Anitta cobra responsabilidade do pai de Melody após confusão com música: “Não é bagunça”

Cantora resolveu dar um basta no assunto e explicou como funcionam as negociações para direitos de músicas

- Continue depois da Publicidade -

Na noite desta terça-feira (21), Anitta usou as redes sociais para explicar porque vetou a versão de “Faking Love” lançada por Melody.

A menina apareceu aos prantos em seu perfil no Instagram porque a música foi retirada do ar na segunda-feira (20).

Anitta resolveu esclarecer a confusão e deixou claro que lidar com música é assunto sério. Ademais, a funkeira culpou o pai da adolescente pela confusão. Continue lendo para entender a polêmica!

 

 

Anitta explica o motivo do veto à música

 

Melody e Anitta
Melody e Anitta. Fonte: Reprodução

 

Em sua conta do Twitter, Anitta criticou o pai de Melody, afirmando que música não é bagunça. “Quando eu falo para vocês que essa menina vai ser o próximo ‘kikiki’ do Brasil vocês não acreditam em mim (risos). Mas também quando eu falo que ela precisa deixar eu cuidar da carreira dela, porque o pai não é correto, também não me escutam”, disse ela.

 

“Acabaram de me mandar a versão (ótima) que a Melody fez de ‘Faking Love’. Mas, galera, música não é bagunça e Internet não é terra de ninguém quando se trata da propriedade de terceiros. É automático o algoritmo da minha gravadora derrubar automaticamente qualquer conteúdo postado. Que tenha a minha voz ou imagem e não seja autorizado previamente.”

 

 

Por que a versão de “Faking Love” foi derrubada?

 

Anitta explicou que, por causa de questões contratuais e direitos sobre a música, isso não pode continuar sendo divulgado sem autorização.

 

“Por isso, provavelmente os links subidos com minha voz e imagem caíram. Quanto à versão da música sem a minha voz… essa também precisa de autorização da editora (Sony)… que todo bom empresário sabe que não se faz por meio do Twitter, e sim entre as editoras por e-mails, ligações etc. ‘Faking Love’ tem 11 donos. A autorização deve ser enviada formalmente (não pelo Twitter) para essas 11 (eu liberar a minha parte não significa que as outras pessoas vão liberar). E não tem como liberar”, emendou.

 

Ademais, Anitta deixou claro que adoraria liberar, mas só após receber um pedido formal: “Ser respeitada. Para proteger o direito dos artistas e suas criações. Adorarei liberar a minha parte quando receber um pedido formal. Mas já aviso, para os outros pedidos, que essa tática que foi utilizada não é muito bem vista lá fora nesse tipo de negociação. Mil fake beijos.”

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

 

 

Anitta e Melody, qual é o ‘rolo’?

 

Melody
Fonte: UOL

 

Melody é uma cara conhecida na mídia por postar vídeos cantando. Acontece que, justamente por conta desse fato, Anitta propôs uma administração de sua carreira.

Mas isso só aconteceria quando a jovem estivesse mais velha, com 17 anos ou mais. Atualmente, seu empresário é seu próprio pai, o MC Belinho.

Em fevereiro deste ano, a garota já tinha refletido sobre o assunto: “Não acho que com 17 anos eu vou precisar dela como empresária porque o meu problema agora é mais idade mesmo. Com 17 anos, eu vou estar bem mais à frente”.

 

 

Anitta é “engolida” por crocodilo em Belém do Pará: “fiquei presa”

 

Anitta foi “engolida” por um crocodilo em Belém do Pará. Claro que o, no caso, o crocodilo era mecânico, e fazia parte das alegorias de um clipe.

No entanto, o perrengue não durou por muito tempo. Isso porque a equipe técnica conseguiu resgatar a cantora da boca do animal. Todavia, as imagens viralizaram rapidamente nas redes sociais.

 

“Gente, fiquei presa dentro da boca do crocodilo (risos)”, escreveu Anitta nas redes sociais.

 

Anitta e Pedro Sampaio gravaram também em outras locações de Belém de Para. A cantora, aliás, esteve no mercado municipal “Ver-o-Peso” – um dos pontos turístcos da capital.

Por lá, ela atraiu diversos fãs que foram acompanhar as gravações de perto. A cantora até rodou cenas debaixo de chuva e teve que repetir alguns takes mais de uma vez.

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes