10 erros na hora planejar a cozinha que você deve evitar

Saiba como escolher o piso certo, como melhorara iluminação e a ventilação e muitas outras dicas de como planejar a cozinha sem cometer gafes

  • 241
    Shares

- Continue depois da Publicidade -

Pode parecer fácil, mas planejar a cozinha é uma tarefa para os bons. Isso porque existem vários detalhes como a escolha do piso, a posição das tomadas e iluminação que fazem toda a diferença. Afinal, a beleza é importante mas não é tudo. Por isso, é preciso achar o ponto de equilíbrio com a praticidade a funcionalidade.

Desta forma, reunimos neste artigo 10 erros mais comuns na hora de planejar a cozinha que você não deve cometer.

Ao fim do artigo, selecionamos ainda, vídeos interessantes com os maiores erros cometidos em cozinhas!

 

1. Escolher o piso errado

- Continue depois da Publicidade -

Cozinha estreita.
Cozinha estreita de apartamento. Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Na hora de planejar a cozinha muitas vezes priorizamos o que é bonito e esquecemos da funcionalidade. Porém, é necessário lembrar que a cozinha é um ambiente molhado. Por isso, precisa de um piso certo para evitar acidentes. Afinal, ficamos em constante contato com a água neste ambiente.

- Continue depois da Publicidade -

O indicado, portanto, é apostar em pisos que não sejam tão lisos. Outro ponto que merece atenção é a limpeza. Isso porque, como é muito fácil de sujar, precisa ser limpo com mais frequência. Como resultado, ele também precisa proporcionar essa facilidade. Além disso, alguns tipos de piso não são tão resistentes à água como os de madeira e derivados.

Mas se você já está preocupado com a estética do ambiente, não se preocupe! Hoje em dia o mercado oferece diversas opções de pisos específicos para áreas molhadas.

 

  • Você também pode gostar: Azulejo – aprenda a transformar o revestimento em decoração!

- Continue depois da Publicidade -

2. Não pensar em móveis planejados

Cozinha planejada.
Como planejar uma cozinha pequena. Fonte/; Reprodução/Pinterest

 

Não pensar nos móveis planejados também é um erro bastante comum e muito grave na hora de planejar a cozinha. Principalmente em cozinhas pequena, cada cantinho precisa ser bem aproveitado. E dificilmente você encontrará um armário pré-fabricado que se encaixa perfeitamente ao espaço que você tem disponível.

Como resultado, os móveis planejados servem também como otimizadores de espaço. Além disso, garantem uma estética muito mais clean ao ambiente bem como sua organização e sensação de amplitude.

 

  • Aproveite e nos siga no Google News para para saber tudo sobre Moda, Beleza, Famosos, Décor e muito mais. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

3. Não investir em uma boa iluminação

Balcão com fogão.
Balcão com luminárias suspensas. Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Você sabia que a iluminação de um cômodo é capaz de tornar a funcional? Uma cozinha escura pode causar diversos prejuízos tanto na preparação dos alimentos como também com desconforto. Em primeiro lugar, o ideal é apostar na iluminação natural. Afinal, quanto mais janelas, mais claro é o cômodo.

Por outro lado, existem projetos que não possibilitam isso. Então, a alternativa é apostar em um conjunto de iluminações. Por exemplo, ter uma iluminação geral feita com spots de luz embutidos. Além disso, é importante ter alguns focos em locais mais importantes e que merecem maior claridade como o balcão, a pia e o fogão.

A iluminação também pode e deve estar inclusa no plano decorativo. Afinal, uma luminária bonita ou um lustre pode ser dar um toque super sofisticado ao ambiente.

 

4. Não planejar a cozinha em triângulo

Desenhos de projetos.
Seis modelos para planejar a cozinha. Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Na arquitetura, existe um layout a ser seguido ao planejar a cozinha que deve ser levado em consideração. Basicamente, ele é formado por um triângulo que liga a pia, o fogão e a geladeira. Afinal, este são os três itens mais utilizados neste cômodo.

O intuito é manter uma boa circulação entre essas áreas. Assim, o ambiente também ficará muito mais organizado e fácil de utilizar. Essa ligação entre alimento, preparo e cocção vale para qualquer tipo de cozinha, independente do tamanho.

Além disso, o projeto em triângulo facilita também quando há mais de uma pessoa cozinhando. Desta forma, um não ficará esbarrando no outro o tempo todo.

Por outro lado, se você mora em um apartamento e já está preocupada com este planejamento, não se preocupe. Se colocados na ordem certa, é possível ter um bom aproveitamento da cozinha e torná-la funcional.

Como resultado, você precisará colocar primeiro a geladeira, depois a pia no meio e, por fim, o fogão.

 

 

 

5. Ter poucas tomadas

 

Tomada com USB.
Tendência de tomada escondida para bancada. Fonte: Reprodução/Pinterest

Ter uma equipe formada por um engenheiro e um arquiteto é primordial para planejar a cozinha perfeita. Principalmente ao pensar no circuito elétrico do ambiente, avaliar onde ficará cada eletrodoméstico é muito importante. Porém, não basta fazer a tomada para o fogão, a geladeira e o microondas, só.

Existem diversos outros itens que também precisam de tomadas, embora não sejam usados em todas as refeições. Por exemplo, o liquidificador, a batedeira e a airfryer. Além disso, a posição importa bastante. Afinal, não adianta ter várias tomadas se ao planejar o armário elas ficarão cobertas, não é mesmo?

 

  • Que tal ter sua própria horta na cozinha? Confira nosso artigo com temperos e hortaliças!
Você também pode gostar!

6. Não organizar as gavetas

 

Gaveta de talheres.
Planejar a cozinha com gavetas com divisórias. Fonte: Reprodução/Pinterest

E já que estávamos falando de armários, precisamos dar atenção às gavetas. Uma cozinha organizada precisa ter cada coisa em seu decido lugar de modo que os moradores possam achar o que procuram de forma rápida e eficiente, certo?

Desta forma, uma maneira simples de começar essa organização é apostando nas gavetas. Afinal, as divisórias facilitarão sua vida. Isso porque até achar uma colher misturada com todos os outros talheres a sopa já esfriou, não é mesmo?

Existem empresas de móveis planejados que você já pode solicitar a divisória embutida nas gavetas. Porém, é importante já saber qual das gavetas é o melhor lugar para eles.

Por outro lado, em lojas de 1,99 também possuem organizadores com preços acessíveis. E se você gosta de fazer tudo com as próprias mãos, é possível reaproveitar alguns potes em cada e fazer essas divisórias.

 

  • Bagunça? Saiba como acabar com ela usando a decoração!

7. Não pensar na ventilação

 

Planejar a cozinha com exaustor.
Cozinha americana com exaustor na ilha. Fonte: Reprodução/Pinterest

Já pensou se você frita um peixe e o cheiro chega lá no seu quarto? Para que isso não aconteça é necessário planejar a cozinha com uma boa ventilação. Para isso, coloque o fogão próximo a uma janela. Porém, se não for possível, invista em um exaustor.

Esta segunda opção é requisito quase obrigatório para quem tem uma cozinha com ilha, onde o fogão fica longe da saída de ar.

 

  • Em seguida, veja também: 6 itens que dificultam a organização da casa e que você precisa se livrar!

8. Esquecer a bancada

 

Cozinha espaçosa.
Cozinha com cristaleira e banquetas. Fonte: Reprodução/Pinterest

A bancada tem sito um item cada vez mais comum na cozinha, e não é por acaso. Esse recurso facilita a preparação de alimentos pelo espaço disponível. Além disso, vira uma área de socialização enquanto os convidados estão te acompanhando enquanto você prepara a refeição.

Para isso, é necessário investir em banquetas altas. Em alguns casos a bancada também é utilizada como uma extensão da cozinha. Desta forma, ganha um fogão ou a pia.

Para decorar, aposte em um cantinho do café, um bar em casa junto com uma iluminação que combine com o estilo da decoração.

 

9. Não ter prateleiras

 

Planejar a cozinha com prateleiras.
Cozinha estilo vintage. Fonte: Reprodução/Pinterest

Se você tem uma vida corrida, aposto que precisa de tudo na palma da mão o mais rápido possível, inclusive na cozinha. Por isso, as prateleiras são tão importantes. Assim, você não precisa abrir porta por porta no armário para achar o item que você precisa. Isso porque estará tudo a mostra.

Além disso, prateleiras servem para expor itens decorativos que você mais gosta. Por exemplo, xícaras, taças e pratos. Como resultado, você terá uma cozinha otimizada, prática e decorada!

 

 

10. Não pedir ajuda a um profissional

 

Nicho embutido no balcão.
Cozinha de luxo. Fonte: Reprodução/Pinterest

 

Os profissionais de engenharia, arquitetura e design de interiores possuem uma vasta experiência de como planejar a cozinha e fazer reformas. Por isso, eles sempre terão dicas incríveis para dar e oferecer uma boa qualidade no serviço.

Se você tem medo do preço cobrado, peça indicações de amigos e busque referências. Afinal, nem sempre pagar mais barato é um bom negócio. Para evitar qualquer problema, é importante que você exponha todas as suas necessidades e também verifique trabalhos já realizados por estes profissionais. Uma boa ferramenta para ajudá-la nesta missão é buscar nas redes sociais.

Desta forma, não abra mão da ajuda profissional!

 

11. Azulejo 3D ou revestimento com textura na cozinha

 

Aqui, não é propriamente um erro, mas um alerta, que vem dando o que falar nas redes sociais. Apesar de lindos, existem muitas reclamações na Internet, quanto a questão da limpeza dos azulejos 3D e revestimentos com texturas na cozinha.

É que são muito mais difíceis de limpar, já que  podem grudar sujeiras e gordura, o que exigirá um trabalho maior na hora da faxina!

Entretanto, você encontra muitos vídeos no Youtube com dicas para estes casos.

 

Por vim veja mais alguns vídeos com erros cometidos em cozinhas!

 

  • 241
    Shares

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes