Tiago Abravanel faz desabafo e critica postura da tia, Patrícia

Tiago Abravanel faz desabafo e critica postura da tia, Patrícia: “precisa respeitar quem eu sou”

Tiago Abravanel “botou a boca no trombone” e criticou a postura de sua tia, Patrícia Abravanel. Isso porque, a apresentadora do Vem Pra Cá fez um longo discurso em apoio a Caio Castro e Rafa Kalimann. Os dois famosos usaram o Instagram para publicar um vídeo com o discurso do Pastor Claudio Duarte. Nesse discurso o pastor diz que “não é a favor de relacionamento gay, mas respeita.”

Tanto Caio Castro como Rafa Kalimann usaram as redes sociais para enfatizar o discurso do pastor. Dessa forma, os famosos pedem compreensão para aquelas pessoas que “discordam da postura gay.” No entanto, ser gay não é uma questão de “postura” e sim de uma “condição.”

O vídeo repercutiu negativamente e tanto Caio como Rafa tentaram reverter suas visões, enfatizando o “respeito”. Com efeito, Patrícia Abravanel usou esse tema polêmico como pauta do Vem Pra Cá. No entanto, a filha de Silvio Santos bateu na mesma tecla que “é difícil para os conservadores tratarem do tema LGBTQI.”

Como resultado, coube a Tiago Abravanel, rebater as falas da tia e lembra-la que pessoas morrem com a homofobia. E também, que a homofobia começa com essa ideia torta. Por fim, a Tiago e Patrícia praticamente viraram memes do “Casos de Família.”

 

 

 

 

Discurso de Tiago

 

 

Tiago Abravanel faz um longo desabafo sobre respeito e homofobia (montagem: Fashion Bubbles)

Após a repercussão negativa das posições de Rafa Kalimann, Caio Castro e Patrícia Abranel, coube a Tiago Abravanel se posicionar sobre o tema.

Vamos falar sobre um assunto delicado. Hoje minha tia, a Patricia Abravanel, fez um comentário no programa que me pegou de um jeito que não ficou legal. O comentário que ela fez foi em cima de um ocorrido com a Rafa Kalimann e o Caio Castro antes de ontem. Eles postaram um vídeo de um pastor falando que não concordava com o casamento gay, mas que respeitava. Isso gerou algumas retratações deles. E aí, a Patrícia e o Gabriel Cartolano comentaram – introduziu Tiago Abravanel.

Mais sobre o Posicionamento

Com o intuito de esclarecer os fatos, Tiago fez um longo discurso. No vídeo de mais de sete minutos, Tiago Abravanel ressalta o perigo da homofobia embutida nesses discursos de “respeitar a opinião.”

Eu resolvi fazer esse vídeo, porque eu acho que assim como ela falou ao vivo o que ela pensa, eu acho que eu também preciso falar o que eu penso aqui nas minhas redes. Tentar falar para você, tia, o como eu me senti assistindo, tá ? Eu acho que em primeiro lugar, orientação sexual não é uma questão de opinião. É uma questão de respeito. Você não precisa ser como eu, mas precisa respeitar quem eu sou e ponto final.

  • Veja também: Dia Internacional Contra a Homofobia, 17 de maio: veja frases, mensagens e a história da data
  • E ainda: Power Couple promove chuva de baratas e faz esposas gritarem de pânico

 

“Não há o que Tolerar”

 

 

Tiago Abravanel critica sua tia, Patrícia após fala no programa Vem Prá Cá (montagem: Fashion Bubbles)

 

Para exemplificar, Tiago Abravanel usou um exemplo de ataques violentos contra os gays. O cantor enfatizou que não há tempo para explicar e pedir calma.

Não é uma questão de tolerância, tia, de calma. As pessoas sofrem por isso, as pessoas morrem por causa disso. Quando um homem ou um casal de gays está andando na Avenida Paulista e leva uma lampadada na cabeça, não dá tempo de explicar: ‘Olha, só um minuto, deixa eu te explicar que a gente está namorando e você tem que respeitar…’. Não dá tempo de explicar.

 

  • E mais: Adriane Galisteu volta a integrar o time das melhores apresentadoras do Brasil com o Power Couple
  • Veja também: Eliminação do Power Couple surpreende e Mc Mirella e Dynho são excluídos do reality após recorde de votos

 

 

Enfim, a Homofobia

 

 

Tiago Abravanel e seu esposo Fernando Poli (imagem: Instagram)

Por fim, Tiago ainda ressaltou que não existe opinião quanto a condição sexual das pessoas. Dessa forma, a única solução é o respeito, sem julgamentos.

Opinar, você opina se uma roupa é bonita ou feia para você. Se você quer café ou chá ou se você gosta de doce ou salgado. A orientação sexual não é da opinião de ninguém. Ela nasceu assim, então, não é uma questão de opinião. Ponto. Quando se opina em relação a isso é um ato homofóbico – finalizou Tiago Abravanel.

globoPatrícia Abravanelsilvio santosTiago AbravanelVem Pra Cá