais, mostrando um novo estilo de vida. Se você se encantou com algumas dessas imagens, saiba que esta forma de viver tem sido denominada Cottagecore, o queridinho do momento. Este costume envolve principalmente a moda, mas também pode ser identificado pelo ambiente externo.

O movimento de olhar para o passado em busca de reviver conceitos e estilos aconteceu em diversos momentos históricos. Desse modo, eles surgem como uma espécie de fuga ao passado. Nesse sentido, o Cottagecore e outros estilos emergentes em 2020 são movidos pela nostalgia.

Vestido e chapéu Cottagecore
Vestido e chapéu Cottagecore – Fonte: Reprodução/Pinterest

 

O que é o Cottagecore?

 

- Continue depois da Publicidade -

O ambiente digital tem sido palco do surgimento de diversas tendências estéticas e comportamentais. Por isso, muitas delas acabam se tornando guias para o desenvolvimento de produtos alimentícios, de beleza, moda e design.

Durante o primeiro trimestre de 2020, uma estética específica, que ganhou vários adeptos pelo mundo, foi a “Cottagecore”. Assim, plataformas online como Tumblr, TikTok e Instagram têm visto um aumento de postagens associadas à ela. Desde então, o termo ganhou destaque entre os assuntos mais buscados no Google Trends.

- Continue depois da Publicidade -

Desta forma, Cottagecore é uma estética da Internet que celebra o retorno a vida campestre de forma idealizada. Também traz de volta às habilidades e artesanato tradicionais, como panificação e cerâmica. Além disso, ele está relacionada a movimentos estéticos nostálgicos semelhantes, como grandmacore, farmcore, goblincore e faeriecore.

 

 

 

- Continue depois da Publicidade -

Família em bicicleta
Família em bicicleta – Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Simplicidade

 

O conceito Cottagecore se caracteriza ainda pelo hábito de adaptar-se a uma vida simples e autossuficiente. Isto é, uma essência mais campestre, exploradora, harmônica e próxima da natureza. Desta forma, a ideia é fugir de alguns hábitos comuns hoje em dia, como a aceleração.

Jardinagem, interação com animais da fazenda e dança com um ente querido sob o luar. Esses temas clássicos do cottagecore evitam a conexão digital em favor de uma conexão com a natureza. Explica a  escritora Amelia Hall em The Guardian, 2020.

Seguindo essa tendência de retorno à natureza e ao campo, confira também Jardim residencial: 85 fotos com tipos, tamanhos e ideias para caprichar no seu. uma vez que bem decorados, os jardins residenciais viram oásis trazendo um toque do campo para a cidade. E também Jardim de Suculentas: fáceis de cuidar, descubra tipos e 47 fotos de inspiração. Além de  Paisagismo funcional com plantas e ervas que também são temperos, fazem chá ou dão frutos, além de muitas dicas charmosas!

 

Casa com flores.
Casa com entrada de flores – Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Anne with an E: a série que é totalmente Cottagecore

 

Pouco antes de viralizar, o estilo já vinha ganhando espaço na cultura Pop. A série “Anne with an E” é exemplo disso. Baseada no romance Anne Green Gables de L. M. Montgomery, a história se passa no início 1900. Ainda que traga conceitos da modernidade, a série idealiza a vida do interior, trazendo paisagens sublimes.

Além disso, o figurino apresenta versões leves e simplificadas da indumentária da época. Dessa forma, os tons terrosos e florais são grande destaque.

 

Cena da série Anne with an E
“Anne with an E” é a série da Netflix que idealiza a vida no campo no início do século XX.

 

História do Cottagecore – Como surgiu o movimento

 

Embora o Cottagecore tenha surgido como uma estética nomeada em 2018, estéticas e ideais semelhantes têm uma longa história cultural. Maria Antonieta foi criticada pelos gastos e autoindulgência de seu Hameau de la Reine, uma vila-modelo, onde a Rainha recebia reuniões íntimas com amigos.

Ela até se vestia como pastora ou leiteira para brincar de viver uma vida simples enquanto os empregados mantinham a fazenda em funcionamento.

No entanto, esta não foi uma loucura única. Na Europa do século XVIII, os nobres construírem pitorescas fazendas ornamentais em suas propriedades, no estilo das aldeias rurais.

 

Le Hameau de la Reine, o encantador refúgio de Maria Antonieta

 

O Arcadismo e o Carpe Diem

 

Certamente o Arcadismo, movimento literário da época,  teve grande influencia na idealização do estilo de vida campestre. Antes de mais nada, eles valorizavam o Carpe Diem. Ou seja, aproveitar o momento presente. Desse modo, os conceitos arcadistas estão totalmente relacionados com a busca pela simplicidade do campo e contato com a natureza do Cottagecore.

Posteriormente, no século XIX,  o movimento Arts and Crafts foi uma abordagem à arte, arquitetura e design. Com intuito de criticar a produção industrial,  ele abraçou os estilos e técnicas “folclóricas”.  Desse modo, eles valorizavam o fazer manual e um estilo de vida mais simples.

Seguindo essa linha, veja também decoração com Pallet, que ganhou destaque e vem virando uma verdadeira febre para quem gosta de valores simples e pegada rústica.

 

Cottagecore na moda

 

Esta prática de vida pode ser identificada pelo ambiente e se tornar o propósito de muita gente, devido à beleza, harmonia e paz que ela transmite. Entretanto, o Cottagecore na moda também é um dos atrativos principais daqueles que os adotam.

É viver em um filme sereno, este é o resumo. As roupas são geralmente coloridas, delicadas e com detalhes que se encaixam na maioria dos gostos. Esta moda, portanto,  traz um estilo muito romântico. É importante ressaltar que as peças que mais se destacam são os vestidos e saias. Isso porque transmitem a  beleza e a simplicidade da vida no campo.

Finalmente, reunimos as principais tendências do estilo Cottagecore para você se inspirar no dia a dia. Confira!

 

Cottagecore: Mulher vestindo vestido leve e roupa Cottagecore para criança
Mulher vestindo vestido leve e roupa Cottagecore para criança – Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Vestido Cottagecore

 

Uma das peças mais procuradas no Google é o ‘vestido “cottagecore”. Isso porque sua modelagem possui cintura marcada com a saia longa evasê. Seja com elástico, amarração ou até recorte princesa, o look fica leve e campestre.

 

Mulher veste vestido cottagecore branco com chapéu e cesta.
O vestido cottagecore é um dos itens mais buscados no Google. Fonte: Reprodução/Pinterest

 

A silhueta se aproxima muito do famoso vestido império. Essa modelagem ganhou destaque no início do século XIX. Afinal, a burguesia ascendia na Europa. Desse modo, o estilo rococó, que era associado a superficialidade da aristocracia, caiu por terra. Substituindo espartilhos e anáguas volumosas, pelo vestido império que era extremamente fluído e delicado.

 

Quadro Mademoiselle Caroline Rivière de Jean Ingres 1805
Vestido Império – Mademoiselle Caroline Rivière / Pintura á óleo de Jean Ingres / 1805

 

Mangas Bufantes

 

As mangas bufantes também ajudam a trazer o visual campestre para o vestido.  É possível que seu  crescimento  no mundo fashion tenha transformado o  vestido Cottagecore em um verdadeiro sucesso.

 

Mãe e filha vestidas de Cottagecore
Mãe e filha vestidas de Cottagecore – Fonte: Reprodução/Pinterest

Tecidos

 

O material queridinho para o vestido é o algodão. Assim como outras fibras naturais. Como resultado, os vestidos são bem frescos. A laise, que virou uma verdadeira febre,  também é ideal para transmitir essa vibe de campo.  Já que os desenhos do bordado são vazado, eles refrescam e ficam lindos com o movimento suave.

Dentro do cenário criativo da moda, as criações das irmãs Kate e Laura Mulleavy para a marca Rodarte são a tradução do estilo. Por exemplo,  a mais recente coleção da marca foi fotografada no interior da Califórnia, próximo a Los Angeles, valorizando o estilo simples da vida no campo.

 

 

Cottagecore: Vestido com detalhes furadinhos
Mangas bufantes, recorte princesa na cintura e saia fluída são os destaques do vestido Cottagecore. – Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Além disso, aplicações e recortes de renda ajudam a transmitir romantismo. Assim, o visual ganha uma carinha boho que amamos!

 

Você também pode gostar!

Publicidade

Mulher vestindo vestido suave.
Vestindo vestido suave – Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Estampas – romantismo de campo

 

As estampas podem fazer toda a diferença num visual. No Cottagecore,  elas intensificam a relação com a natureza rural. Florais, por exemplo, são imediatamente associadas ao estilo. No entanto, busque por desenhos bem delicados, como o floral mini.

 

 

Vestido e chapéu floral
Vestido e chapéu floral – Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Sem dúvida, o xadrez  não poderia estar de fora do Cottagecore. Muitas fotos que bombaram no TikTok foram inspiradas em piqueniques. Assim, a toalha xadrez Vichy rapidamente se associou ao visual. Então, pode ir apostando nos vestidos e saias leves com a estampa em tons pastéis.

Assim, não deixe de conferir a origem do xadrez e seus diferentes estilos!

 

Vestido alcinha com babados xadrez vichy
Vestido alcinha com babados xadrez vichy emana toda a vibe do Cottagecore. Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Cottagecore: Cropped ciganinha com manga bufante e saia xadrez
Para visual com saia, aposte no xadrez vichy e no cropped bem romântico. Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Conjuntos blusa mangas bufantes e calça xadrez vichy
Conjuntos blusa mangas bufantes e calça xadrez vichy são alternativa para introduzir o estilo Cottagecore no seu visual. Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Bem como os florais, estampas frutíferas e de mushroom  foram adicionadas ao estilo por estarem  inseridas na vida campestre. Aposte nos morangos ou nos cogumelos vermelhos. Estas estampas prometem virar hit já no próximo verão. Além disso, são ideais para inserir o Cottagecore em qualquer look.

 

Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Penteados para a vida no campo

 

O que seria deste estilo se os penteados não o completassem? Pois é, os utensílios de cabelos e diversos jeitos de ajeitá-los são um diferencial e tanto. Este costume está longe dos fios despojados, mas sim, bem penteados e organizados delicadamente.

Por fim, os penteados mais comuns são as tranças e o famoso rabo de cavalo semi-preso. Para você se inspirar, também separamos algumas imagens.

 

  • Enquanto isso, confira: Penteados com tranças – Inspirações e dicas para o seu cabelo. Além de um super especial de Trança Holandesa, com dicas para você fazer em casa, o penteado usado pela Lady Gaga na cerimônia de posse do Biden e Kamala.

 

as tranças voltaram com tudo, não só na estética do Cottagecore!

 

Cottagecore: Flores e tranças em penteado para o campo
Flores e tranças em penteado para o campo – Fonte: Reprodução/Pinterest
Cottagecore: Cabelo com penteado delicado e flores
Cabelo com penteado delicado e flores – Fonte: Reprodução/Pinterest
Cabelo com penteado semi-preso
Cabelo com penteado semi-preso – Fonte: Reprodução/Pinterest
Cottagecore: Laço gigante em penteado semi-preso.
Laço gigante em penteado semipreso – Fonte: Reprodução/Pinterest
Utensílio para cabelo no campo
Utensílio para cabelo no campo – Fonte: Reprodução/Pinterest
Penteado com utensílio azul
Penteado com utensílio azul – Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Paradoxos do Cottagecore

 

Hoje em dia, o Cottagecore incorpora esses ideais. O artigo de 2020 do New York Times comparou estilo à série de videogames de simulação social Animal Crossing sendo representada na vida real.

No entanto, o Cottagecore tem sido criticado por perpetuar os valores colonialistas, uma vez que “romantiza o legado do colonialismo colonizador e da vida na fronteira que depende da terra roubada dos povos indígenas”.

Os escritores ainda comentaram sobre os contrastes entre representações idílicas online de cottagecore e algumas outras realidades da vida rural com insetos, cheiros, sujeira e fezes.

Menina sentada em toalha de piquinique com vestido romântico
O estilo que dominou o TikTok com vestidos e filtros super românticos. Fonte: Reprodução/Pinterest
Colheita de frutas.
Colheita de frutas – Fonte: Reprodução/Pinterest

Cottagecore e a identificação LGBT

 

Cottagecore tornou-se uma subcultura da comunidade LGBT e, particularmente, da comunidade lésbica e bissexual feminina. Isso porque serviu como fuga da sociedade heteronormativa. Os vídeos da Cottagecore de mulheres LGBT realizando tarefas como assar pão, bordar e tocar músicas calmantes se tornaram virais no aplicativo de mídia social TikTok.

Alguns proponentes do cottagecore relatam o desejo de reivindicar ideias não sexuais e imagens de intimidade e união. Como um usuário do Reddit explica: “cottagecore vê o amor como uma conexão entre duas almas.”

 

 

Outros veem o cottagecore como uma forma de separar e recuperar os prazeres e arredores rurais tradicionais da homofobia e transfobia que experimentaram ao crescer em cidades pequenas.

Um fã da cottagecore disse à revista iD: “Mesmo agora, quando volto [para minha cidade], não consigo deixar de me sentir observada e julgada o tempo todo pela forma como me pareço ou me visto.

Isso me faz sentir como as coisas que amei em infância, como ter animais de fazenda e colher amoras nos campos e me perder na floresta, são codificados em cis e hetero. Então, para mim, cottagecore é um ideal onde posso ser visivelmente homossexual em espaços rurais. ”

 

 

Veja mais fotos e inspirações do lifestyle do cottagecore

 

Cottagecore: Jovem fazendo piquenique em campo.
Jovem fazendo piquenique em campo – Fonte: Reprodução/Pinterest
Casa do campo.
Morada no campo – Fonte: Reprodução/Pinterest
Cottagecore: Rede de descanso.
Rede de descanso em jardim – Fonte: Reprodução/Pinterest
Casa no campo.
Casa no campo – Fonte: Reprodução/Pinterest
Colhendo frutas.
Colhendo frutas de árvore – Fonte: Reprodução/Pinterest

 

E aí, o que achou do estilo Cottagecore?! É tão atraente capaz de fazê-lo se identificar, não é mesmo? Conta pra gente.

Por fim, lembramos que seu comentário e o seu compartilhamento são muito importante pra nós. Então, não deixa de enviar para os amigos. Mas, também não se esqueça de nos seguir nas redes sociais pra sempre ficar por dentro.

 

Por Laila Lopes, Julia H Mattos e Denise Pitta

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes