Iemanjá: quem é, história e banho para prosperidade

Conheça mais sobre a história do orixá Iemanjá e confira um ritual de prosperidade feito com a sua oração

Fonte: Canvas

Iemanjá protege os humanos contra os perigos do mar e é conhecida pela generosidade com seus filhos. Contudo, há muitos outros fatos sobre ela para desvendar. Continue lendo para descobrir mais sobre sua história, aprenda a fazer um banho para prosperidade e ainda conheça sua oração.

Quem é Iemanjá?

Conhecida como Rainha do Mar, Iemanjá é um dos orixás mais famosos do país e faz parte da umbanda, religião exclusivamente brasileira e que sintetiza diversos elementos vindos das crenças africanas.

No sincretismo, ela está associada à Nossa Senhora da Conceição e à Nossa Senhora dos Navegantes. Afinal, ambas possuem atributos ligados à maternidade, generosidade e proteção de seus filhos, assim como Iemanjá, que além de acalmar e cuidar da vida familiar, protege os filhos contra todos os perigos que o mar oferece.

Fonte: Canva

Além disso, o orixá protege e cuida dos animais e crianças também, pois está ligada à maternidade no sentido amplo da palavra. Iemanjá simboliza o cuidado e o acolhimento que as mães possuem em relação aos filhos.

Sendo assim, ela é lembrada nos terreiros de Umbanda pelo seu canto longo e sua linha com sereias e princesas do mar, mais conhecidas por Janaínas.

Sua imagem é de uma mulher com longos cabelos negros e olhos azuis, sempre usando um belo vestido, também da cor azul, comprido, de mangas largas, com e flores em volta e uma coroa que parece uma estrela. Por fim, as imagens encontradas em lojas variam quanto à cor de sua pele, às vezes branca, às vezes negra.

Related Post

Curiosidades sobre Iemanjá

  • Representantes no sincretismo: Nossa Senhora da Conceição ou Nossa Senhora dos Navegantes;
  • Cor da vela: azul claro;
  • No que auxilia: proteção, tranquilidade, autoestima e criatividade;
  • Oferendas: manjar branco, champanhe branca, almíscar, arroz-doce, canjica crua, água do mar, perfume, fitas azuis e brancas, barco, leque, coroa, pulseiras e conchas;
  • Flores: margarida, rosa branca, palma-branca, orquídea, crisântemo branco e azul, flor de laranjeira;
  • Ervas: alga marinha, anis-estrelado, azaleia, hortênsia, gerânio, malva-branca, pata-de-vaca;
  • Local para oferendas: mar (calunga grande);
  • Dia de Iemanjá: pode ser comemorado 2 de fevereiro (dia de Nossa Senhora dos Navegantes) ou 8 de dezembro (dia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição).

Como são os filhos de Iemanjá?

Fonte: Pexels

Saber se você é filho ou filha de Iemanjá não é tão simples assim. Você pode se identificar com algumas características e até mesmo cultuá-la e jogar rosas brancas no mar na noite de 31 de dezembro. Contudo, ela é um orixá de uma religião mais complexa.

Dessa forma, a Umbanda possui diversos orixás, guias e entidades. E, quando você faz parte desse sagrado, chega na parte de abrir seu ori (cabeça) e descobrir quais divindades mais te acompanham, ou seja, seu pai e sua mãe.

Então, os filhos de Iemanjá são pessoas muito emotivas e carinhosas, que possuem um grande senso maternal, de cuidado e proteção com os que amam. Costumam gostar de assumir a liderança da casa e podem colocar para fora seu lado negativo, cheio de ciúmes e possessão.

Por fim, tendo Iemanjá ou não como mãe, você pode cultuá-la, respeitá-la e fazer oferendas para ela. Desde que faça com fé e compreendendo o que é o orixá.

Banho para prosperidade

Fonte: Pexels

Um banho de ervas com a vibração de Iemanjá pode ser feito com ingredientes relacionados a ela, como champanhe branca, rosa branca ou água do mar, por exemplo. Entretanto, é importante ter cuidado na hora de fazer certas misturas, para que um elemento não anule o outro.

Sendo assim, confira uma receita para pedir calma e prosperidade!

  • Pétalas frescas de uma rosa branca inteira;
  • 20 ml de colônia de alfazema;
  • 2 colheres (sopa) de anis-estrelado.

Como fazer:

  1. Comece fervendo cerca de 2 litros de água;
  2. Assim que começar a borbulhar, adicione o anis-estrelado e a alfazema;
  3. Desligue o fogo, coloque um prato em cima para abafar o banho e espere 5 minutos;
  4. Logo após, coe tudo e adicione as pétalas de rosa branca;
  5. Coloque novamente o prato em cima do banho e espere cerca de 10 minutos;
  6. Tome seu banho de higiene normalmente e se seque por completo;
  7. Então, jogue o banho energético do pescoço para baixo, com as pétalas de rosa dentro, pedindo por prosperidade e tranquilidade em sua vida;
  8. Com isso, se seque de forma leve e vá descansar;
  9. Por fim, descarte as ervas e pétalas em um jardim, se isso for possível.

Para finalizar, você pode acender uma vela palito azul clara e pedir proteção para Iemanjá.

Oração de Iemanjá

Fonte: Pixabay

Oh, Mãezinha Querida!
Que, silenciosamente, abraça todos os filhos.
Mesmo aqueles que se perderam…

Luz da Estrela Azul, a todos compreende.
E, por onde a Senhora segue, as mágoas se dissolvem.
E as coisas das trevas são transformadas em Luz.

Ah, Doce Mãezinha, limpe o coração da gente.
E não nos deixe cair nas garras do orgulho.
E nos fortaleça na Fé – e no discernimento das coisas.

Mentora Preciosa, não permita que nos distanciemos do seu Amor.
Principalmente nos momentos difíceis.
E, quando errarmos, por favor, nos direcione de volta para a Luz.

Senhora dos corações, abençoe nossas viagens espirituais…
E, também, a grande viagem da Vida.
Que, dentro ou fora do corpo, nós sejamos dignos da Luz.

Ah, Linda Mãezinha das Águas, não permita que o mal entre em nós.
E ajude-nos a acender a fogueira do discernimento em nossos corações…
Para queimarmos as nossas tolices e ilusões.

Iemanjá, Rainha das Águas, e nossa Mãezinha Querida.
Obrigado, obrigado, obrigado…
Por tudo.

Paz e Luz

Conclusão

Por fim, fique de olho em nosso canal de Astrologia e Misticismo. Afinal, lá você encontra as características de cada signo, banhos energéticos para preparar em cada época do ano e muito mais!

  • Por fim, veja Ciganos: conheça sua história, lendas e rituais

Posts Relacionados