10 chás para tosse: receitas caseiras para acalmar a garganta

Veja quais ervas são expectorantes e ajudam a expulsar bactérias causadoras de problemas respiratórios nesse especial de chás para tosse

Fonte: Canva

Portanto, separamos dez com benefícios comprovados por meio de estudos científicos e que são excelentes para diminuir a tosse.

Afinal, ninguém consegue trabalhar e tampouco dormir com esse incômodo, não é mesmo?

Que chá é bom para tosse?

Fonte: Canva

Os chás apresentados nesta matéria são feitos com ervas e produtos naturais que podem ser encontrados em qualquer supermercado ou loja de produtos naturais. A principal função buscada nos ingredientes é o poder expectorante, que é essencial para tirar todo o catarro acumulado. 

1. Chá de eucalipto

Fonte: Canva

Related Post

A folha do eucalipto é um remédio natural potente no tratamento de problemas respiratórios. Por isso, esse é um dos chás para tosse mais conhecidos popularmente. 

Estudos apontam que a planta possui propriedades que impedem o desenvolvimento dos microorganismos causadores da inflamação na garganta. Como resultado, a infusão é anti-inflamatória e expectorante. 

Modo de preparo: para fazer um litro de , é necessário colocar para ferver um litro de água com uma colher de sopa cheia de folhas secas de eucalipto. Em seguida, basta desligar o fogo e deixar a bebida esfriar por 10 minutos. 

2. Chá de tomilho 

Fonte: Canva

Embora muitas pessoas utilizem o tomilho como tempero nas receitas, ele também é um remédio poderoso contra a tosse. 

Modo de preparo: acrescente uma colher de sopa de tomilho em um litro e água fervendo. Em seguida, basta desligar o fogo e deixar a bebida esfriar por 10 minutos. 

3. Chá de limão com canela e cravo-da-índia

Fonte: Canva

O chá de limão também é bastante conhecido entre os chás para tosse. Afinal, a fruta cítrica atua na prevenção de resfriados e gripes graças às suas propriedades que fortalecem o sistema imunológico. 

De acordo com estudos, a canela e o cravo ajudam a eliminar a bactéria causadora da tosse. Por isso, a combinação de todos os ingredientes oferece ação expectorante, fortalecedora do sistema imunológico e calmante, o que favorece a diminuição da tosse. 

4. Chá de gengibre com limão 

Fonte: Canva

Além disso, o limão, como já vimos anteriormente, é um remédio natural potente para fortalecer o sistema imunológico. Como resultado, a junção dos ingredientes é fundamental para acabar de vez com o incômodo na garganta. 

Modo de preparo: acrescente meio limão fatiado e uma fatia de um centímetro de gengibre em um litro de água fervendo. Em seguida, basta desligar o fogo e deixar a bebida esfriar por 10 minutos. 

5. Chá de urtiga

Fonte: Canva

A tosse alérgica é um problema bastante comum no Brasil, especialmente nas regiões mais secas. Um estudo desenvolvido em Portugal apontou que um remédio natural para diminuir a tosse é o chá de urtiga. 

Basicamente, trata-se de uma planta medicinal que é eficaz no tratamento de tosse seca. Esse também é um dos chás para tosse com propriedade anti-histamínica, ou seja, ajuda em casos de alergia. 

6. Chá de alho

Fonte: Canva

Isso porque ele possui alicina, um composto que combate germes e bactérias que causam o incômodo na garganta. Além disso, para aliviar o sabor, aposte em especiarias.

Modo de preparo: acrescente dois dentes de alho para um litro de água fervendo. Em seguida, basta desligar o fogo e deixar a bebida esfriar por 10 minutos. 

7. Chá de alcaçuz

Fonte: Canva

Se a sua tosse é com catarro, é melhor investir em um chá que seja expectorante. Neste caso, a raiz de alcaçuz é a melhor opção.

Afinal, além de expectorante, ela também possui uma substância chamada glicirrizina, que é capaz de diminuir a irritação na garganta devido a sua capacidade sedativa da mucosa.

8. Chá de amor-perfeito

Fonte: Canva

Por isso, é muito utilizada para diminuir a tosse seca. Além disso, a infusão é excelente para fortalecer o sistema imunológico.

Modo de preparo: adicione três colheres de chá de amor-perfeito seco para um litro de água fervendo. Em seguida, basta desligar o fogo e deixar a bebida esfriar por 10 minutos. 

9. Chá de hortelã

Fonte: Canva

Segundo pesquisadores, o hortelã possui propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas. Por isso, previne e diminui a inflamação respiratória e a tosse.

Esse benefício é garantido por meio do mentol, que é capaz de quebrar o muco e facilitar a expectoração. Além disso, o cheiro da erva é descongestionante.

10. Chá de alecrim

Fonte: Canva

Como resultado, é uma bebida poderosa no tratamento de bronquite e amigdalite, que provocam a tosse.

Modo de preparo: adicione quatro colheres de folhas de alecrim para um litro de água fervendo. Em seguida, basta desligar o fogo e deixar a bebida esfriar por 10 minutos. 

Como adoçar os chás?

A melhor alternativa para adoçar os chás apresentados é utilizar o mel. Além de ser um produto natural, ele possui ação expectorante. Como resultado, também é eficaz contra a tosse. 

Cuidado com as contraindicações

Todos os chás apresentados possuem algumas contraindicações, especialmente para grávidas e crianças. Por isso, antes de acrescentar os chás para tosse ao cardápio diário, consulte um médico ou nutricionista.

  • Você também pode gostar Chá de alho: quais são os benefícios, contraindicações e receita

O que fazer para parar de tossir?

Fonte: Canva

Além do consumo dos chás indicados, uma dica essencial para aliviar o sintoma é o consumo de água. Afinal, a bebida ajuda a limpar o canal onde as secreções se acumulam. Por consequência, elas acabam saindo mais fácil, o que melhora a dor de garganta e diminui a tosse. 

É importante destacar que, ao perceber esse ou outros sintomas que podem acompanhar a tosse, como dificuldade respiratória e febre, um médico precisa ser consultado. Logo depois, ele poderá indicar qual o melhor tipo de tratamento. 

Conclusão – chás para tosse 

Por fim, vimos que existem várias receitas de chás para tosse que são de fato eficazes e provadas por meio de estudos científicos. Portanto, adicioná-los no cardápio do dia a dia, mesmo que o sintoma já tenha ido embora, é uma medida eficaz também na prevenção de gripes e resfriados. 

Entretanto, vale destacar que o uso dos chás indicados nesta matéria não substitui medicamentos receitados por um profissional da . Portanto, vale relembrar que consultar um médico ao perceber o sintoma é essencial para iniciar um tratamento adequado. 

Diana Diniz: Diana Diniz é jornalista apaixonada por novas experiências. Possui uma bagagem de conhecimento adquirido na Universidade do Algarve, em Portugal. Através do MBA em Marketing Digital e Especialização em Saúde pôde se aperfeiçoar na redação de artigos para blogs com embasamento científico e unir a experiência da profissão com sua paixão: a escrita.
Posts Relacionados