Pitaya e seu poder curativo: benefícios da fruta e 5 receitas deliciosas

Antioxidante, que reforça a imunidade e ainda ajuda a combater diversas doenças, além de saborosa, a pitaya chama a atenção por causa de seu colorido. Saiba como ela pode melhorar a sua saúde e prepare pratos deliciosos com a fruta!

1.141

- Continue depois da Publicidade -

Se você já se deparou com essa fruta no mercado, é possível que tenha estranhado sua casca rosa vibrante, bem como as pontas verdes que saem dela e que se parecem um pouco com escamas. É por causa de sua aparência que a pitaya também é chamada de “fruta do dragão”.

Muito nutritiva e saborosa ela vem ganhando popularidade principalmente entre as pessoas que procuram manter uma dieta saudável. Isso porque é um alimento rico em vitaminas, minerais e fibras, além de ser pouco calórico. Continue lendo e conheça todas as vantagens de consumir a pitaya, além de receitas fáceis de fazer com esse ingrediente!

Gosta de ler a respeito de saúde? Então, veja também nosso artigo sobre o que é Ayurveda, com tudo sobre o sistema de saúde mais antigo do mundo.

O que é pitaya e quais são os diferentes tipos?

A pitaya é uma fruta tropical que nasce em um cacto do gênero Hylocereus. Pode ser encontrada no mundo todo, entretanto é mais popular no sudeste da Ásia e na América Latina. Existem três variedades principais, além de alguns tipos híbridos.

O fruto possui diversos nomes, entre eles, um  nome bastante popular é a “rainha da noite”, por causa de suas flores que se abrem em uma só noite.  Temos ainda a “Fruta do dragão”, ou Dragon Fruit, e se deve às escamas presentes no fruto, que se assemelham com a pele de dragão.

A pitaya com a casca rosa e o interior branco é a mais comum, só que é a de gosto mais ácido. Já a pitaya rosa com polpa vermelha é levemente maior e mais doce do que a anterior, mas um pouco mais difícil de ser encontrada para comprar. Por fim, a variedade mais rara é a de exterior amarelo e interior branco. É também a de sabor mais adocicado.

cacto do gênero Hylocereus
Foto: Pixabay

 

Qual é o sabor da pitaya?

Algumas pessoas afirmam que ela tem um gosto parecido com o do kiwi, outras acham que lembra mais a pera. Se você gosta de qualquer uma dessas frutas, vai amar o sabor delicado da pitaya. Adocicada, levemente ácida e com uma textura que é o meio-termo entre crocante e macia, ela é refrescante e perfeita para consumir em um dia quente.

dois tipos diferentes da fruta do dragão fatiadas
Foto: Pixabay

Quais são os principais benefícios de seu consumo?

 

Agora vamos conhecer todo o poder da pitaya na alimentação. É considerada um excelente alimento curativo, com muitas propriedades benéficas. Veja as principais:

 

6 principais benefícios da Pitaya na Alimentação:

  1. Protege as células do organismo, pois é rica em antioxidantes que ajudam a combater o câncer;
  2. Ajudar na digestão devido à presença de sementes na polpa;
  3. Combate doenças cardiovasculares, pois as sementes contêm ácidos graxos essenciais como os ômega 3;
  4. Regular o intestino pois tem oligossacarídeos, que são fibras que combatem a prisão de ventre;
  5. Regular a pressão arterial, por ser uma fruta bastante rica em água que estimula a produção de urina, reduzindo o acúmulo de líquidos no organismo;
  6. Combate a anemia e osteoporose por conter vitaminas e minerais importantes como ferro, fósforo, vitaminas B, C e E.

 

A pitaya tem alto teor de:

  • Carotenoides, substâncias associadas à redução do risco de câncer;
  • Licopeno, nutriente que pode melhorar a saúde cardíaca;
  • Magnésio, que é essencial para o funcionamento das células;
  • Ferro, mineral importante para o transporte de oxigênio, a síntese de DNA e o metabolismo energético;
  • Elevados níveis de Vitamina C, que te ajuda a absorver o ferro e melhoram a imunidade.

Além disso, a fruta é rica em fibras: 1 xícara (chá) de pitaya fornece cerca de 7 gramas do nutriente. Como resultado, consumi-la facilita o processo digestivo e mantém a saúde intestinal em dia.

 

prato rosa com pitaya branca cortada ao meio
Foto: Pexels

 

Poderoso antioxidante que ajuda a combater Alzheimer e câncer

 

Estudos científicos realizados pela Universidade Federal de Juiz de Fora  (UFJF), na Faculdade de Farmácia, comprovaram a eficiência da proteção cardiovascular e hepática da suplementação de suco de pitaia vermelha em casos de obesidade e também em relação à síndrome metabólica induzida.

Assim, o consumo e a utilização tópica de produtos naturais, contendo compostos antioxidantes, foram relacionados a uma menor incidência de doenças associadas ao estresse oxidativo como Alzheimer, câncer, entre outras, segundo estudos de JUSTUS (2014) e Ramli e colaboradores (2014).

 

Saúde do Intestino e auxílio da Digestão

 

A pitaya tem grandes quantidades de fibra, que ajuda nos movimentos intestinais, facilitando a passagem através do trato digestivo. Logo, essas benfeitorias, ajudam o intestino a funcionar direitinho. Pois, os oligossacáridos presentes na pitaya aumentam a produção de probióticos que ajudam na digestão e no tratamento de infecções intestinais.

A pitaya também possui alto teor de água, que está envolvida em processos vitais no nosso corpo, tais como: digestão, absorção de nutrientes, melhora da filtração renal e hidratação. Além disso, a água presente na fruta é altamente nutritiva, pois possui vitaminas e minerais. (Fonte: Unimed Fortaleza)

 

Combate o colesterol e diabetes

 

As sementes da pitaya são ricas em ácido linoleico (gorduras boas) que é um suave laxante e que reduz os níveis de colesterol total e LDL em humanos, por inibir a absorção do colesterol no intestino.

Enquanto o  óleo de semente de pitaya tem nível elevado de lipídeos funcionais (maior que o da linhaça) e pode ser utilizado como uma nova fonte de óleo essencial. (Saiba mais em estudo abaixo).

Além disso,  consumo de pitaya ajuda a estabilizar os níveis de açúcar no sangue. Ela também auxilia na inibição dos picos de açúcar que acontecem depois de comer alimentos com alto índice glicêmico. Em Taiwan, diabéticos substituem o arroz pela pitaya como fonte de fibras, mostrando o benefício na prevenção de problemas associados à diabetes.

 

Propriedades curativas da Pitaia comprovadas cientificamente

Dando sequência, os  estudos destacam ainda:

Em sua polpa observa-se a presença de beta-caroteno, licopeno e oligossacarídeos não digeríveis com característica prebiótica (WHICHIENCHOT; JATUPORNPIPAT; RASTALL, 2010).

Assim, os oligossacarídeos presentes na pitaia são resistentes ao pH ácido do estômago e parcialmente resistentes a α-amilase e possuem atividade prebiótica. Ou seja, servem de alimento seletivo para os Lactobacilluse as bifidobactérias do intestino (ORTIZ-HERNÁNDEZ; CARRILLO-SALAZAR, 2012).

Enquanto as pequenas sementes pretas distribuídas em sua polpa são constituídas em 50% de ácidos graxos essenciais. Sendo 48% de ácido linoléico (ômega-6) e 1,5% de ácido linolênico (ômega-3).

Já o óleo da semente de pitaia é uma fonte natural de antioxidantes, pois contém metabólitos fenólicos, tocoferóis e esteróis (LIM, et al., 2010; ORTIZ-HERNÁNDEZ; CARRILLO-SALAZAR, 2012).

A existência desses compostos, além dos ácidos graxos insaturados, faz com que o óleo das sementes de pitaia, quando incorporado a cosméticos, ajude a equilibrar o metabolismo da pele, nutrindo-a (KAMAIRUDINet al., 2014).

Estudos também relacionam o óleo da pitaia com suave atividade laxante e hipocolesterolêmica (colesterol total e colesterol de baixa densidade –LDL) (NUNES et al., 2014). ( Universidade Federal de Juiz de Fora  (UFJF))

 

Pitaya emagrece?

A grande vantagem de comer pitaya é que, ao mesmo tempo em que ela é muito nutritiva, é também baixa em calorias. Cada porção de 100g da sua polpa contém apenas 50 calorias. Isso sem contar que a sua alta concentração de fibras permite saciedade e o seu sabor adocicado ajuda a satisfazer a vontade de comer açúcar.

fruta do dragão de casca rosa em fundo verde
Foto: Pexels

Como se come a pitaya?

A dica para comprar a pitaya ideal é apertar de leve a sua superfície. Isso porque ela precisa estar um pouco macia para ser consumida. Se acaso ela estiver muito firme, leve para casa e deixe amadurecer fora da geladeira.

Para comer a fruta, basta cortá-la ao meio com uma faca e, contando com a ajuda de uma colher, separar a polpa da casca. Ela pode ser comida sozinha ou ser usada tanto para fazer sucos, vitaminas e drinks quanto para acompanhar peixes, compor saladas e sobremesas.

Confira, em seguida, 5 receitas para preparar em casa. Você pode utilizar qualquer variedade para fazer esses pratos, mas aposte na pitaya com polpa vermelha para conferir um colorido especial!

mulher segurando duas metades da pitaya vermelha
Foto: Pexels
Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Vitamina proteica tropical

Rendimento: 2 porções

Tempo de preparo: 20 minutos

vitamina rosa com coco ralado e canudo
Foto: Unsplash

Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) de pitaya picada e congelada
  • 1 xícara (chá) de manga picada e congelada
  • 2 bananas picadas e congeladas
  • Suco de ½ limão
  • 1 xícara (chá) de leite de coco caseiro
  • 1 scoop de whey protein ou de proteína isolada de soja
  • Coco ralado para decorar

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes, exceto o coco ralado, em um liquidificador potente e bata até ficar homogêneo. Sirva a vitamina logo após, decorada com coco ralado.

Pudim de chia com sorvete de pitaya

Rendimento: 1 porção

Tempo de preparo: 20 minutos (+ 6h de descanso)

xícara de vidro com pudim de chia e sorvete de pitayas
Foto: Pexels

Ingredientes:

  • 1 garrafinha (200ml) de leite de coco industrializado
  • 2 colheres (sopa) de sementes de chia
  • 5 gotas de essência de baunilha
  • Mel ou melado a gosto para adoçar
  • 1 pitaya picada
  • 2 bananas picadas e congeladas por 2 horas
  • 2 colheres (sopa) de água
  • Mirtilos e folhas de hortelã para decorar

Modo de preparo

Em um pote de vidro com tampa, misture o leite de coco, a chia, a baunilha e o adoçante de sua preferência. Feche e leve para a geladeira por 6 horas. No processador de alimentos, bata metade da pitaya com a banana e a água até ficar homogêneo. Por fim, coloque a pitaya restante em cima do pudim de chia e cubra com o sorvete. Sirva, em seguida, decorado com mirtilos e hortelã.

Smoothie no bowl

Rendimento: 1 porção

Tempo de preparo: 20 minutos

tigela com smoothie rosa e frutas picadas
Foto: Pexels

Ingredientes:

  • 2 xícaras (chá) de pitaya picada e congelada
  • 2 bananas picadas e congeladas
  • ½ xícara (chá) de iogurte grego
  • Frutas e coco ralado para acompanhar

Modo de preparo

No liquidificador, bata a pitaya, a banana e o iogurte. Depois que ficar homogêneo, desligue e transfira para uma tigela funda. Decore com frutas picadas e coco ralado. Sirva em seguida.

Salada com molho de pitaya

Rendimento: 4 porções

Tempo de preparo: 30 minutos

salada de folhas verdes, legumes e frutas com molho rosa
Foto: Pexels

Ingredientes:

  • 1 pitaya picada
  • Suco de 2 limões
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • Sal a gosto
  • 1 maço de agrião
  • ½ xícara (chá) de tomate cereja cortado ao meio
  • 2 rabanetes fatiados
  • 1 pepino cortado no sentido do comprimento
  • 1/3 de xícara (chá) de morango picado
  • ¼ de xícara (chá) de castanha de caju

Modo de preparo

Antes de tudo, prepare o molho batendo a pitaya, o limão, o azeite e sal no liquidificador. Peneire e reserve. Em uma saladeira, misture o agrião, o tomate, o rabanete, o pepino, o morango e a castanha. Sirva a salada, em seguida, regada com o molho.

Sobremesa fit de pitaya

Rendimento: 2 porções

Tempo de preparo: 15 minutos

xícara de vidro com sobremesa fit de granola e pitaya
Foto: Pexels

Ingredientes:

  • 1 pitaya picada
  • 5 morangos picados
  • ½ xícara (chá) de manga picada
  • Suco de ½ limão
  • 1 xícara (chá) de granola
  • ½ xícara (chá) de iogurte natural
  • Folhas de hortelã para decorar

Modo de preparo

Antes de mais nada, misture as frutas picadas com o suco de limão. Reserve. Em segundo lugar, divida a granola em duas taças altas. Por cima, coloque o iogurte e, em seguida, as frutas picadas. Decore com folhas de hortelã e sirva.

Agora que você já conhece os benefícios da pitaya e sabe preparar vários pratos com essa fruta, aproveite para ler mais sobre alimentos saudáveis! Por fim, conheça o poder digestivo do Chá de hortelã, emagreça tomando Chá de carqueja, acelere o metabolismo com Banana verde ou ainda conte com as propriedades antioxidantes da Cúrcuma.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

- Continue depois da Publicidade -