D-Pantenol para o Cabelo: Benefícios, Como Usar, Receitas

Mais conhecido como Bepantol, o D-Pantenol faz um bem incrível para as madeixas! Veja dicas de especialistas e aproveite para esclarecer 10 dúvidas sobre o D-Pantenol para tratar os seus cabelos em casa! E mais: como fazer D-Pantenol caseiro para os cabelos!

  • 19
    Shares

- Continue depois da Publicidade -

Depois de alguns anos esquecido, o D-Pantenol voltou com força, como um dos produtos farmacêuticos mais usados para tratar os cabelos em casa.

Aqui, vamos saber, afinal, o que é o D-Pantenol e os seus benefícios para os cabelos.

Além disso, como usar este produto a favor das madeixas, com receitas caseiras com D-Pantenol.

Também, especialistas consultados pelo Fashion Bubbles esclarecem 10 dúvidas sobre o D-Pantenol, quando usado no cabelo!

Por fim, aprenda a fazer D-Pantenol caseiro para o seu cabelo!

- Continue depois da Publicidade -

Não perca!

 

 

- Continue depois da Publicidade -

O que é o D-Pantenol?

 

O D-Pantenol se trata de uma vitamina, que também é conhecida como pró-vitamina B5. A vitamina B5, por sua vez, é chamada também de ácido pantotênico – uma substância encontrada em alta concentração no D-Pantenol.

Nosso organismo produz esta substância. Em especial, a nossa pele e o nosso cabelo, a fim de garantir maciez, força e cicatrização.

- Continue depois da Publicidade -

Dessa forma, o D-Pantenol é uma vitamina é muito usada em produtos industrializados para tratar os cabelos.  Ou então, um ingrediente usado sozinho ou em receitas caseiras para as madeixas.

 

 

 

Benefícios do D-Pantenol para os cabelos

 

Com função de amaciar, nutrir e cicatrizar, o D-Pantenol traz diversos benefícios aos nossos cabelos, por exemplo:

  • Confere maciez aos fios;
  • Deixa os cabelos hidratados e nutridos;
  • Fortalece os fios;
  • Por ser um estimulante da cicatrização, contribui para recuperar cabelos danificados, além de ajudar a prevenir e acabar com as pontas duplas.

 

Assim, a falta do D-Pantenol atinge, principalmente, a pele e os cabelos, causando, por exemplos, os problemas:

  • Fios ressecados;
  • Pontas duplas;
  • Falta de brilho;
  • Cabelos com tendência a quebra;
  • Fios fracos; entre outros incômodos.

 

 

 

 

D-Pantenol na alimentação

 

Além de usar o D-Pantenol em sua forma tópica, é importante incluir alimentos que estimulem a sua produção.

De acordo com a nutricionista e doutora em alimentos, Daniela Pane, as principais fontes de vitamina B5 – que funciona como precursora do D-Pantenol, são:

  • Cogumelo;
  • Farelo de trigo;
  • Sementes de Girassol;
  • Fígado;
  • Abacate;
  • Frango;
  • Salmão.

 

No entanto, quanto ao uso de suplementos de vitamina B5, Daniela deixa claro que não deve ser feito por conta própria. Ou seja, a suplementação deve ser orientada por um profissional, certo?

Isso porque o excesso de uma vitamina, como a B5 (precursora do D-Pantenol), pode implicar na síntese de outras vitaminas e nutrientes, levando a um quadro de desequilíbrio.

 

 

bepantol cabelos

 

Marcas de D-Pantenol

 

O primeiro produto a chegar no mercado contendo D-Pantenol foi o Bepantol – nome comercial do laboratório Bayer.

Com a popularidade da substância, como para tratar os cabelos, outros laboratórios lançaram suas versões.

Assim, por exemplo, temos também D-Pantenol comercializado com os nomes:

  • Bepantriz (Cimed)
  • Probentol (Cifarma)
  • Teupantol (Teuto)
  • Pelletrat (Elofar)
  • Dpantenol (Natu Hair), entre outros.

 

 

 

 

 

Então, as marcas acima são produtos genéricos do Bepantol da Bayer?

 

Não. Os produtos de outros laboratórios são similares. Portanto, não podem ser consideradas versões genéricas do D-Pantenol produzido pela Bayer.

 

 

bepantol

 

 

8 Receitas com D-Pantenol para os seus cabelos

 

 

 

 

d-pantenol

 

 

Agora, você aprenda a preparar 8 receitinhas com D-Pantenol para cuidar dos seus cabelos. Porém, sempre preste atenção e siga as recomendações a risca, ok?

 

1 – Leave-in para as madeixas

 

Aqui, a receitinha é muito simples. Com os cabelos lavados e ainda úmidos, aplique D-Pantenol líquido no comprimento e pontas.

Em seguida, deixe secar ao natural, de preferência. O D-Pantenol traz maciez aos fios, assim, ajuda bastante a desembaraçar.

 

 

d-pantenol

 

 

2 – Para pontas duplas

 

Que tal usar o D-Pantenol para selar as pontas duplas? Isso é excelente, pois além de ajudar na selagem, não possui as substâncias  pesadas, como os reparadores industrializados para selar pontas duplas costumam ter. Aposte!

 

 

3 – Hidratação com D-Pantenol

 

Para este receitinha caseira, você irá usar:

  • 1 colher de sopa de D-Pantenol líquido;
  • 2 colheres de sopa de máscara de hidratação capilar;
  • 1 colher de sobremesa de soro fisiológico.

Então, misture bem os ingredientes. Em seguida, umedeça os fios e aplique a mistura em todo o comprimento dos cabelos e nas pontas.

Massageie por uns 5 minutos. Aguarde uns 20 minutos.

Então, lave os cabelos, usando um xampu leve e finalizando com um bom condicionador.

Pode repetir o procedimento 1 vez na semana ou a cada 15 dias.

 

 

 

 

4 – Umectação de D-Pantenol com Óleo de Coco

 

A umectação é diferente da hidratação.

 

“A Hidratação repõe a água dos cabelos, deixando mais maleáveis. Enquanto isso, a Umectação repõe os lipídios dos fios, por isso é feita com óleos vegetais, normalmente” , fala Giovanna.

“Assim, para a umectação não pesar nos fios, é recomendável que seja feita a cada 10 dias, aproximadamente”, completa a especialista em Cosmetologia.

 

 

Para fazer a umectação, use:

  • 2 colher de sopa de óleo de coco (de preferência, extra virgem) 2 colheres de sopa de D-Pantenol líquido

Então, misture os ingredientes. Em seguida, aplique os cabelos levemente umedecidos.

Pode ser passado até na raiz, se você quiser.

Deixe repousar por cerca de 20 minutos.

Depois, lave bem.

Esta receita de umectação pode ser feita a cada 10 dias. Não exagere na aplicação, a fim de não acabar pesando os fios, certo?

 

5 – Hidratação com D-Pantenol e açúcar

 

Isso mesmo! O açúcar é um ingrediente que faz uma leve esfoliação nos fios, ajudando a remover impureza.

Assim, ajuda os demais ingredientes a penetrarem mais profundamente nos fios. Mas,  como sempre, cuidado com o exagero, ok?

Assim, você irá precisar de:

  • 1 colher de sopa rasa de açúcar;
  • 2 colheres de sopa de D-Pantenol líquido;
  • 1 colheres de sopa de máscara capilar.

Então, misture bem os ingredientes e aplique no comprimento e pontas dos cabelos.

Deixe agir de 20 a 40 minutos. Em seguida, basta lavar como de costume.

Esta hidratação pode ser feita a cada 10 dias.

 

 

6 – Hidratar cabelos cacheados ou crespos com D-Pantenol

 

Anote os ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de D-Pantenol líquido;
  • 1 colher de sobremesa de azeite de oliva extra virgem;
  • 2 colheres de sopa de máscara de tratamento capilar para cabelos cacheados ou crespos.

 

Então, misture todos os ingredientes. Em seguida, aplique a receita nos fios úmidos.

Deixe agir por 20 ou 30 minutos.

Depois, lave como de costume. No entanto, use produtos leves, a fim de não remover por completo os ingredientes usados na hidratação.

Você também pode gostar!

Pode repetir o procedimento 1 vez na semana ou a cada 10 dias.

 

 

 

d-pantenol

 

 

7 – D-Pantenol, amido de milho e leite de coco

 

Uma super hidratação para todos os tipos de cabelo. Além disso, que confere um brilho incrível.

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de D-Pantenol líquido;
  • 100 ml de água;
  • 2 colheres de sopa rasas de amido de milho;
  • 100 ml de leite de coco.

Modo de preparo:

Leve ao fogo baixo a água, o leite de coco e as colheres de amido de milho.

Então, mexa em até obter uma pasta.

Espere esfriar e misture o D-Pantenol liquido.

Em seguida, aplique nos cabelos. Deixe agindo por 40 minutos.

Depois deste tempo, enxague bem. Não precisa usar xampu, apenas finalize com um bom condicionador.

A receitinha pode ser usada a cada 15 dias.

 

8 – D-Pantenol com Óleo de Rícino para os cabelos

 

Para este tratamento, siga os passos:

  1. Primeiramente, embeba um algodão com D-Pantenol líquido.
  2. Então, aplique diretamente no couro cabeludo e massageie por alguns minutos, com as pontas dos dedos.
  3. Em seguida, aplique algumas gotinhas de óleo de rícino  na raiz dos cabelos,. Novamente, massageie.
  4. Então deixe agir na cabeça por 1 hora.
  5. Em seguida, lave bem os fios, a fim de remover o óleo de rícino e capriche no condicionador.

Este tratamento caseiro melhora muito a queda de cabelos, além de dar mais vida. Porém, recomenda-se repetir apenas de 1 a 2 vezes ao mês.

 

  • Descubra todo potencial do  Óleo de Rícino, que é muito usado junto com o D-Pantenol e ajuda o cabelo crescer. Confira!

 

d-pantenol

 

D-Pantenol “derma” é só para usar na pele?

 

“Há muitos produtos líquidos com D-Pantenol indicando a expressão “derma”. Nestes casos, não posso usar nos cabelos?”

Giovanna explica que a soluções líquidas de D-Pantenol (desde que fabricadas por laboratórios de confiança) podem, sim, ser usadas nos cabelos, ainda que venham com  a indicação “derme”, ou seja, para a pele.

 

bepantol

 

 

10 dúvidas sobre o D-Pantenol para os cabelos: especialista esclarece!

 

1 – Devo usar D-Pantenol líquido ou em pomada no cabelo?

 

De acordo com a esteticista especializada em Cosmetologia, Giovanna Paiva, é preferível usar as versões líquidas.

Isso porque as pomadas à base de D-Pantenol costumam conter outros veículos, que podem dar peso ou engordurar os fios.

O uso das pomadas, porém, não está proibido. No entanto, deve ser usada em quantidades muito pequenas e evitando a raiz.

 

2 – Cabelos que passaram por químicas (descoloração, coloração, alisamentos, etc) podem ser tratados com D-Pantenol?

 

Sim, não há contraindicações. Mas, não se esqueça dos demais cuidados específicos para cada tipo de cabelo, combinado? Veja ainda Hidratação de Mechas – Saiba como preservar a saúde e luminosidade dos fios. E

 

  • Aproveite e nos siga no Google News para poder acompanhar o melhor da Beleza,  Beleza, Decoração, Saúde e muito mais  direto em seu smartphone. Para seguir É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

 

3 – Meus cabelos estão elásticos ou emborrachados. O D-Pantenol pode ajudar?

 

Conforme a esteticista especializada em Cosmetologia, sim. Isso devido às propriedades hidratantes, cicatrizantes e nutritivas da vitamina.

No entanto, Giovanna alerta que o D-Pantenol pode não ser suficiente para recuperar os cabelos, dependendo do estado deles.

Assim, é fundamental buscar alternativas de tratar fios em estados críticos junto a um profissional.

 

  • Você sabia que a camomila também faz bem para os cabelos? Saiba mais!

 

4 – O D-Pantenol faz o cabelo crescer?

 

O D-Pantenol não tem propriedades que atuam de forma direta no crescimento do cabelo.

Por outro lado, de acordo com a esteticista, a substância é uma aliada no crescimento dos cabelos, pois deixa os fios nutridos. E, sem nutrição, as madeixas não crescem ou crescem de maneira já fragilizada, com pontos de quebra e porosidade.

 

 

5 – Posso misturar D-Pantenol com outros produtos para cabelos?

 

Depende. Não há problemas, por exemplo, ao misturar com condicionadores ou máscaras capilares que a pessoa já costuma usar – de acordo com Giovanna.

Já com outros produtos, como queratina líquida, é recomendável consultar um profissional, a fim de evitar reações químicas que possam danificar os fios.

 

6 – O D-Pantenol deixa os cabelos oleosos?

 

No caso das versões líquidas, não. Mas, a versão em pomada pode deixar, realmente, os fios oleosos.

Por outro lado, a especialista em Cosmetologia esclarece que no caso de oleosidade excessiva – que acaba causando caspa ou até queda de cabelos – é preferível suspender o uso de produtos e consultar um dermatologista.

 

 

d-pantenol

 

 

7 – Posso usar D-Pantenol como finalizador?

 

Sim. O D-Pantenol pode ser usado para hidratar as pontas, por exemplo. Além disso, ajuda a selar as pontas duplas.

 

8 – Posso substituir o protetor térmico pelo D-Pantenol?

 

Não. A substância não tem capacidade de proteger os cabelos do calor excessivo, como, por exemplo, pelo uso de secador, modeladores ou chapinhas.

Assim, de acordo com Giovanna, o correto é aplicar nos fios um produto termoativo, que é especifico para a proteção contra o calor excessivo.

 

9 – Posso usar D-Pantenol todos os dias?

 

Sim, pode, sem problema algum…

 

 

 

10 – Eu usei D-Pantenol no meu cabelo e não gostei do resultado. E agora?

 

Embora o D-Pantenol seja uma excelente alternativa para os cuidados com os cabelos, em alguns casos pode não funcionar. Ou, até mesmo, resultar em uma espécie de efeito contrário.

Assim, de acordo com a especialista em Cosmetologia, o ideal é suspender o uso do produto.

Mas, porque isso pode ocorrer? Nem todos os cabelos reagem da mesma forma, mesmo frente a um produto que traz bons resultados para a maioria das pessoas, como é o caso do D-Pantenol.

Neste caso, então, além de parar com o uso do D-Pantenol, vale buscar ajuda de um especialista, a fim de obter indicações de outros produtos para tratar os cabelos, certo?

 

d-pantenol

 

Contraindicações e Efeitos Colaterais do D-Pantenol

 

A princípio, o D-Pantenol líquido não apresenta contraindicações para o uso capilar.

No entanto, de acordo com Giovanna (especialista em Cosmetologia) suspenda o uso do produto em casos de:

  • Irritação no couro cabeludo;
  • Coceiras, queimações e surgimento de erupções;
  • Excesso de oleosidade.

De acordo com o que a especialista já nos orientou, tais problemas podem não ter relação com o uso do D-Pantenol. No entanto, os efeitos colaterais, nestes casos, requerem atenção e avaliação de um especialista, certo?

 

 

Receita D-Pantenol  caseiro

É possível fazer o seu próprio bepantol, ou seja, D-Pantenol líquido em casa e, assim, economizar mais, sabia?

Anote os ingredientes e o passo a passo da receita!

Para fazer o D-Pantenol caseiro você irá precisar de:

  • 10 ml de D-Pantenol puro a 5% (encontrado de farmácias ou lojas de manipulação);
  • 100 ml de àgua mineral ou de água deionizada;
  • 1 ampola de pró-vitamina B5;
  • Recipientes;
  • Espátula ou colher para mexer;
  • Borrifador.

Passo a passo de como preparar D-Pantenol líquido para os cabelos:

  1. Primeiramente, despeje a água em um recipiente limpo.
  2. Em seguida, acrescente a solução de D-Pantenol.
  3. Então, com a ajuda de uma espátula ou colher, mexa bem até o D-Pantenol dissolver e se misturar totalmente com a água e perder a consistência de gel.
  4. Agora, acrescente a ampola de pró—vitamina B5 e misture.
  5. Por fim, passe para um borrifador. Prontinho!

 

  • 19
    Shares

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes