Kamala Harris: entenda a recente polêmica sobre a capa da Vogue

Na sua próxima edição, a revista tem sido acusada de clarear a pele e desvalorizar a recém-eleita vice-presidente dos Estados Unidos.

- Continue depois da Publicidade -

Recém-eleita vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris foi escolhida como a protagonista da edição de fevereiro da Revista Vogue americana.

Entretanto, em um princípio de ano conturbado, onde o tema do racismo e a atual confusão no cenário político americano ainda estão “a flor da pele”, a capa da Vogue, publicada no Instagram da revista no fim de semana passado, deu o que falar.

A polêmica em torno do tema? Antes de mais nada, muitos acusam que as fotos escolhidas pela revista estão confusas, além de negligentemente desvalorizar e “embranquecer” Harris.

 

A Vogue e a polêmica com Kamala Harris

 

Segundo o The Washington Post, “a capa não fez jus a Kamala D. Harris. Era demasiadamente familiar.” Na foto, publicada no último final de semana, Harris foi registrada vestindo uma jaqueta preta de Donald Deal, calças justas escuras, tênis Converse – que são a sua marca – e um colar com pérolas. A escolha das roupas e do estilo teriam ficado a cargo dela própria.

- Continue depois da Publicidade -

  • Entenda mais sobre o modo de vestir da vice-presidente:  O estilo de Kamala Harris – Looks empoderados e acessíveis com um toque despojado.

 

Capa da Vogue com Kamala Harris para a edição impressa de fevereiro. Fonte:
Capa da Vogue com Kamala Harris para a edição impressa de fevereiro de 2021. Fonte: Instagram @voguemagazine.

 

- Continue depois da Publicidade -

Afinal, a revista errou na escolha da foto?

 

Posto que a vitória de Kamala Harris na última eleição presidencial foi um feito histórico, muitos veículos de informação e seguidores se posicionaram decepcionados com a escolha da revista. Desde o seu ponto de vista, a fotografia não passa a seriedade e a importância da posição assumida por Harris.

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Nesse sentido, o The New York Times criticou que “A Sra. Harris pode ser autêntica e acessível, mas também está prestes a tornar-se a segunda pessoa mais poderosa do país.” Ainda segundo o jornal:  “A foto selecionada é determinadamente vulgar. Um pouco bagunçada. A iluminação é desfavorecedora. O efeito é muito não-Vogue.”

 

- Continue depois da Publicidade -

A segunda versão é a mais apropriada?

 

Capa da Vogue com Kamala Harris para a edição digital de fevereiro de 2020
Capa da Vogue com Kamala Harris para a edição digital de fevereiro de 2021. Fonte: Instagram @voguemagazine.

 

A segunda foto publicada passa uma imagem muito mais formal. Contudo, aqui a questão da iluminação também deixou a desejar. Segundo comentários no Instagram da revista, a luz fez com que a pele de Kamala Harris, cuja mãe é indiana e o pai jamaicano, parecesse mais branca do que é, descaracterizando-a como afro-americana.

Com a reação negativa, Anna Wintour, editora-chefe da revista, decidiu fazer uma declaração ao podcast Sway do The New York Times (12/01). À entrevista, que já estava gravada, foi adicionado o seguinte comentário de Wintour: “Obviamente, ouvimos e entendemos a reação à capa impressa e só quero reiterar que não era a nossa intenção, de forma alguma, diminuir a importância da incrível vitória da vice-presidente eleita”.

Assim, segundo a editora, a ideia da revista foi passar uma imagem muito menos formal, mais acessível e real, que entendiam ser a campanha Biden-Harris.

Bom, a justificativa parece não ter sido suficiente, e a publicação continua a dar o que falar. Com efeito, a equipe de Kamala Harris parece ter ficado surpresa com a escolha. Afinal, a expectativa era que a revista usasse a foto mais formal na sua versão física.

Nesse meio tempo, Kamala Harris não fez nenhuma manifestação sobre o tema.

 

Por Mariana Boscariol.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes