Jardim suspenso: como fazer, qual planta colocar e como cuidar

A maior vantagem de investir em um jardim suspenso é que ele deixa a decoração da sua casa mais charmosa, só que sem ocupar muito espaço. Descubra como montar o seu e veja dicas de cuidados!

- Continue depois da Publicidade -

A vida urbana está cada vez mais desconectada da natureza. Só que, com a má distribuição espacial das residências, para muitos a solução mais fácil e adaptável para ter uma horta ou um jardim em casa foi adotar a estratégia de jardim suspenso.

A pandemia da covid-19 também estimulou muito a adoção de espaços verdes dentro das casas. Afinal, a impossibilidade de sair e ter contato com o meio ambiente foi predominante por alguns períodos.

Assim, a melhor alternativa foi investir em jardins verticais, que podem ser usados tanto como parte da decoração, quanto como fonte de temperos e alimentos naturais, sem agrotóxicos.

Uma vez que podem ser instalados em paredes, muros e pilares, eles ocupam pouco espaço. Além disso, demandam materiais simples, muitas vezes recicláveis e encontrados facilmente. Assim, é possível decorar com plantas sem gastar muito.

Para te ajudar na montagem do seu jardim suspenso, a equipe Fashion Bubbles desenvolveu este conteúdo completo. Aqui você encontra tudo de que você precisa saber sobre esse modelo de jardinagem. Acompanhe a leitura e confira!

 

- Continue depois da Publicidade -

O que é um jardim suspenso?

 

jardim suspenso
Fonte: Pinterest

 

- Continue depois da Publicidade -

Como o próprio nome sugere, um jardim suspenso é uma estratégia de jardinagem, seja para decoração ou cultivo de plantas comestíveis, que permite a instalação vertical, ocupando pouco espaço.

Essa modalidade é bem comum e indicada para ambientes com pouco espaço horizontal, como apartamentos, prédios comerciais ou edifícios no geral.

Os jardins verticais, como também são chamados, podem ser instalados tanto nos ambientes externos, quanto internos.

 

- Continue depois da Publicidade -

parede de plantas
Fonte: Pinterest

 

É muito fácil encontrar inspirações e exemplos de jardins suspensos para os mais diversos ambientes. Assim, eles vão desde os modelos mais densos, como as paredes verdes, que ocupam uma extensa área na parede, e também os mais discretos, com apenas alguns vasinhos pequenos.

Então, não existem desculpas caso você queira cultivar seus próprios temperos, flores ou suculentas: adapte na sua casa o jardim suspenso! Em seguida, você verá alguns modelos e ideias de jardim suspenso para se inspirar.

 

 

Quais são os tipos de jardim suspenso?

 

Existem vários tipos de jardim suspenso para se inspirar. Por isso, é essencial apostar no que melhor se adequa às necessidades da sua casa ou apartamento. Logo após, você confere as principais opções. Dessa forma, fica mais fácil escolher a melhor delas e adaptar para a sua realidade!

 

  • Em seguida, confira Parede decorada: 50 ideias para fazer em casa + passo a passo

 

Jardim vertical natural

 

jardim suspenso natural
Jardim vertical natural com samambaias e folhagens. Fonte: Pinterest

 

O jardim vertical natural exige mais cuidados em relação ao processo de irrigação e temperatura. Como resultado, vale a pena investir em vasos bem fechados, principalmente em ambientes internos. Isso porque eles impedem o escoamento da água. Afinal, ter vários vasos pingando nos móveis não parece uma boa opção, não acha?

Outro ponto interessante é se atentar às espécies das plantas escolhidas. Principalmente se você costuma utilizar muita climatização artificial. Desse modo, prefira plantas como jiboia, lírio-da-paz e espada de São Jorge, que são resistentes e adaptáveis a ambientes com constante uso do ar condicionado. 

Para os ambientes externos ou naturalmente ventilados e iluminados, é possível até mesmo escolher cultivar plantas alimentícias. É o caso de legumes, temperos e condimentos, por exemplo. Ainda mais, você pode etiquetar cada um com seu nome.

Hortelã, alface, pimentão, berinjela, manjericão, tomate cereja e salsa são ótimas opções. Esses vegetais não são não só são fáceis de cultivar, como também exigem pouca atenção.

Então, além de ter seu ambiente mais verde e decorado, terá também a possibilidade de consumir alimentos fresquinhos e saudáveis.

 

 

Jardim vertical preservado

 

jardim suspenso preservado
Jardim vertical preservado: plantas naturais com durabilidade de artificiais! Fonte: Pinterest

 

Diferentemente do anterior, o jardim vertical preservado passa por um processo de conservação das plantas naturais. Isso antes da instalação nos ambientes, sejam eles internos ou externos.

Esse procedimento garante que as folhas de cada planta durem por mais tempo, sem precisar de cuidados especiais ou constantes, como irrigação e iluminação. Sem dúvida, algo desejado por todas as mulheres que têm uma rotina corrida!

As plantas preservadas são cuidadosamente tratadas, tingidas e enluvadas com produtos específicos. Dessa maneira, as substâncias são capazes de aumentar sua durabilidade e dispensar manutenções periódicas, tornando-as semelhantes a plantas artificiais.

 

 

Jardim vertical artificial

 

jardim suspenso artificial
Foto: Pinterest | Jardim vertical artificial.

 

A única diferença entre esse modelo de jardim para o anterior é que, neste, as plantas são realmente artificiais. Por isso, não demandam nenhum tipo de cuidado ou manutenção, exceto a limpeza periódica quando as folhas não são à prova de poeira.

Essa é uma opção muito famosa entre as clínicas, universidades e escritórios, uma vez que não necessitam de atenção especial e irrigação, como as naturais.

 

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Jardim vertical musgo Moss

 

musgo moss
Jardim vertical com musgo moss na decoração de uma parede com escada. Fonte: Pinterest

 

Já observou aqueles musgos fofinhos presentes nas árvores? Sabia que eles podem compor seu jardim e criar uma atmosfera super gostosa e contemporânea?

Pois bem, os musgos do tipo Moss podem ser encontrados no estilo preservado para compor jardins, em várias cores, como azul, rosa e vermelho, além do verde tradicional.

Assim como as plantas de um jardim preservado, o musgo Moss passa pelas etapas de conservação. Dessa forma, dispensa cuidados periódicos e possui uma alta durabilidade.

 

 

Jardim vertical externo artificial 

 

horta vertical
Foto: Pinterest | Jardim vertical na área externa, com plantas comestíveis.

 

Para os ambientes externos, uma opção versátil e de excelente custo-benefício é investir em plantas artificiais. Afinal, elas não demandam irrigação nem adubação.

É possível, por exemplo, investir em paredes verdes, colando as plantas artificiais como parte da decoração. Ou ainda apostar em trepadeiras artificiais, entrepostas em treliças de madeira.

Enfim, existe a possibilidade de montar diversos vasinhos com flores artificiais e deixá-los pendurados.

 

 

Onde fazer um jardim suspenso? 

 

jardim vertical
Fonte: Pinterest

 

Agora que você já conhece todas as opções de jardins suspensos, precisa decidir onde instalá-lo na sua casa ou escritório. A verdade é que ele pode ser criado em qualquer ambiente, desde que haja uma parede vazia, sem decoração, para montá-lo.

Porém, uma decisão estratégica e inteligente é evitar paredes em que passam encanamentos e fiações de alta tensão. Afinal, queremos evitar acidentes!

Mas, caso você não tenha uma parede toda disponível para decorar com jardim suspenso, não se preocupe!

É totalmente possível montar jardins verticais mais modestos em ambientes de pouco espaço. Basta aproveitar móveis como prateleiras, estantes, nichos e até mesas — tudo depende apenas da sua criatividade e escolha das plantas ideais.

 

 

Quais plantas usar em um jardim suspenso?

 

vasos de parede
Fonte: Pinterest

 

No decorrer do artigo, já falamos sobre algumas plantas interessantes para serem cultivadas em um jardim suspenso. Ainda assim, existe uma lista enorme de possibilidades:

  • Samambaias;
  • Suculentas e cactos;
  • Jibóias e Espada-de-São-Jorge;
  • Singônios;
  • Colar-de-pérolas e Flor-batom;
  • Orquídeas;
  • Heras;
  • Comigo-ninguém-pode (atenção apenas para deixar fora do alcance de animais e crianças, já que é uma planta venenosa);
  • Barba-de-serpente;
  • Véu-de-noiva;
  • Lambari-roxo;
  • Liríope e muitas outras espécies de plantas pendentes.

 

Escolher suas plantas preferidas é muito fácil, basta verificar se elas são compatíveis com o ambiente, levando em conta luminosidade e ventilação natural.

 

 

Como cuidar de um jardim suspenso?

 

horta vertical
Fonte: Pinterest

 

Com todas essas informações em mente, você já está pronta para cultivar o seu próprio jardim suspenso! Mas como mantê-lo e fazer as manutenções adequadas a longo prazo?

É simples: se você decidiu montar um jardim suspenso natural, suas responsabilidades serão maiores. Isso porque, dependendo da planta, terá que irrigar e oferecer luz solar com frequência, às vezes até 3x na semana ou até mesmo diariamente.

Então, o melhor a fazer nesse caso é pesquisar sobre as plantas que adquiriu e descobrir quais cuidados elas exigem. De fato, é ainda mais prático fazer essa pesquisa antes de comprá-las!

Se acaso você tiver optado por um jardim suspenso artificial ou preservado, saiba que os seus esforços com cuidados e manutenções serão bem menores. Quase nulos!

 

 

Conclusão

 

Todas essas dicas são perfeitas para você que deseja começar a montar o seu próprio jardim suspenso ou vertical. Basta ter atenção em cada etapa e continuar acompanhando o Fashion Bubbles a fim de receber mais dicas sobre decoração com plantas!

Se você gostou do conteúdo, não se esqueça de nos seguir no Google News, para ficar sempre atualizada dos novos conteúdos lançados aqui!

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes