Ideias de Negócios – 10 modelos para investir agora

Assim como datilógrafos e telefonistas perderam seu espaço no mercado, todos nós corremos o risco de perder nosso emprego para a tecnologia. Quer saber como evitar isso? Então, confira as 10 ideias de negócios para você investir em 2021.

- Continue depois da Publicidade -

As ideias de negócios para investir em 2021 refletem muito as mudanças que os consumidores estão enfrentando durante a pandemia da covid-19.

O comércio mudou e muitos negócios, antes estabilizados, estão instáveis. É preciso pensar muito antes de investir em qualquer ramo, já que a segurança financeira no Brasil não é uma realidade.

Nesse sentido, trouxemos as 10 melhores ideias de negócios para investir em 2021. Confira a seguir!

O futuro dos negócios na pandemia 

Imagem do futuro dos negócios na pandemia.
Fonte: Imagem do acervo do site Canva.

- Continue depois da Publicidade -

A pandemia mudou muito o mercado brasileiro, onde negócios que pareciam totalmente estáveis acabaram perdendo força devido ao isolamento social. 

Foi necessária muita criatividade para se manter estabilizado no mercado.

- Continue depois da Publicidade -

Por outro lado, negócios antes pequenos e ou com pouca relevância, ganharam o mundo graças a nova onda de empreendimentos digitais.

Há muitas ideias de negócios para investir em 2021. Por isso, saiba quais são para não se investir em mercados saturados ou com pouca viabilidade digital.

Como escolher um negócio para investir?

- Continue depois da Publicidade -

Imagem sobre como escolher um negócio para investir.
Fonte: Imagem do acervo do site Canva.

Escolher ideias de negócios para investir pode não ser tão simples quanto parece.

Primeiramente, é preciso considerar uma série de fatores que irão influenciar no sucesso.

Por exemplo, a disponibilidade do público para comprar o que você tem a oferecer, sua aptidão para desenvolver o negócio e o custo-benefício relacionado.

Assim, a escolha de um negócio não deve ser pautada apenas no desejo de investir em determinado ramo. Para isso, precisa planejar um plano de negócios completo para executar a ideia assertivamente.

Para te ajudar nessa missão, separamos  7 passos para identificar se sua ideia é realmente promissora.

Elaborando um plano de negócio para investir em 2021

Plano de negócios.
Fonte: Imagem do acervo do site Canva.

Para elaborar um plano de negócios, não basta se apoiar nas tendências do mercado. Aqui, você precisa ter uma estratégia antes de agir e calcular cada passo antes de, efetivamente, gastar seu dinheiro.

Confira os 7 passos a seguir:

  • 1: faça uma pesquisa de mercado para entender as oportunidades, ameaças, confirmar se sua ideia é interessante para seu público-alvo e se oferece soluções efetivas para os seus problemas;
  • 2: analise seus concorrentes e defina um diferencial competitivo no momento de se posicionar;
  • 3: analise a disponibilidade dos fornecedores para atender suas demandas.
  • 4: reúna diferentes opiniões para saber se está indo no caminho certo. Além disso, não se esqueça de projetar cenários bons e ruins para saber como lidar com ambos;
  • 5: faça testes para garantir que sua ideia é viável e realizável;
  • 6: mensure os resultados do seu teste por meio de métricas e pense como pode ajustar os itens insatisfatórios;
  • 7: defina sua versão final do negócio e faça muito sucesso.

10 ideias de negócios para investir em 2021

1- Loja virtual 

Imagem de uma loja virtual.
Fonte: Imagem do acervo do site Canva.

A loja virtual é um das melhores ideias de empreendimento atual.

Só no Brasil, o e-commerce movimentou R$ 94 bilhões durante a pandemia, o que mostra que os usuários estão dispostos a comprar virtualmente mesmo quando o isolamento passar. 

Esse é um mercado que tem uma tendência muito forte a continuar crescendo ao longo dos anos, principalmente com a mudança do cenário econômico na pandemia. 

Mesmo que a concorrência seja alta, ainda há muito espaço para as lojas virtuais.

Mas, o que vender na internet?

O mercado digital é extremamente amplo, por isso você pode começar vendendo produtos que gosta, por exemplo, óculos, relógios, roupas, itens de decoração, entre outros.

Uma das maiores vantagens de criar uma loja virtual é o alto alcance e o baixo investimento. As hospedagens em plataformas oferecem poucos custos e há vários layouts prontos para utilizar.

Além disso, para começar não é preciso ter uma grande equipe, apenas o próprio dono ou dois funcionários são o suficiente.

2- Gerenciamento de mídias sociais 

Imagem de uma Analista de Mídias Sociais
Fonte: Imagem do acervo do site Canva.

Atualmente, as redes sociais são fonte de renda para milhões de pessoas pelo país a fora. Com elas, é possível ter um enorme alcance de público para entretenimento, publicidade ou venda de produtos.

Com tantas pessoas e empresas atuando diariamente nas redes sociais, surgiu uma nova profissão, a gestão de mídias sociais. Em suma, esse trabalho está relacionado ao marketing digital e comunicação.

Para fazer uma boa gestão de mídias sociais, o profissional precisa dominar as linguagens utilizadas nas principais redes sociais, por exemplo, o Facebook, Instagram, Twitter ou Tik Tok.

O domínio do marketing também é interessante para desenvolver esse tipo de negócio.

Pois, para que o gerenciamento dê resultados, o Analista de Mídias Sociais precisa conhecer bem sobre planejamento, execução e avaliação de resultados.

Caso tenha interesse na área, mas não conhece a parte teórica, há diversos cursos online que podem ajudar o profissional iniciante no momento de iniciar sua jornada como gestor de mídias sociais.

3- Marketing Digital 

Imagem de uma Landing Page produzida através do marketing digital.
Fonte: Imagem do acervo do site Canva.

O marketing digital é um dos grandes segredos para quem trabalha com a internet. Ele está presente em praticamente todas as empresas, desde pequenas até multinacionais

De fato, esse é um negócio muito lucrativo e com pouco risco. Afinal, estamos na era digital, onde tudo é compartilhado e se torna virtual. 

Para trabalhar com marketing digital não é preciso grande investimento financeiro, apenas pessoal, através de capacitações, cursos e investimentos em ferramentas de automação. 

Há uma infinidade de cursos online para aprender sobre marketing digital e esse é com toda certeza um dos principais negócios para investir em 2021.

4- Venda de produtos vegetarianos e veganos 

Imagem de um negócio de produtos veganos.
Fonte: Imagem do acervo do site Canva.

O mercado de produtos vegetarianos e veganos cresceu muito ao longo dos últimos anos.

Em números, uma pesquisa do Ibope registrou que 14% da população brasileira já se declarava vegana ou  vegetariana, o que, inicialmente, pode parecer pouco, mas já representa 30 milhões de pessoas.

E não é de hoje que se houve falar da escassez de produtos de qualidade e acessíveis no mercado vegan.

Por isso, investir nesse negócio oferece opções bem amplas e uma concorrência que ainda está engatinhando.

Inclusive,  cerca de 55% dos brasileiros afirmam que consumiriam tranquilamente produtos vegetarianos e veganos se os preços fossem mais atrativos e as opções mais amplas.

Esses números provam o enorme potencial que esse mercado tem.

Você também pode gostar!

Além disso, grandes empresas como McDonald’s, Seara e Sadia estão lançando linhas com produtos vegetarianos e veganos para atender esse público que só tende a aumentar.

5- Delivery de comida 

Imagem de um delivery de comida.
Fonte: Imagem do acervo do site Canva.

O delivery de comida é, sem sombra de dúvidas, o mercado mais beneficiado pela pandemia. Pois, os clientes continuaram a fazer diversos pedidos mesmo estando em casa e principalmente por estarem.

A estimativa é que os deliverys de comida tenham crescido em 149% durante a pandemia, de acordo com um estudo da Mobilis.

Mesmo em cenário de crise, as pessoas que tiveram condições não abriram mão de realizar seus desejos em relação à comida. 

Para começar a trabalhar com um delivery, os custos são bem mais em conta do que iniciar um negócio.

Começando no digital, você precisará somente de estratégias de divulgação pelo marketing digital, uma moto para delivery e bons cozinheiros. Assim, poderá expandir seu negócio futuramente.

O melhor de tudo isso é que existem vários ramos na gastronomia. Ou seja, você pode vender hambúrgueres artesanais, fast foods em geral, doces, bolos ou qualquer outro tipo de prato.

6- Venda de infoprodutos 

Imagem de um vendedor de infoprodutos.
Fonte: Imagem do acervo do site Canva.

Os infoprodutos estão em ascensão desde 2011 e crescem cada vez.

Basicamente, o infoproduto nada mais do que um produto digital comercializado somente pela internet.

Os exemplos de infoprodutos mais comuns são e-books, vídeo aulas, cursos EAD, podcasts ou qualquer outro conteúdo que se possa comprar e utilizar por meio de um computador, tablet ou celular.

Para começar a comercializar infoprodutos na internet, o primeiro passo é definir o que será vendido.

Para isso, foque em uma habilidade que você tem e que possa passar a diante.

Existem infoprodutos para milhares de necessidades, desde como aprender a cuidar de um jardim até cursos de desenvolvimento de excel avançado.

Dessa forma, basta escolher algo que você tenha domínio e definir o formato de distribuição.

Alguns conteúdos são melhores em texto, enquanto outros são recomendados para vídeo.

De qualquer maneira, investir em infoprodutos é uma das melhores ideias de negócios para 2021.

7- Cosméticos naturais e artesanais 

Imagem da produção e comercialização de cosméticos artesanais.
Fonte: Imagem do acervo do site Canva.

Um estudo realizado pela plataforma Teads em 2020 constatou que 62% dos brasileiros acreditam que os cosméticos deveriam ser produzidos utilizando apenas ingredientes naturais e orgânicos.

Nesse sentido, esse é um mercado com grande chance de se desenvolver ao longo dos anos, já que está conectado às mudanças de hábitos dos consumidores.

Mesmo que o mundo esteja evoluindo e que novas tecnologias surjam constantemente, o que o público mais busca nesse momento é a naturalidade, com poucos agentes químicos e baixos riscos à saúde.

Atualmente, empresas que investem nesse segmento são as precursoras de mudança de hábito dos consumidores.

Mas, o que escolher para vender como produto natural?

A resposta é simples: qualquer coisa que as pessoas utilizem todos os dias, por exemplo, cosméticos ou para higiene, desde shampoo em barra até desodorantes naturais.

8- Negócios imobiliários

Imagem de negócios imobiliários.
Fonte: Imagem do acervo do site Canva.

De acordo com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), publicados na Gazeta do Povo, os negócios imobiliários foram os que apresentaram maior resistência durante a pandemia do coronavírus, tendo um crescimento de 8,4% na venda de apartamentos.

Além disso, a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) identificou que os financiamentos imobiliários subiram para 70,1% em 2020.

 

Segundo o presidente da CBIC, José Carlos Martins, o motivo disso ter acontecido foi a valorização do lar, da casa e da família, atitude manifestada durante a pandemia.

Para Martins, esse é um mercado com enorme potencial e que há grandes chances de entregar números ainda maiores quando a situação melhorar para os trabalhadores.

Nesse sentido, os negócios imobiliários são uma ótima ideias de negócios para 2021.

9-  Redação para web 

Imagem de um redator freelancer.
Fonte: Imagem do acervo do site Canva.

Para aqueles que gostam de escrever, a produção de artigos para blogs e sites é uma excelente opção.

Caso queira atuar com a redação para web, você precisará de alguns conhecimentos a respeito do marketing de conteúdo

Assim como para a gestão de mídias sociais, na redação para web há diversos cursos online disponíveis, inclusive muitos gratuitos

Podemos dizer que a melhor parte do trabalho como redator para web é o fato de trabalhar em qualquer hora ou lugar, graças a versatilidade de utilizar a escrita como ferramenta de trabalho.

10- Revenda de produtos 

Imagem de um revendedor de produtos.
Fonte: Imagem do acervo do site Canva.

A revenda de produtos é um dos maiores e mais antigos negócios lucrativos do mundo.

Desde as rotas das especiarias até o comércio em dropshipping, revender produtos sempre trouxe resultados para quem empreende com sabedoria.

Antigamente, a revenda de produtos era mais conhecida como a venda de porta em porta. Hoje, seu principal campo de atuação é o digital, independente do modo de trabalho. 

E por que a revenda faz tanto sucesso?

Em primeiro lugar, porque é um negócio com pouco investimento e retorno rápido.

Afinal, não é necessário fazer um estoque enorme para começar a vender, já que com poucos produtos você já pode se tornar um revendedor.

Além disso, muitas empresas oferecem os produtos sem um pagamento antecipado. Assim, conforme as vendas forem acontecendo, a porcentagem é repassada, o que dá maior garantia a empresa e permite que o revendedor consiga iniciar sua jornada sem um capital inicial alto.

Certamente, é um mercado muito amplo, que vai desde roupas até produtos para emagrecer. Com sabedoria e muito estudo, qualquer pessoa pode ter sucesso nesse ramo.

Conclusão

Agora que você já conhece as melhores ideias de negócios para começar a investir em 2021, que tal escolher a sua tendência de mercado e começar a trabalhar nisso?

Lembre-se sempre que os negócios promissores em 2021 podem oferecer uma certa concorrência, mas eles ainda estão no início do processo. Com a expertise necessária, você poderá se destacar muito.

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes