‘Influencer’ morre ao cair de penhasco enquanto tirava uma ‘selfie’

O evento ocorreu no último fim de semana no Parque Ha Pak Lai em Hong Kong, quando a ‘influencer’ Sofia Cheung tentou tirar uma ‘selfie’ à beira de um penhasco

  • 1
    Share

- Continue depois da Publicidade -

A ‘influencer’ Sofia Cheung, originária de Hong Kong, morreu no último fim de semana enquanto tentava tirar uma ‘selfie’.

Cheung, de 32 anos e quase 17 mil seguidores no Instagram, foi no último sábado com seus amigos ao parque Ha Pak Lai, perto da cidade de Yuen Long.

No final da tarde, eles foram a um penhasco Tsing Dai para tirar algumas fotos. Cheung decidiu ficar na beira da cachoeira da Montanha, mas perdeu o equilíbrio e caiu de uma altura de quatro metros.

Era comum a mulher visitar belas paisagens e montanhas para tirar fotos do alto, onde aparentemente subia sem proteção adicional.

 

 

 

influencer no penhasco
Influencer no penhasco. Fonte: Instagram

 

 

 

A influencer estava com três amigas em um trecho conhecido como Pineapple Mountain, onde há uma famosa cachoeira de cinco metros de altura.

Você também pode gostar!

Os serviços de emergência correram para o local e a transferiram para um hospital, onde ela foi declarada morta na chegada. Assim, em sua conta do Instagram você pode ler a frase:

“A vida deve ser divertida, não estúpida.”

 

 

 

 

 

Seguidores da influencer enviaram condolências

 

 

 

A última foto que a influenciadora Sofía Cheung compartilhou no Instagram é de sexta-feira, 9 de julho; nela, a jovem aparece na praia, ao lado de uma prancha de surf.

 

 

 

 

 

 

Dias melhores ainda estão por vir. Chamam-se: sábado e domingo ”, expressou a influencer em sua última mensagem para seus pouco mais de 17 mil seguidores.

Assim, internautas que a conheciam e admiravam não hesitaram em enviar mensagens de condolências, lamentando que a influenciadora Sofía Cheung tenha morrido tão jovem.

 

 

 

 

 

A selfie perfeita pode tirar vidas

 

 

 

De acordo com um estudo mundial realizado em 2018 por pesquisadores da Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos, 259 pessoas morreram entre 2011 e 2017 enquanto tiravam fotos em locais perigosos, como edifícios altos, picos, lagos ou no transporte.

Além disso, metade das vítimas tinha entre 20 e 29 anos e 36 por cento tinham entre 10 e 19 anos.

 

 

 

  • Siga o Fashion Bubbles no Google News para poder acompanhar tudo sobre famosos direto no seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

 

 

Sobretudo, os autores do estudo se basearam em informações publicadas na imprensa e em buscas no Google para esse tipo de morte acidental.

Ressalta-se que foram considerados apenas os relatos em inglês e que esses casos foram diferenciados de outras mortes por smartphones, por exemplo, se uma pessoa foi eletrocutada com o telefone na banheira.

Embora nosso estudo tenha incluído o maior número de mortes e incidentes de selfie até o momento, esta é apenas a ponta do iceberg. Muitos casos não são relatados.

Além disso, o maior número de incidentes com selfies ocorreu na Índia, seguida pela Rússia , Estados Unidos e Paquistão.

  • 1
    Share

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes