Pessoa com celular aberto no ChatGPT.

ChatGPT: o que é, para quê serve e como usar a inteligência artificial

Já pensou em conversar com um robô que fala como se fosse uma pessoa e te dá respostas totalmente originais? É isso que faz o ChatGPT

Compartilhe

A Inteligência Artificial tem tomado cada vez mais espaço no nosso cotidiano, especialmente quando o assunto é otimizar tarefas do dia a dia. Pensando nisso, um grupo chamado OpenAI (Inteligência Artificial Aberta) criou o ChatGPT.

Mas, afinal, o que significa esse termo que está sendo amplamente pesquisado no Google, para quê serve e como usá-lo? A resposta para essas e outras perguntas você verá a seguir:

O que é o ChatGPT?

Basicamente, trata-se de um algoritmo que utiliza inteligência artificial em formato de chat para responder qualquer pergunta feita por um internauta.

Robôs mexendo no notebook usando chatGPT.
Fonte: Canva

Em segundos, o ChatGPT consegue fazer uma ampla busca por milhões de sites até encontrar os dados que precisa para formular uma resposta original e objetiva sobre o que lhe foi perguntado.

O termo ChatGPT signitiva “Generative Pre-Treined Transformer”, ou seja, “Transformador Pré-Treinado Generativo”. A ferramenta foi lançada no final de 2022 e hoje é um dos principais buscadores do mundo.

Além disso, até o momento, o Chat GPT é gratuito e está disponível em português. Porém, uma versão paga já está sendo oferecida aos usuários por U$20 mensais, aproximadamente R$ 100.

Uma das vantagens para quem trabalha com tecnologia é que a inteligência do Chat GPT pode ser integrada a outras plataformas e serviços. Assim, ele promete revolucionar o uso da inteligência artificial.

Mulher falando com a Alexa.
Fonte: Canva

O algoritmo utilizado no Chat GPT foi desenvolvido a partir de machine learning e redes neutrais, que são as principais ferramentas para diálogos virtuais. Desta forma, o objetivo é melhorar a experiência do usuário com assistentes virtuais.

Alguns exemplos de assistentes virtuais amplamente conhecidas são o Google Assistente e a Alexa.

Em consequência, a principal rede neural utilizada pelo Chat GPT é a Transformer, capaz de criar textos a partir de camadas que focam em palavras-chave e conseguem construir um contexto e entender uma série de significados de uma mesma palavra.

  • Aproveite e nos siga no Google News para para saber tudo sobre Moda, Beleza, Famosos, Décor e muito mais. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News!

Como funciona?

Toda informação que é colocada na internet serve de base de dados para o funcionamento do Chat GPT. Sendo assim, quando o usuário faz uma pergunta na plataforma, ele cruza os dados obtidos em sua própria pesquisa para construir uma resposta.

Por outro lado, o diferencial dessa inteligência artificial é a capacidade de criação de algo totalmente original. Por exemplo, se você for ao Google e perguntar sobre uma letra de música que fale sobre Amor, ele te dará resultados já existentes.

Já o Chat GPT é capaz de criar e elaborar sua própria letra de música. Esse exemplo também é aplicado para diferentes segmentos como textos, códigos de programação, receitas, entre outros.

Além disso, por meio de API, o algoritmo usado pode ser integrado em outros aplicativos. Desta forma, o usuário conseguirá por meio do WhatsApp, Microsoft Word ou chatbots de atendimento ter a resposta que procuram sem precisar acessar um outro site.

Como acessar o ChatGPT?

Se você ficou curioso sobre o ChatGPT e já quer começar a usar, confira um passo a passo de como acessar.

Página inicial do ChatGPT.
Fonte: ChatGPT

  1. Clique aqui para acessar o site do ChatGPT.

  2. Na sequência, você será direcionado a uma página de Log In, onde deverá clicar nesse mesmo ícone.

  3. Em quarto lugar, faça Log In utilizando sua conta Google, Microsoft ou criando um nova.

  4. Depois, digite seu nome e sobrenome e clique em “Continuar”. Assim, você estará concordando com os Termos e condições da plataforma.

  5. Digite seu número de telefone e clique em “Send Code”.

  6. Após ter recebido um código como SMS no seu celular, insira no site.

  7. Pronto, agora é só bater um papo com a inteligência artificial do ChatGPT!

Em seguida, assista um tutorial em vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=77iFYN95NeM

Ademais, é importante destacar que devido ao grande número de acessos no site, ele pode sofrer alguma instabilidade. Caso isso aconteça, será exibido um anúncio pedindo para que o usuário volte mais tarde.

Por outro lado, esse problema não acontece com quem paga por esse serviço. Afinal, a plataforma dá prioridade aos planos pagos e eles não sofrem o congestionamento.

Cuidados com a plataforma

Segundo os criadores da plataforma, o ChatGPT está na fase beta, ou seja, em uma fase inicial de experimento. Por isso, as respostas oferecidas podem não ser precisas. Desta forma, as respostas recebidas podem conter erros e não devem ser utilizadas para tomadas de decisão.

Logo da OpenAi, dona do ChatGPT.
Fonte: Canva

Além disso, o sistema deve ser utilizado de forma nociva. Portanto, termos preconceituosos, chulos e estereotipados não são aceitos.

Outra dica importante para quem utilizar o ChatGPT é que a base de dados foi alimentada com informações até 2021. Assim, eventos ocorridos em 2022 ou 2023 ainda não conseguem ser compreendidos pelo algoritmo.

Quem é dono do ChatGPT?

O dono do ChatGPT é a organização OpenAI. Em 2015, ela foi criada sem fins lucrativos para desenvolver essa tecnologia que vemos hoje. Entretanto, recebe aporte financeiro de um grupo de investidores.

Programador com três telas.
Fonte: Canva

No início, Elon Musk, dono do Twitter, Tesla e SpaceX era um dos cofundadores, porém acabou deixando o projeto de lado.

Entretanto, nomes famosos seguem na operação da OpenAI, tais como:

  • Reid Hoffman: cofundador do LinkedIn;
  • Sam Altman;
  • Peter Thiel: cofundador do PayPal;
  • Entre outros.

Conclusão

Por fim, embora seja uma plataforma nociva, o ChatGPT também pode ser utilizado para burlar sistemas como, por exemplo, redigir um trabalho acadêmico sem que haja nenhum tipo de plágio.

Portanto, cabe ao usuário ser responsável pelo conteúdo disponibilizado.

Ademais, compartilhe a novidade com os amigos e comece hoje mesmo a utilizar o sistema e tirar todas as suas dúvidas.

Compartilhe

Newsletter

Inscreva-se em nosso newsletter e receba diretamente em seu e-mail artigos exclusivos, dicas de beleza imperdíveis e as últimas novidades dos reality shows mais badalados. Não perca a chance de estar sempre à frente, conhecendo as tendências e segredos que só os verdadeiros conhecedores do universo fashion e do glamour dos realitys têm acesso!

Não fazemos spam! Leia mais em nossa política de privacidade.


Últimas notícias