Kefir – O que é, quais os benefícios e como fazer esse probiótico milenar

Com uma versão vegetariana e muitos benefícios para a saúde, o kefir ajuda a melhorar a flora intestinal, além de auxiliar a imunidade. Constituído por bactérias e leveduras probióticas, promove também a saúde geral do organismo. Saiba mais sobre essa bebida poderosa!

1.835

- Continue depois da Publicidade -

O kefir é uma bebida leve e saborosa que vem conquistando um lugar no cardápio daqueles que buscam um estilo de vida simples e saudável. Apesar de ter se tornado mais conhecida nos últimos anos, o fermentado não é exatamente uma novidade.

Entre os principais benefícios, o kefir ajuda com a flora intestinal e auxilia a imunidade. Além de melhorar o trânsito intestinal, isso porque é constituído por bactérias e leveduras probióticas, ou seja, que promovem a saúde geral do organismo.

 

Como o kefir foi descoberto? Breve história do kefir

 

Na verdade, o kefir foi descoberto acidentalmente há milhares de anos por povos nômades que viviam nas montanhas do Cáucaso, entre a Ásia e a Europa. Um belo dia, os viajantes observaram a formação de crostas nas paredes dos recipientes em que carregavam leite.

 

kefir 2
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Ao provarem esse leite, perceberam que havia mudado: o sabor e a consistência estavam diferentes. Observando os efeitos positivos daquela nova bebida na saúde do grupo, deram-lhe o nome de keif, “bem-estar” em eslavo. Com o tempo, a palavra foi mudando para a versão atual. Dessa forma, os fragmentos que se acumulavam no fundo do pote foram chamados grãos de kefir e usados para replicar o processo de fermentação.

 

O que é kefir?

 

O kefir, assim como o kombucha e o kimchi, é um probiótico natural. Ou seja, existe na bebida uma combinação de bactérias e leveduras que vivem em harmonia e promovem benefícios à saúde humana.

No entanto, a composição de micro-organismos varia bastante de um grão para o outro, tendo maior ou menor efeito no organismo. Por isso, pesquisadores alertam para o fato de que não pode haver uma generalização dos valores nutricionais da bebida e de suas benesses.

Como já foi dito, a bebida original era feita de leite. Porém, hoje em dia já foram descobertas combinações de bactérias e leveduras que se reproduzem em água açucarada. Isso é particularmente bom para os vegetarianos, que encontram no kefir de água uma opção de probiótico. Com ele, é possível fazer iogurtes e outras bebidas fermentadas de base vegetal

 

kefir 3
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Quais os benefícios do kefir?

 

Primeiramente, é importante dizer que os benefícios do kefir podem variar em função da enorme quantidade de combinações de bactérias e leveduras em sua composição. Porém, de forma geral, podemos apontar o equilíbrio da microbiota intestinal. As bactérias acido-láticas do kefir harmonizam o ecossistema do intestino. Por isso, seu consumo afasta quadros de diarreia e prisão de ventre.

 

Saúde do coração

 

No entanto, a bebida impacta muito mais o que o intestino. De fato, experiências realizadas pela Universidade de Vila Velha em parceria com a Universidade de Alburn demonstraram que o consumo de kefir por um período de 60 dias leva a uma queda da pressão arterial. Dessa forma, a bebida pode reduzir os riscos de infarto e AVC.

O efeito parece se relacionar a melhorias no desequilíbrio intestinal característico da hipertensão e à redução de quadros inflamatórios do sistema nervoso central. Esses quadros inflamatórios também podem levar a um aumento na pressão arterial. Sendo assim, o kefir impacta os quadros de pressão alta de mais de uma forma.

Porém, isso não é tudo: essa super bebida colabora para a saúde do coração de mais uma forma. Por exemplo, a Universidade de Vila Velha constatou que o consumo e kefir também reduzia a deposição de gorduras nas artérias de camundongos.  Em seres humanos, a bebida impactou os níveis de colesterol e glicemia de indivíduos portadores de síndrome metabólica.

  • Depois veja também os benefícios da Pitaya que também ajuda na saúde do coração e do intestino!
kefir 4
Imagem: Reproução / Pinterest

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Diabetes

 

Enquanto isso, estudos preliminares da Universidade de São Paulo apontam a possibilidade do uso do kefir para o tratamento da diabetes. A redução do stress oxidativo e a manutenção da glicemia causadas pelo probiótico podem ajudar a estabilizar permanentemente a doença.

 

Emagrecimento

 

Os estudos científicos do impacto do consumo de kefir na perda de peso ainda são preliminares. Porém, parecem demonstrar que o probiótico de fato aumenta o gasto de energia.

De qualquer forma, o bom funcionamento intestinal e do organismo de forma geral são fatores para o emagrecimento. Logo, ainda que o kefir não seja uma solução milagrosa, é uma forma segura e saudável de evitar desequilíbrios que favorecem o sobrepeso.

  • Confira ainda o Chá de Carqueja que é diurético, digestivo e também ajuda a emagrecer.
kefir-6
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Como é feito o kefir?

 

Para fazer o kefir, você precisará, inevitavelmente, do grão. No entanto, obtê-lo não é muito difícil. Existem redes e comunidades dedicadas à doação de matrizes de kefir, facilmente encontradas nas redes sociais. Como as bactérias se reproduzem com certa rapidez, pessoas que já tem o kefir separam uma parte excedente dessa produção e repassam para quem está querendo começar, sem qualquer custo.

Após obter uma “muda” e kefir, você terá de mantê-lo em condições adequadas para sua reprodução. Essas condições serão diferentes para o kefir de água e o kefir de leite.

 

kefir 5
Imagem: Reprodução / Instagram @mariushaeckel

 

Como reproduzir o kefir de leite em 5 passos?

 

  1. Para começar, separe 1 litro de leite para cada 100g de kefir.
  2. Em seguida, coloque em um recipiente de vidro os grãos de kefir,.
  3. Deixe o vidro em temperatura ambiente por 24 a 48 horas.
  4. Após, coe o leite fermentado para recuperar os grãos.
  5. Repita o processo.

Reproduzindo kefir de água

 

  1. Primeiramente, você precisará de 3 a 4 colheres de sopa de grãos de kefir de água e 1/4 de xícara de açúcar mascavo para cada 1 litro de água mineral, filtrada ou de coco.
  2. Em um frasco de vidro, misture a água e o açúcar mascavo até diluir bem.
  3. Em seguida, adicione os grãos de kefir e cubra a boca do frasco com um papel toalha, gaze ou voil, prendendo com um elástico para ficar seguro.
  4. Deixe em um local escuro, à temperatura ambiente, para fermentar por 24 a 72 horas.
  5. Quanto mais fermentar, menos doce será a bebida final.
  6. Após, coe os grão e repita o processo.

 

kefir 7
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

O soro do kefir pode ser consumido imediatamente após a fermentação ou mantido na geladeira. No entanto, não se recomenda consumir o soro do fermentado de leite muito tempo após coado. O ideal é bebê-lo dentro de 24 horas. Já o soro da versão de água dura mais e pode ser consumido em até duas semanas, se refrigerado.

O kefir de água, aliás, fica efervescente, o que o torna uma excelente base para refrigerantes e outras bebidas espumantes naturais.

Por fim, saiba mais sobre os alimentos curativos. Além de Ora-pro-nobis: a planta rica em proteínas que você precisa conhecer!

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também