Hipertensão: o que é e quais alimentos ajudam a controlar

Frutas cítricas, tomate e iogurte grego estão entre os alimentos que devem estar presentes na dieta de quem possui hipertensão

- Continue depois da Publicidade -

Pessoas que sofrem de hipertensão ou pressão alta, como também é conhecida, possuem grande chance de desenvolver algum tipo de doença cardíaca. Porém, este é um fator de risco que pode ser evitável de maneira simples: mudando a alimentação.

Por isso, selecionamos um especial com 6 alimentos que ajudam a controlar a hipertensão arterial. Continue lendo!

 

O que é hipertensão?

 

Atualmente, estima-se que cerca de 1 bilhão de pessoas possuam pressão alta em todo o mundo. Segundo estudo, esse diagnóstico é feito após verificar que a pressão arterial sistólica (PAS) está igual ou superior a 130 mm Hg e a pressão arterial diastólica (PAD) está maior que 80 mm Hg.

Muitas pessoas possuem aparelho para medir a pressão em casa. Portanto, para saber identificar esses fatores basta lembrar que a PAS é o número de cima e o PAD, o de baixo.

 

- Continue depois da Publicidade -

  • Siga o Fashion Bubbles no Google News para poder acompanhar tudo sobre Saúde direto no seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

 

Como tratar a hipertensão?

 

- Continue depois da Publicidade -

Na maioria das vezes, o tratamento contra a pressão alta é feito por meio de medicamentos. Sua função, em resumo, é servir como inibidor da enzima que converte a angiotensina. Como resultado, há uma baixa da pressão.

Mas outro tratamento que tem se comprovado bastante eficaz na redução do nível de pressão arterial é a mudança do estilo de vida. Dessa forma, modificar a alimentação é fundamental para quem quer reduzir os riscos de doenças cardíacas.

Seguir uma dieta regrada deve fazer parte do dia a dia de quem tem pressão alta. Independente se a pessoa toma remédio como tratamento ou não. Aliás, uma pesquisa que demonstrou que, ao acrescentar alimentos ricos em magnésio e potássio, os níveis de pressão arterial diminuem.

- Continue depois da Publicidade -

Então, selecionamos os 6 alimentos que possuem comprovação científica de que ajudam no tratamento da hipertensão. Assim, você poderá acrescentá-los sem medo!

 

  • Confira também: Refluxo – o que é, quais os sintomas e tratamentos sem remédio!

 

Alimentos para tratar a hipertensão

 

Café da manhã contra hipertensão.
Fonte: Unsplash

 

Existe uma série de alimentos que podem e devem ser adicionados na dieta de hipertensos. Porém, algumas são muito raras no Brasil e, quando achadas, possuem um preço muito elevado. Por isso, selecionamos os mais comuns, de preço acessível e que são encontrados em todo canto do país.

 

Frutas cítricas

 

Por ser um país tropical, o Brasil é muito rico na variedade de frutas cítricas. Dentre elas, estão a laranja, o limão e a mexerica. Todas são poderosas aliadas no combate a hipertensão. Isso porque são ricas em minerais e vitaminas, que auxiliam a manter o coração saudável.

No Japão, pesquisadores fizeram um estudo com 101 mulheres durante seis meses. Elas deveriam tomar suco de limão diariamente e fazer caminhada. Na ocasião, foi comprovada uma diminuição significativa da PAS.

Além disso, beber suco de toranja ou laranja também ajuda a diminuir a hipertensão. Porém, pessoas que usam medicamentos para baixar a pressão arterial devem consultar um médico antes de adicionar a toranja ou seu suco na dieta.

 

  • Você também pode gostar: Chás energéticos – 6 opções que dão disposição no dia a dia!

 

Tomate

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Mesa com diferentes massas.
Fonte: Unsplash

 

Seguindo na linha das frutas, o tomate também é um excelente aliado no combate à hipertensão. Isso porque o alimento possui grande quantidade de nutrientes como potássio, pigmento carotenoide e licopeno.

Ao mesmo tempo, o licopeno é um importante nutriente que reduz o risco de doenças do coração. Também é possível adicionar à dieta produtos à base de tomate, como o molho, por exemplo.

Por fim, uma revisão utilizou 21 estudos para determinar que o tomate e seus derivados ajudam a manter uma boa pressão arterial. Assim, diminui o risco de morte relacionada a doenças cardíacas.

 

Feijão e lentilha

 

Fibras, potássio e magnésio são nutrientes essenciais para a dieta de quem busca regular a pressão. E todos eles estão presentes no feijão e na lentilha. No entanto, este efeito de regulagem é feita apenas na alimentação de pessoas que possuem o nível de pressão elevado.

Uma revisão científica com mais de 550 pessoas descobriu que as que trocaram outros alimentos por lentilha ou feijão têm o índice de hipertensão reduzidos. É importante destacar que a baixa da PAS foi identificada em pessoas com ou sem hipertensão.

 

 

Cenoura

 

Dois copos de suco de cenoura.
Fonte: Unsplash

 

A cenoura é uma verdura muito consumida no Brasil pela sua facilidade no preparo e pelo preço acessível. Dentre seus benefícios, estão a redução da inflamação, o relaxamento dos vasos sanguíneos e, consequentemente, a diminuição da pressão arterial.

Isso porque esse legume é rico nos seguintes compostos: p-cumárico, áciso cafeico, fenólicos e ácido clorogênico. Outro ponto interessante é em relação ao modo de preparo. Afinal, a forma mais eficaz de garantir esses benefícios é consumir a cenoura crua.

A comprovação foi feita por meio de um estudo envolvendo 2.195 pessoas com idade entre 40 e 59 anos. Depois que consumiram 473ml de suco de cenoura todos os dias durante 3 meses, 17 pessoas tiveram redução de PAS em um pequeno estudo.

 

Iogurte grego

 

Por outro lado, um dos alimentos que auxiliam na diminuição da hipertensão é o iogurte grego. Rico em potássio e cálcio, ele é um dos produtos lácteos que mais faz bem para a saúde.

Assim sendo, uma pesquisa realizada nos Estados Unidos provou que consumir 3 porções de iogurte grego por dia ajuda a reduzir em 13% o risco de hipertensão.

Como resultado, o iogurte é uma excelente opção para adicionar no café da manhã ou da tarde, junto a frutas e cereais.

 

 

Especiarias e ervas

 

Capim-limão, aipo, coentro, ginseng, canela, gengibre, carcadomo e manjericão são algumas das especiarias e ervas que são benéficas à saúde. Embora seus benefícios sejam muito mais populares quando se trata do consumo de chá, elas são importantes no combate a hipertensão mesmo quando utilizadas para dar um sabor extra aos alimentos.

Além disso, ajudam a relaxar os vasos sanguíneos. Como resultado, o sangue passa a fluir de forma mais apropriada até chegar ao coração.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes