Vitamina B12: Benefícios da suplementação para quem possui diabetes tipo 1 e tipo 2

Para pessoas que sofrem com diabetes tipo 1 e tipo 2, a absorção da vitamina B12 pode ser prejudicada ocasionando sérios danos à saúde física e mental. Saiba como prevenir!

0 1.356

- Continue depois da Publicidade -

Na semana do Dia Mundial das Diabetes (14/11) vamos falar sobre a Vitamina B12. Pois, além de uma dieta equilibrada e com baixas quantidades de açúcar, quem sofre de diabetes também deve ter atenção à suplementação dessa vitamina. Visto que, a partir da correta absorção desse nutriente, doenças hematológicas, psíquicas e neurológicas podem ser prevenidas.

Para falar sobre o tema, a Dra Rita de Cássia Salhani Ferrari – médica geriatra formada pela Universidade Federal de São Paulo, Fellowship no Geriatric Medicine Program na University of Pennsylvania. Também  responsável pelo departamento de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Marjan Farma,

Agora, saiba mais sobre esse questão tão importante para a manutenção da saúde!

Vitamina B12 junto ao tratamento da diabetes tipo 1 e tipo 2

O açúcar é tratado como o grande vilão no desenvolvimento da diabetes, no entanto, ele não é o único responsável por desencadear a doença. Uma vez que o excesso de calorias ingeridas, má alimentação, obesidade, sedentarismo e histórico familiar também são fatores de risco para a enfermidade crônica e perigosa.

No mundo, essa doença afeta mais de 463 milhões de pessoas de acordo com International Diabetes Federation. Sendo 16 milhões de brasileiros, segundo dados da Organização Mundial de Saúde, tornando-se um problema grave para a saúde pública. E o principal motivo da diabetes é a produção insuficiente ou má absorção de insulina, hormônio esse que regula a glicose no sangue e também garante a energia para todo o organismo.

Os tipos mais comuns dessa enfermidade são as diabetes tipo 1 e tipo 2. Logo, os efeitos à saúde e principalmente a absorção da vitamina B12 devem ser observados, a fim de estimular o equilíbrio e bem-estar.

A diabetes tipo 1, geralmente é diagnosticada ainda na infância. Nessa modalidade, a glicose fica em alta dosagem no sangue, visto a inexistência da função pancreática interferindo assim, na produção de energia.

Já, a do tipo 2 aparece de forma mais comum na fase adulta, principalmente em decorrência de maus hábitos alimentares. Ela acontece quando o organismo não consegue usar adequadamente a insulina que produz ou não gera a quantidade suficiente para controlar a glicemia, aumentando dessa maneira, a dosagem de açúcar no sangue.

Diante disso, nos dois casos a absorção de vitamina B12 é prejudicada. O que pode causar sérios danos à saúde, equilíbrio e funcionamento do organismo.

vitamina B12
Fonte: Reprodução

Por que pessoas com diabetes precisam de vitamina B12?

A vitamina B12, cuja forma ativa é conhecida como mecobalamina está naturalmente presente em diversos alimentos como peixes, ovos e leite. Contudo, em pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 a absorção desse elemento, mesmo com uma dieta equilibrada, não é feita de forma eficiente.

Igualmente, o processo ocorre somente no intestino delgado e para tal, requer uma glicoproteína produzida pelas células parietais do estômago. Ela é necessária para a absorção da vitamina B12 no íleo terminal, última parte do intestino delgado. Porém, esse correto desempenho não ocorre em decorrência do desacordo da glicose no organismo, gerando assim a diminuição na absorção.

No caso da diabetes tipo 1, como é uma doença autoimune está geralmente associada a outras do mesmo tipo e que podem no conjunto, diminuir a absorção de vitamina B12. Contudo, com o diabetes tipo 2, a falta do nutriente está mais associada ao tratamento à base de metformina.

Isso por que, de acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, esse é um medicamento-chave no tratamento da doença há mais de 60 anos e que, como consequência do seu uso pode reduzir os níveis de absorção da vitamina em 30% dos casos.

Diante disso, essa defasagem de mecobalamina pode causar sérios danos à saúde.

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

teste para diabetes
Fonte: Shutterstock

Danos causados à saúde pela falta de vitamina B12

De forma geral, mesmo em pessoas sem doenças preexistentes, a falta de vitamina B12 no organismo causa sintomas e malefícios como palidez, fadiga, tontura e falta de ar. Porém, em diabéticos os problemas podem ser mais severos, requerendo assim, bastante atenção.

Em casos de diabetes tipo 1 e tipo 2, a baixa quantidade de mecobalamina no organismo pode causar doenças hematológicas, psíquicas e neurológicas graves. Como a anemia megaloblástica e perniciosa, podendo também provocar a demência. Conforme explica a Dra. Rita de Cássia Salhani Ferrari, médica geriatra e responsável pelo núcleo de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Marjan Farma.

Logo, uma advertência para a efetiva solução desses quadros é a demora em descobrir a falta do nutriente no paciente, visto que não há muitos indícios físicos para a percepção.

“A preocupação reside no fato de que essa deficiência pode permanecer assintomática por longos períodos e pode causar danos neurológicos irreversíveis se não for tratada. Assim, é importante pensar na deficiência de B12 em pacientes com diabetes. Já que a falta pode levar a complicações hematológicas, psíquicas e neurológicas graves, como a anemia megaloblástica e até demência”. Explica Dra. Rita de Cássia Salhani Ferrari.

Ainda segundo a especialista. “Tais fatos também reforçam a importância da realização de exames periódicos. Além da ingestão de alimentos que possuem vitamina B12 e sua devida suplementação, seguindo as orientações de um médico responsável pelo acompanhamento e tratamento do paciente”.

diabetes e suplementação com vitamina B12
Fonte: Freepik

Tratamento para a suplementação de vitamina B12

Atualmente, para a suplementação da mecobalamina ou vitamina B12 existem três formas de tratamento, o parenteral, o oral e o sublingual que é uma novidade.

Geralmente, o método parenteral é uma injeção intramuscular que causa dores agudas e por isso leva as pessoas por vezes, à não adesão do tratamento. E além do mais, também pode ser dificultoso em pacientes muito magros ou com distúrbios de coagulação. Tornando-se um tratamento com pouca procura.

Em casos de deficiência leve ou assintomática da vitamina B12, a suplementação oral é uma opção menos agressiva, pois não causa desconfortos. Porém não apresenta muita eficácia para pacientes com alta defasagem, sendo mais indicado somente para aqueles que não apresentam condições de má-absorção.

Por fim, a grande novidade é o tratamento via sublingual de forma ativa. Ele é visto com ânimo pelos pacientes e médicos, pois oferece absorção imediata e alívio diante do quadro de diabetes e falta de mecobalamina. Também promove tranquilidade e agilidade, além de enfatizar que nem todo tratamento médico precisa ser doloroso e incômodo, uma realidade vivenciada ao longo de muitos anos por aqueles que precisam do suplemento.

vitamina B12
Fonte: Reprodução

Assim, para tratar a falta de vitamina B12, uma maneira inovadora e altamente recomendada é a suplementação sublingual. Que segundo médicos especialistas irá oferecer segurança e solução imediata para a prevenção de diversos problemas relacionados a doenças do sangue, cerebrais e até psicológicas em pessoas que sofrem com a diabetes tipo 1 e tipo 2.

Dessa forma, se possui a necessidade de vitamina B12 no organismo, consulte um médico especialista e saiba como proceder. Esse novo método, provavelmente irá contribuir para uma vida mais equilibrada e com mais qualidade.

Leia também sobre como amenizar a ansiedade e tipos de terapias!

Via Imprensa Fabiana Cardoso

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também