Pacto Brutal: Paula Thomaz pode perder apartamento em briga judicial contra Glória Perez

Paula Thomaz, culpada pelo assassinato de Daniella Perez, trava uma batalha judicial contra Glória Perez e pode perder seu apartamento

Paula Thomaz trava batalha judicial contra Gloria Perez
Compartilhe

A palavra “justiça” tem um forte e complexo significado quando se trata de crimes como o retratado na série documental “Pacto Bruto”, da Max. Afinal, a produção aborda o caso de , filha de Glória Perez que foi assassinada por Guilherme de Pádua e Paula Thomaz, sua esposa na época.

Mais de 30 anos após o crime, uma batalha judicial ainda está em ação. Paula pode perder seu apartamento, penhorado para pagar uma dívida de cerca de R$ 300 mil que tem com Glória Perez. Vamos entender o caso? 

O que aconteceu com Paula Thomaz? 

Paula Thomaz sendo levada pela polícia
Fonte: Divulgação HBO Max

Atualmente, Paula Thomaz é casada com o advogado Sérgio Rodrigues Peixoto e foi justamente ele quem entrou na Justiça para tentar barrar a indenização. Isso porque o valor da dívida já beira os R$ 300 mil e, para que esta seja paga, o apartamento onde o casal mora poderia ser penhorado. 

Paula Thomaz no julgamento do assassinato de Daniella Perez
Paula Thomaz no julgamento do assassinato de Daniella Perez (Fonte: Reprodução)

Além disso, ele alega ainda que Paula já pagou pelo crime. Após o assassinato de Daniella Perez, Paula foi condenada a 18 anos de prisão. Porém, ela cumpriu apenas um sexto de sua pena e foi solta por bom comportamento. 

De acordo com a Justiça, o apartamento do casal é o suficiente para pagar a dívida, proveniente do processo movido por Glória Perez em 2005. O valor engloba uma indenização por danos morais, bem como o reembolso do velório e do enterro de sua filha. 

Até o momento, a Justiça não chegou ao veredicto da batalha judicial. 

Por que Daniella Perez morreu?

Série Pacto Brutal aborda caso Daniella Perez
Fonte: Divulgação HBO Max

A série Pacto Brutal chamou a atenção do público por retratar um dos crimes que mais abalou os brasileiros na década de 1990. Antes do assassinato, cometido por Guilherme de Pádua com a ajuda de Paula Thomaz, Daniella protagonizava a novela “De Corpo e Alma”, ao lado de Pádua. 

Com medo de ser rebaixado e movido também pelo ciúmes de Paula, os dois planejaram o assassinato. No dia 28 de dezembro de 1992, o corpo da jovem atriz foi encontrado em um matagal na Barra da Tijuca. Ela sofreu 18 perfurações e não resistiu aos ferimentos.

Novas informações sobre a batalha judicial devem ser divulgadas em breve, conforme o processo segue os trâmites da Justiça. Para não perder nenhum detalhe, continue de olho no Fashion Bubbles!

Compartilhe

Stories

Matérias Similares