Óleo de cravo: 13 razões incríveis para usar esse óleo essencial super terapêutico

O óleo de cravo é considerado uma alternativa natural aos medicamentos em várias situações diferentes

- Continue depois da Publicidade -

O óleo de cravo é muito conhecido devido às suas propriedades e também pelo aroma que são incríveis.

Esse óleo pode ser usado nos cuidados bucais visto que possui efeito antisséptico, além de ser analgésico, anti-inflamatório, antifúngico, bactericida e até afrodisíaco.

Por isso ele é considerado uma alternativa natural aos medicamentos em várias situações diferentes.

Continue acompanhando o conteúdo desse artigo se você quer saber mais sobre o óleo de cravo e as suas incríveis propriedades.

 

Benefícios do óleo essencial de cravo-da-índia

 

- Continue depois da Publicidade -

Mas por que o óleo de cravo é tão benéfico? Veja a seguir quais são as suas principais propriedades.

 

1. Pode ter propriedade antioxidante

 

- Continue depois da Publicidade -

óleo de cravo

 

O óleo de cravo é rico em vitaminas, minerais e também antioxidantes. Esses ativos diminuem o estresse oxidativo, reduzindo assim a probabilidade de o indivíduo desenvolver tumores e outras doenças crônicas.

De acordo com pesquisas, o eugenol combate os radicais livres com eficiência até cinco vezes maior em relação à vitamina E, considerada um dos principais antioxidantes atualmente.

 

- Continue depois da Publicidade -

2. Pode trazer proteção contra tumores

 

Existem várias pesquisas que demonstram que compostos presentes no óleo de cravo diminuem a probabilidade de desenvolvimento de câncer.

Um estudo publicado em 2013 mostrou que o extrato de cravo interrompe o crescimento do tumor e promove a morte das células cancerosas.

Conhece-se o eugenol, antioxidante presente nesse óleo, pela sua propriedade antitumoral.

No entanto, em quantidades mais altas o eugenol apresenta toxicidade aos indivíduos. Por isso, é preciso que estudos mais detalhados sejam realizados para que se tenha a certeza do efeito para a saúde.

 

 

3. Bactericida

 

óleo de cravo

 

O cravo-da-índia possui propriedades antimicrobianas, impedindo assim a proliferação de vários microrganismos, inclusive bactérias.

Um estudo publicado pelo Brazilian Journal of Microbiology explica que o óleo de cravo é eficiente contra vários tipos de bactérias, incluindo E.coli, conhecida por ocasionar diarreia, fadiga e, que pode levar o indivíduo a morte em alguns casos.

Também usa-se essa propriedade antibacteriana na saúde bucal, visto que compostos presentes no óleo de cravo ajudam a diminuir a incidência de gengivite.

Sendo assim, juntamente com outros cuidados essenciais, o óleo de cravo é capaz de proporcionar benefícios incríveis para a sua saúde bucal.

 

  • Confira também: Chá de erva-doce para perda de peso e outras propriedades nutricionais

 

4. Pode ajudar na saúde hepática

 

O óleo de cravo pode beneficiar a saúde hepática, reduzindo a inflamação e o estresse oxidativo, indica uma publicação no Journal of Medicinal Food.

Em animais, já existe comprovação de que esse óleo contribui para a redução do quadro de cirrose hepática e das cicatrizes nesse órgão. No entanto, esse tipo de pesquisa em humanos ainda não tem resultados conclusivos.

O que se sabe até o momento é que a ingestão de suplemento de eugenol durante sete dias ajuda a reduzir os índices de GST, uma importante enzima que age na desintoxicação e, que se altera quando há alguma disfunção hepática.

 

  • Veja também: Maca Peruana: o suplemento vegano que ajuda a trazer energia, libido e fertilidade

 

5. Pode reduzir úlceras estomacais

 

óleo de cravo

 

Pessoas que tenham úlceras estomacais também podem ser beneficiadas pelo óleo de cravo, visto que compostos presentes nele ajudam a diminuir as feridas.

Essas feridas podem se manifestar em vários locais no sistema digestório e, geralmente ocorrem devido a redução da camada protetora da parede dos órgãos. Isso pode ocorrer por fatores genéticos, infecções ou até mesmo por estresse.

Nesse caso, o óleo de cravo contribui positivamente para o aumento da secreção de muco gástrico, ajudando assim a proteger o órgão.

Inclusive, já há pesquisas que demonstram que a eficiência do óleo de cravo é bastante semelhante à dos medicamentos comuns usados com essa mesma finalidade.

 

  • Confira também: Dente-de-leão: um medicamento de fantástico poder de cura

 

6. Pode ter propriedade afrodisíaca

 

Outra propriedade que pode ser associada ao óleo de cravo é a afrodisíaca. Em laboratório, estudos mostraram que o consumo diário de óleo de cravo aumentou consideravelmente o comportamento de acasalamento e aumentou a libido.

Em ratos machos, isso aumentou consideravelmente a atividade sexual. Isso provavelmente se deve a presença de compostos fenólicos e esteroidicos no extrato etanólico.

 

  • Conheça também: Florais de Bach: 38 essências para curar o corpo e a alma

 

7. Pode combater o diabetes

 

óleo de cravo

 

O óleo de cravo possui propriedade hipoglicemiante, sendo assim uma alternativa natural que pode ser usada para complementar o tratamento em pacientes com diabetes leve e pré-diabéticos.

Nesse caso é primordial manter um estilo de vida saudável, associando assim esse óleo a boa alimentação e atividades físicas frequentes.

 

8. O óleo de cravo pode combater o câncer de pele

 

O óleo essencial de cravo é uma excelente alternativa para se evitar o surgimento do melanoma, ou seja, do câncer de pele.

Você também pode gostar!

No entanto, o β-cariofileno e outros compostos podem ser tóxicos para as células humanas. Por isso, não se pode utilizar esse óleo sem orientação médica.

 

  • Veja também: Chá de Sene, amplamente utilizado no tratamento de prisão de ventre

 

9. Pode combater a inflamação

 

óleo de cravo

 

As propriedades anestésicas e anti-inflamatórias do cravo estão entre as mais reconhecidas e altamente comprovadas.

Além disso, sabe-se que esse óleo possui propriedade anestésica. Por isso ele é bastante usado em tratamentos dentários para aplicação local.

O eugenol presente nesse óleo é um anestésico muito eficiente e seguro. Ele é usado com frequência para isso, principalmente por biodegradável e por não irritar a mucosa bucal.

Além disso, em ratos, esse composto foi capaz de diminuir consideravelmente o edema presente nas patas de ratos, com efeito bem semelhante aos fármacos comuns.

O gel fabricado à base de cravo é um dos produtos mais utilizados na odontologia, sendo essa uma opção aos produtos convencionais de benzocaína.

 

10. Pode ser antiviral

 

Como já foi dito, o óleo de cravo possui importantes propriedades antimicrobianas, sendo capaz também de combater vírus.

O extrato etanólico de cravo já se mostrou eficiente inclusive contra o vírus da hepatite C e herpes em camundongos.

Basicamente, foi observado que ele é capaz de romper o envelope viral e, assim impedir a replicação desde o princípio.

 

11. Óleo de cravo pode funcionar como antifúngico

 

cravo da índia

 

Devido à propriedades de polaridade e interação, os óleos são capazes de entrar nas células bem mais rapidamente do que a água, o que aumenta consideravelmente a sua ação.

Diante disso, usa-se o óleo de cravo como uma alternativa para o tratamento de micoses fúngicas.

Usa-se também para tratamento de infecções causadas por Candida albicans, Trichophyton mentagrophytes e Saccharomyces cerevisiae.

No caso de infecções por Aspergillus niger, pode-se utilizar o óleo em dispersores para a inalação.

No entanto, antes de aplicar o óleo de cravo sobre a pele, você deve ter bastante cuidado. Isso porque ele é muito forte e deve sempre ser diluído.

Nesse caso, coloque cinco gotas do óleo de cravo em outro composto chamado de carreador, que pode ser óleo de coco, de uva, ou outro do tipo.

 

12. Óleo de cravo pode ajudar no combate a protozoários

 

Comprovadamente, o protozoário Trypanossoma cruzi, que provoca a Doença de Chagas é sensível a esse óleo, assim como a Leishmania amazonenses que provoca a leishmaniose.

 

13. Pode combater piolhos, sarna e o mosquito da dengue

 

cravo da índia

 

A pediculose é uma doença provocada por piolhos, que tem grande importância para a saúde humana.

Muitos compostos já foram testados para combate a essa praga, mas o uso frequente provoca danos para a saúde das pessoas e, também promove o aumento da resistência.

Diante disso, o óleo de cravo se mostra uma ótima alternativa, que além de ser altamente eficiente, não possui efeitos nocivos para a saúde das pessoas.

Outra propriedade importante desse composto, diz respeito ao poder de repelir o mosquito causador da dengue, quando usado em soluções tópicas de concentrações variáveis entre 10 e 20%.

A sarna humana é mais um problema de saúde pública.

A permetrina é o composto mais usado nesses casos, mas os ácaros já se mostram resistentes a ele.

Sendo assim, o óleo de cravo se mostra uma alternativa bastante eficaz, visto que o eugenol tem efeito positivo contra ácaros.

 

Atenção com a aplicação do óleo de cravo

 

Como você pode ver, o óleo de cravo possui propriedades incríveis, podendo ser usado como uma alternativa natural, simples e bem mais barata do que produtos comuns encontrados nas farmácias.

No entanto, se você deseja usar esse óleo na pele, precisa ter cuidado porque ele é bem forte e pode provocar reações indesejadas.

Para evitar isso, sempre aplique o óleo após tê-lo diluído em um outro óleo, chamado de carreador.

As principais alternativas são:

  • Óleo de coco;
  • De semente de uva;
  • De amêndoas;
  • Óleo de gergelim.

Independentemente do óleo escolhido por você, faça a diluição de cinco gotas do óleo de cravo em uma colher de chá do outro composto.

No caso de uso para a aromaterapia, deve-se seguir as recomendações passadas pelo especialista. Não ultrapasse a quantidade recomendada porque isso pode ser prejudicial para a sua saúde.

O chá de cravo é mais uma alternativa que você pode incluir na sua rotina. No entanto, tenha atenção e consuma a bebida preferivelmente de acordo com a prescrição médica.

 

Conclusão

 

O óleo de cravo possui propriedades medicinais impressionantes e, isso se deve principalmente ao seu principio ativo, o eugenol.

Por fim, apesar de ser tentador usar o óleo para uma série de problemas, faça isso somente com orientação de um profissional de saúde, visto que em excesso o óleo de cravo pode ser prejudicial.

 

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes