Fundação Prada: visitamos o local onde a arte encontra a moda

O Fashion Bubbles foi visitar a Fundação Prada. Conheça a história deste importante projeto que une arte e moda e foi criado por Miuccia Prada e Pratrizio Bertelli, seu marido, em um local onde funcionava uma antiga destilaria construída originalmente em 1910

- Continue depois da Publicidade -

A cultura é profundamente útil e necessária, além de enriquecer o nosso dia a dia. Assim sendo, a Fundação Prada tem como missão nos ajudar a compreender as mudanças que ocorrem nos seres humanos e no mundo. Local perfeito para o encontro entre arte e moda!

Dessa forma, o projeto idealizado há mais de 20 anos por Miuccia Prada e seu marido Patrizio Bertelli tem como interesse principal as formas como e as ideias que levam a humanidade a transformar e produzir arte.

As instalações, construídas originalmente em 1910 para abrigar uma destilaria, passaram por diversas reformas. Hoje, o prédio onde funciona a Fundação Prada oferece ao público uma experiência inesquecível. Saiba mais!

 

Espaço de uma beleza estonteante de arte e moda

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Foto de Miuccia Prada e Patrizio Bertelli perto de uma janela de vidro transparente com fundo de telhado e edifício dourado
Miuccia Prada e Patrizio Bertelli, seu marido, nas instalações da Fundação Prada. Fonte: Pinterest news artnet

 

- Continue depois da Publicidade -

  • Aproveite e nos siga no Google News para para saber tudo sobre Moda, Beleza, Famosos, Décor e muito mais. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

 

Assim, o escritório de arquitetura OMA, liderado por Rem Koolhaas, foi responsável pela transformação da antiga destilaria em um espaço moderno. Para isso, foram combinados três novos edifícios. Então, como já é comum na Europa, o prédio antigo foi mantido.

 

- Continue depois da Publicidade -

Foto mostra o corredor de entrada da Fundação Prada com edifícios em tom de prateado e dourado
Fundação Prada em Milão projeto do escritório OMA. Fonte: website escritório OMA

 

 

Dessa maneira, 19.000 metros quadrados se integram e nasce uma nova arquitetura, onde o antigo e o novo se encontram de forma harmoniosa.

 

Foto da fachada da Fundação Prada com paredes em cor de cimento e luminoso em Neon amarelo
Fachada da Fundação Prada em Milão. Fonte: arquivo pessoal Alessandra Janaudis

 

Vale ressaltar que Miuccia Prada é apaixonada por arte, além de ser colecionadora. Assim, em 1993, o seu desejo de mostrá-las ao público se tornou realidade. Foi quando nasceu a Fondazione Prada, isto é, nome em italiano para Fundação Prada.

 

 

Exposição de Domenico Gnoli: arte e moda na Fundação Prada

 

Contudo, além da arquitetura, o viés da moda está sempre presente na Fundação Prada. Aliás, o Fashion Bubbles conferiu a retrospectiva que reúne mais de 100 obras criadas por Domenico Gnoli. O artista nasceu em Roma em 1933 e faleceu em Nova Iorque em 1970. Confira as fotos em seguida:

 

Foto de Obras de Domenico Gnoli , à esquerda Chemisette Verte e a direita Red Dress Collar em exposição na Fundação Prada
Camisa Verde e Gola Vermelha do artista Domenico Gnoli em exposição na Fundação Prada. Fonte: arquivo pessoal Alessandra Janaudis

 

Além das influências da arte pop

 

Com uma pegada de Pop Art, Domenico Gnoli é um artista interessado em como representar tecidos, acabamentos, couros, etc. Isso porque Domenico atuou também como cenógrafo e figurinista.

Em outras palavras, arte e moda se encontram nos padrões e nos detalhes dos acabamentos que nos saltam aos olhos em uma experiência hiper-realista.

Gnoli é reconhecido pelo seu imaginário poético e linguagem expressiva. Por isso, suas obras criam um diálogo com o observador.

 

  • Além disso, leia Seis ensinamentos nada convencionais sobre as tendências

 

foto da esquerda close da parte da frente de uma sapato com fendas mostrando os dedos. Foto da direita 3 quadros de Domenico Gnoli de sapatos pretos
Obras de Domenico Gnoli: close de sapato, assim como visão geral de 3 obras do mesmo artista. Fonte: website Fundação Prada

 

Por exemplo, sapatos de salto alto, fendas que mostram os dedos, imagens ampliadas para que o espectador possa ver os mínimos detalhes de suas obras e dos objetos retratados.

 

Bela inspiração para um catálogo de venda de sapatos!

 

“Sempre utilizo dados e elementos simples, não quero somar ou subtrair nada. Nunca quis deformar: isolo e represento.”  Domenico Gnoli

 

 

De acordo com Mariuccia Casadio, em matéria para a Vogue, nos anos 60 Domenico previu pontos de vista ampliados, closes e recortes. Ou seja, isso deixa sua obra mais atual do que nunca, sublimes detalhes que encantam o espectador, segundo a jornalista.

Nesse sentido, a paixão por detalhes de Gnoli enaltece tecidos, costuras e acessórios.

 

Foto da esquerda obra intitulada Ombro de Domenico Gnoli, foto da direito Obra relógio de Pulso também do artista Domenico Gnoli
Ombro e Relógio de Pulso, ambas obras de Domenico Gnoli. Fonte: arquivo pessoal Alessandra Janaudis

 

Por exemplo, reparem na perfeição da representação da risca de giz e do padrão espinha de peixe. É assim que arte e moda se unem nas obras de Domenico. Com recortes quase fotográficos, o artista convida o espectador a complementar a imagem que ele mostra em recortes.

Por outro lado, além desta belíssima exposição, o café da Fundação Prada, o Bar Luce, também tem história para contar. Saiba mais!

 

  • Enquanto isso, vejaHouse of Gucci’, amor, assassinato e moda. Veja o trailer do filme

 

O Bar Luce é um convite a uma viagem aos anos 50 e 60

 

Imagem da esquerda prateleiras do Bar Luce com balas e sorvetes em tons Candy color, bem como foto da direita imagem geral do Balcão da Fundação Prada em Milão
Bar Luce na Fundação Prada: foto do interior do balcão e foto geral do interior. Fonte: website da Fundação Prada foto de Attilio Maranzano

 

Assim, o bar-café idealizado pelo cineasta norte-americano Wes Anderson tem um clima retrô muito aconchegante, com candy colors e mesinhas que lembram antigas carteiras escolares. Além disso, o clima é muito charmoso, jovem e descontraído.

Wes Anderson, prestigiado diretor de filmes como “A Crônica Francesa” – que conta com um elenco de estrelas premiadas pelo Oscar como Tilda Swinton, Benicio Del Toro, Frances McDormand, Christoph Waltz e Anjelica Huston, além de Bill Murray -, aplica toda sua criatividade para projetar o Bar Luce.

 

Foto da esquerda Wes Anderson norte americano cineastaque projetou o Bar Luce da Fundação Prada. Foto da direita vista lateral do bar Luce com visão de uma pessoa trabalhando com camisa branca
Wes Anderson, idealizador do projeto do Bar Luce. Fonte: Foto Anderson moviepay.it e arquivo pessoal Alessandra Janaudis

 

Tem também um pouco do Brasil na Fundação Prada

 

Então, o  cineasta trouxe para a decoração do Bar Luce a estética quase mágica, que nos faz sentir voltar no tempo, sair da realidade e entrar em um lugar encantado.

Incrível foi descobrir que na combinação de grãos de café servida no Bar Luce tem grão brasileiro! A plaquinha informativa sobre a especialidade da mistura indica a procedência como Brasile, ou seja, Brasil em italiano.

 

  • Confira ainda mais Pantone 2022, saiba como usar a cor do ano na decoração

 

Imagem da esquerda imagem do balção de café do Bar Luce Fundação Prada, imagem da direita jovens no balcão do Bar Luce pedidndo café
Visão do Bar Luce na Fundação Prada, assim como visitantes pedindo café. Fonte: arquivo pessoal Alessandra Janaudis

 

 

O Bar Luce está localizado logo na entrada da Fundação Prada. O teto e as  paredes reproduzem em miniatura o telhado de vidro e as decorações da Galleria Vittorio Emanuele, um dos lugares mais icônicos de Milão.

Desse modo, até o bar-café é palco de inspiração para a moda. Reparem na cartela de cores que vai desde as tonalidades neutras até os tons pastel, paleta muito ligada à estética italiana das décadas de 1950 e 1960.

O Bar Luce tem uma atmosfera nostálgica. Por isso, passar um tempo por lá observando as pessoas é uma experiência incrível.

 

Assim, que tal essa cartela de cores que montamos para vocês?

 

Balcão do Bar Luce na Fundação Prada, com ontagem de cartelas de cores do lado direito tons neutros alaranjados e candy colors
Bar Luce na Fundação Prada. Montagem de Alessandra Janaudis. Fonte: arquivo pessoal Alessandra Janaudis

 

“Quando projetei este bar, minha abordagem era o oposto do que faço para os sets de meus filmes. Tentei criar um lugar para ir cinco vezes por semana. Quando menino, eu queria ser arquiteto, então esta foi a oportunidade perfeita para eu fingir ser um arquiteto!”, contou Wes Anderson.

 

Sem dúvida, Wes Anderson fingiu muito bem e foi genial. É assim mesmo que nos sentimos: dá vontade de voltar todo dia!

Enfim, moda é isso, observações, conexões, cultura e vida real. Esperamos que tenham gostado deste post sobre arte e moda. Portanto, fiquem ligados aqui no Fashion Bubbles e nos próximos posts com novidades direto de Milão.

 

 

Sobre a colunista

 

Alessandra Janaudis é formada em publicidade pela FAAP, pós-graduada em Ciências do Consumo pela ESPM e em Moda e Criação pela Santa Marcelina. Cursou Cool Hunting na Domus Academy de Milão. Hoje mora na Itália e tem um projeto de correspondência de moda para empresas brasileiras, com fotos de vitrines, produtos e tendências diretamente de Milão.

Instagram: @conexaomilano

E-mail de contato [email protected]

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também