Estrias vermelhas: causas, prevenção e remédios para eliminá-las

Estrias vermelhas: causas, prevenção e remédios para eliminá-las

As estrias vermelhas são sinais que aparecem na superfície da pele como linhas ou estrias perceptíveis ao toque, bem demarcadas e separadas por trechos de pele sã.

Essas lesões aparecem principalmente na barriga, coxas, quadris e seios. As estrias vermelhas são devidas à quebra das fibras elásticas da derme (a camada mais profunda da pele).

 

Você sabia que a cor das estrias depende da fase evolutiva?

 

Assim que se formam, as estrias são vermelhas, depois se tornam, em poucos meses, branco-pérola e mais finas.

Uma das principais causas do aparecimento das estrias vermelhas é a pouca elasticidade da derme.

 

Onde estrias vermelhas se desenvolvem

 

 

Quanto à localização, estrias vermelhas podem ocorrer em várias partes do corpo. No entanto, em mulheres jovens, as áreas de escolha para sua aparência são:

  • Seios e nádegas (nesses locais, as estrias vermelhas são dispostas radialmente);
  • Quadris (estrias vermelhas estendem-se verticalmente);
  • Coxas (estrias vermelhas assumem uma disposição oblíqua).

Nos homens, no entanto, essas imperfeições estão presentes principalmente no nível de:

  • Braços e ombros (disposição oblíqua);
    Quadris (curso vertical).

Outro local comumente afetado pelas estrias vermelhas, em ambos os sexos, é o abdômen.

 

 

Causas das estrias vermelhas

 

Em alguns casos, as estrias vermelhas são uma lembrança desagradável da gravidez, outras vezes são a consequência de mudanças bruscas de peso. No entanto, os motivos pelos quais ocorrem não se resumem apenas nessas duas situações.

 

 

Os fatores que contribuem para determinar o aparecimento de estrias vermelhas também incluem:

  • Baixa elasticidade da pele;
  • Predisposição genética;
  • Obesidade;
  • Tumores abdominais.

As estrias vermelhas são um problema que afeta ambos os sexos, embora essas manchas sejam mais comuns em mulheres.

Além disso, em mulheres, esses sinais aparecem precocemente, principalmente em conjunção com a puberdade e a gravidez.

As estrias vermelhas são consideradas uma das manchas cutâneas mais difíceis de tratar.

Embora existam cosméticos, tratamentos dermatológicos e massagens específicas, uma vez que surjam estes sinais são quase impossíveis de eliminar definitivamente. A prevenção é, portanto, essencial para resolver o problema corretamente.

 

 

Tratamento

 

 

Quando o tecido é danificado pelo aparecimento da estria vermelha, não é possível voltar atrás: a marca está destinada a permanecer, porém a situação pode ser significativamente melhorada recorrendo a diferentes opções de tratamento.

Tratamentos cosméticos direcionados

 

A prevenção é a melhor estratégia para evitar o aparecimento de estrias vermelhas. Uma vez que essas lesões cutâneas adquirem um aspecto branco perolado (fase de cicatriz definitiva), é virtualmente impossível conseguir melhorias significativas e visíveis com produtos cosméticos.

 

Laser e opções cirúrgicas

 

Entre os métodos atualmente mais eficazes para melhorar o aspecto estético das estrias vermelhas está o laser micro ablativo fracionado, cujo feixe produz calor na área afetada pela mancha.

 

 

A cirurgia a laser é capaz de penetrar profundamente, vai estimular o crescimento de novo colágeno e assim melhorar o aparecimento de estrias, principalmente se ainda for de cor avermelhada, ou seja, recém-formada.

Isso é possível pelo fato de a área afetada ainda receber sangue e ser mais receptiva à síntese de colágeno.

Essa abordagem permite obter resultados superiores aos oferecidos por outros métodos, como peeling e microdermoabrasão. Esses tratamentos promovem a renovação celular: isso vai garantir uma pele mais lisa e luminosa, com menor exposição a estrias.

Se aparecerem estrias vermelhas abaixo do umbigo, elas podem ser removidas durante uma abdominoplastia, enquanto as das coxas e braços são eliminadas recorrendo a um levantamento da área.

 

 

Prevenção de estrias vermelhas

 

 

Um dos remédios mais eficazes para combater as estrias vermelhas é a vitamina E, que pode ser aplicada na pele na forma de cápsulas.

A vitamina E restaura o colágeno para um novo crescimento da pele. Como usar e tomar a vitamina E? Através de aplicações na pele e nutrição.

Vitamina E

 

Foto: Pixabay

 

A vitamina E está presente em vários óleos, um deles é o das amêndoas.

Para remover ou melhorar as estrias, é necessário aplicar constantemente óleo de amêndoa nas áreas do corpo afetadas pelas estrias. Isso vai estimular o crescimento de novas células, além de ser um excelente antioxidante para a elasticidade da pele.

 

Veja como usar óleo de amêndoas para estrias

 

  1. Pegue uma pequena quantidade de óleo de amêndoa;
  2. Esfregue entre as mãos;
  3. Aplique nas estrias duas vezes ao dia, de preferência após um bom banho morno com uma leve massagem penetrante.

Aplicar cápsulas de óleo de amêndoa dará resultados visíveis em cerca de 4 semanas. Cada mulher tem uma pele diferente e por isso o período de melhora podem variar dependendo do caso.

 

 

Nutrição

 

 

Além disso, a nutrição também desempenha um papel importante na eliminação das estrias vermelhas da pele.

Os alimentos recomendados para este problema são principalmente vegetais de folhas verdes.

Os especialistas dizem que é importante combinar o óleo de amêndoa com uma dieta saudável para obter o máximo de resultados.

Os alimentos ricos em vitamina E e, portanto, em tocoferol são:

  • amêndoas e amendoim;
  • avelãs;
  • grãos inteiros;
  • ovos;
  • espargos;
  • espinafre;
  • soja e milho;
  • brócolis;
  • grão de bico;
  • tomates;
  • iogurte;
  • leite.

A quantidade recomendada de vitamina E do ponto de vista alimentar é de cerca de 8 mg por dia.

A vitamina E também combate o excesso de depósitos de líquidos graças à sua ação diurética.

Também é essencial porque retarda o foto envelhecimento e combate os radicais livres, graças à sua ação hidratante, calmante e anti-inflamatória.

A vitamina E também combate a fadiga física e a psoríase.

dermeestriaestria brancaestria vermelhaEstriasPele