Balcão de cozinha: 23 inspirações para decorar gastando pouco

Confira 15 formas de decoração para balcão de cozinha incluindo nichos, iluminação, revestimento, armário superior e até modelos com rodas

A cozinha americana se tornou muito comum no Brasil de alguns anos para cá. Basicamente, este conceito é proposto a partir da ideia de uma cozinha com um balcão de apoio. Principalmente em ambientes pequenos, o balcão de cozinha é um espaço multifuncional. Afinal, pode ser utilizado como espaço extra para preparar os alimentos ou ser usado como uma mesa alta.

Em apartamentos, essas duas ideias são aplicadas. Como resultado, é importante trazer detalhes na marcenaria, no revestimento e nos acessórios que otimizem ainda mais o espaço. Por exemplo, ali podem ser integrados nichos e prateleiras.

Além disso, para quem é amante de decoração, o balcão de cozinha torna-se o espaço perfeito para expor coleções. E claro que não poderíamos deixar de falar sobre a iluminação. Afinal, ela é capaz de transformar um espaço.

Portanto, se você quer saber truques incríveis para decorar e otimizar seu balcão de cozinha, leia esta matéria até o fim!


Nichos


Além de decorativos, os nichos são essenciais para manter a organização de um ambiente. De quebra, ainda facilitam o acesso a coisas que mais usamos na cozinha. Por isso, tê-lo neste cômodo é muito importante. E se você está se perguntando onde colocá-lo, a próxima imagem te mostrará!


Balcão de cozinha com nichos para vinhos. Fonte: Reprodução/Pinterest

Por outro lado, caso o balcão seja fechado com armário, como uma espécie de ilha, não se preocupe. Afinal, a marcenaria planejada estará sempre a seu favor. Como resultado, fica muito mais fácil planejar um cantinho para expor os vinhos, os livros de receita e artigos decorativos.


Cozinha grande com ilha e nichos nas laterais. Fonte: Reprodução/Pinterest

Se você gosta de cultivar plantas e prioriza uma alimentação mais natural e menos industrializada, aposto que vai amar a próxima ideia. O objetivo aqui é ter um nicho que se tornasse uma horta na cozinha. Assim, ao cozinhar, seu tempero será 100% orgânico e com um cuidado que só você conhece.


Balcão de cozinha com mini horta. Fonte: Reprodução/Pinterest

Veja também:


Iluminação


A iluminação é um dos componentes mais importantes na cozinha. Afinal, não dá para cozinha no escuro, não é mesmo? Por isso, investir em luminárias nunca é demais. Neste caso, o nicho embutido na parede ganhou pequenas luzes de LED que dão destaque ao espaço decorativo e criam um ambiente mais aconchegante para quem está nas banquetas.


Iluminação de LED nos nichos e no teto do balcão. Fonte: Reprodução/Pinterest

Por outro lado, para quem gosta de esbanjar personalidade, o ideal é apostar nas luminárias. Seja no estilo industrial, rústico ou artesanal, com certeza este item fará toda a diferença no balcão de cozinha. Mesclar as alturas oferece a sensação de profundidade ao ambiente. Por isso, é perfeita para quem tem uma cozinha pequena.


Cozinha rústica com luminárias suspensas. Fonte: Reprodução/Pinterest

Já passou o tempo em que a iluminação era exclusivamente feita no teto. Ambientes com um estilo moderno e elegante possuem referências de luzes baixas. Neste caso, os moradores apostaram em LEDs embaixo do balcão. Como resultado, o revestimento foi destacado.

Related Post

Cozinha com balcão iluminado. Fonte: Reprodução/Pinterest

Você também pode gostar:


Revestimentos para balcão de cozinha


Não basta escolher o revestimento mais bonito da loja para fazer o balcão de cozinha. Em primeiro lugar, é preciso definir qual a sua utilidade. Por exemplo, se o objetivo for servir de apoio é importante que o material seja resistente. Afinal, a cozinha também é considerada uma área molhada.


Balcão de cozinha feito de pedra com banquetas baixas. Fonte: Reprodução/Pinterest

Porém, se você é amante da madeira e não abre mão disso na sua cozinha, a sugestão é fazer um balcão dois em um. Ou seja, uma parte feita de pedra que pode ser molhada e é mais resistente e a outra parte feita de madeira que serve como mesa.


Balcão de cozinha em dois níveis. Fonte: Reprodução/Pinterest

Para incrementar na decoração, você pode inserir uma fita de LED na madeira que vai do chão ao teto, como no exemplo anterior. Ou apostar nas luminárias que sejam o seu estilo. O que vale é a criatividade e que a sua casa tenha vestígios da sua personalidade espalhadas pela decoração.




Cozinha pequena com espaço para quatro pessoas. Fonte: Reprodução/Pinterest

Além disso, confira:


Parte superior


Até agora, vimos que a parte superior do balcão de cozinha era utilizado como um espaço para a iluminação. Porém, existem outras alternativas. Especialmente para quem reclama de que não há mais espaço para guardar os potes e as panelas. Neste caso, um pequeno armário foi o suficiente para atender as necessidades dos moradores.


Cozinha americana com bancos retráteis. Fonte: Reprodução/Pinterest

Por outro lado, se você gosta de sofisticação, que tal ter um bar suspenso? Mas, cuidado na hora de solicitar um orçamento para este tipo de marcenaria. Não basta apenas dar as medidas, é preciso informar os profissionais sobre a finalidade do móvel. Como resultado, eles saberão de um tipo de madeira que seja mais resistente para aguentar o peso das garrafas.


Adega na parte superior do balcão da cozinha. Fonte: Reprodução/Pinterest

Além disso, não perca:


Balcão de cozinha com rodinhas


Já pensou de um pedaço do seu balcão de cozinha simplesmente se soltasse? Não é pelo lado negativo, mas o tipo de marcenaria inteligente veio para camuflar e economizar espaço em muitos lares. Neste caso, embaixo do balcão está armazenado uma espécie de sofá para que os moradores almocem neste espaço mas que os assentos não ocupem espaço no dia a dia.


Sofá embutido na marcenaria do balcão de cozinha. Fonte: Reprodução/Pinterest

Por outro lado, se você é do tipo que faz uma bagunça na hora de cozinhar, então você precisa de mais espaço do que o normal. Como resultado, a melhor opção é investir em um balcão de cozinha com rodinhas. Assim será possível levá-lo para todos os cantos do cômodo e até para outros da casa. Porém, não se esqueça de fazê-lo com o mesmo revestimentos dos outros móveis para que o ambiente fique harmônico, combinado?


Balcão de cozinha com rodinha e duas banquetas altas. Fonte: Reprodução/Pinterest

Além disso, você também pode gostar:


Estilo minimalista


Além disso, se na sua casa falta espaço para um balcão de cozinha, não se preocupe. É possível ter uma bancada super funcional mesmo que ela tenha a largura de uma parede. Além disso, para dar a sensação de amplitude, ela precisa ser vazada embaixo. Como resultado, os bancos ficarão guardados embaixo e ocuparão menos espaço visualmente.


Balcão de cozinha simples. Fonte: Reprodução/Pinterest

Revestimentos


Embora a marcenaria planejada será ótima para otimização do espaço e criação de um modelo customizado, existem outros revestimentos que podem transformar o ambiente.

Pensando nisso, as arquitetas Karina Alonso, sócia da SCA Jardim Europa, em São Paulo, e Danielle Dantas e Paula Passos, sócias do escritório Dantas & Passos Arquitetura falaram um pouco sobre opções de revestimento para pisos e paredes.


Granito

Balcão de granito preto. Fonte: Reprodução/Pinterest

Um dos materiais mais comuns para tampos de cozinha é o granito. Afinal, o material oferece beleza e durabilidade de uma pedra natural. Porém, os poros devem ser fechados para que não haja acúmulo de sujeira.

“O material faz muito sucesso, já que tem um bom custo x benefício. Para não absorver líquido nem manchar,  a impermeabilização é bem-vinda”, explica Karina Alonso, da SCA Jardim Europa.


Porcelanato

Cozinha com ilha na diagonal em porcelanato. Fonte: Reprodução/Pinterest

Por outro lado, o porcelanato é mais comum em bancadas de banheiro. Porém, também pode ser utilizado na cozinha. Entretanto, há limites de dimensões das peças.

Como resultado, inviabiliza as bancadas maiores sem que haja emendas. Segundo empresas que executam o serviço, o ideal é apostar nas placas de maior espessura, como as de 2 cm. As versões mais finas são contraindicadas.


Nanoglass

Balcão de cozinha de nanoglass branco. Fonte: Reprodução/Pinterest

Feito a base de pó de vidro com resina, o nanoglass tem alta durabilidade e baixo índice de absorção, por isso não mancha com facilidade.

“Em contrapartida, só é encontrado com acabamento em brilho, não suporta altas temperaturas e precisa de mão de obra especializada para ser manufaturado e assim evitar trincas”, revela a arquiteta Paula Passos.

#actampads0#

Mármore

Bancada em formato de onda feita de mármore. Fonte: Reprodução/Pinterest

Já o mármore é uma pedra que oferece um aspecto muito mais elegante ao local. Mas é preciso ter cuidado, já que ela é porosa e pode manchar com mais facilidade no uso diário.

Por isso, profissionais aconselham evitar o uso na cozinha, especialmente se o ambiente tiver um uso intenso.


Corian

Balcão arredondado de Corian. Fonte: Reprodução/Pinterest

As arquitetas do escritório Dantas & Passos Arquitetura explicam que o Corian é um composto sintético sólido de resina e outros itens produzidos pela DuPont.

“O material pode ser facilmente moldado, diferente de outras pedras mais rígidas. Com isso, é mais fácil conseguir resultados de formas curvas ou orgânicas com desenhos diferenciados. O melhor é que não há emendas, possibilitando criar uma peça única e de diversas cores”, revela Danielle Dantas.

Porém, a desvantagem desse material é o custo bem elevado. Recomenda-se não colocar objetos quentes em sua superfície, já que pode manchar e precisar de mão de obra especializada para remover a mancha.


Silestone e Dekton

Revestimento de cozinha de Silestone e Dekton. Fonte: Reprodução/Pinterest

As duas pedras são feitas com alta tecnologia. Logo, será necessário desembolsar um valor maior para tê-las. Por outro lado, o material oferece uma resistência e durabilidade maior, quando comparado aos outros revestimentos.

O Silestone é feito por cerca de 94% de quartzo, o que resulta em uma durabilidade e resistência incríveis. Com diferentes espessuras, isso possibilita atender diferentes necessidades, desde pisos até bancadas e uso em paredes.

“Como nada é perfeito, seu custo acaba sendo mais elevado, mas vale muito a pena porque dura muito”, comenta Karina.

Por outro lado, o Dekton é um material que mistura matérias-primas usadas na fabricação de vidro, porcelânico e superfícies de quartzo. É altamente resistente a riscos e não é poroso. Pode ter distintas formas de uso, desde pisos, paredes, bancadas ou piscinas.

“É um material que alia estética e resistência, ele pode reproduzir o visual de outros materiais como aço corten, cimento, concreto e mármore”, diz Karina Alonso.

#actampads0#

Aço Inox

Balcão de cozinha em aço inox. Fonte: Reprodução/Pinterest

O aço inox é bastante popular e oferece um design arrojado e moderno ao ambiente. Além disso, o material é muito indicado para o balcão da cozinha por ser blindado contra calor e bactérias.

É preciso ter cuidado na hora do seu corte, pois ele pode riscar. Também convém ter cuidado redobrado na limpeza devido a facilidade de manchá-lo. Outra desvantagem é seu custo elevado.


Madeira


A arquiteta Gigi Gorenstein assina o projeto onde a marcenaria neutra possibilita o toque de cor nos revestimentos em três tonalidades. A madeira clara traz aconchego, e o branco a harmonia e luz ao ambiente l Foto: Luis Gomes de Souza

Por fim, a tradicional madeira é mais utilizada em estilos de decoração contemporâneos ou rústicos.

“Mas, lembre-se de pesquisar uma madeira mais dura e ainda recomendo que faça uma base protetora. O material não é resistente ao contato com água e calor”, revela a arquiteta Danielle Dantas.


Vídeos inspiradores


Por fim, claro que não deixaríamos de fora os vídeos queridinhos. Como resultado, seguem alguns vídeos estilo DIY para você se inspirar. Além disso, tem conteúdos que vão do passo a passo à apresentações de vários modelos!











Sobre a SCA Jardim Europa


Com mais de uma década de experiência no segmento de luxo e de móveis sob medida, a arquiteta Karina Alonso e o administrador Fabio Alonso idealizaram um espaço nobre da marca SCA em São Paulo, a capital brasileira da decoração.

A loja oferece soluções completas e exclusivas para mobiliar ambientes residenciais e corporativos com design e qualidade.

A SCA está inserida no segmento moveleiro desde 1967. Sempre destacada pelo design e pela qualidade, a empresa localizada em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, Brasil, conta com os mais avançados equipamentos para a indústria moveleira.

Com tecnologia de ponta, a marca consolida-se no mercado de mobiliário de alto padrão oferecendo produtos para cozinhas, dormitórios, closets, banheiros, lavanderias, home theaters e home offices, além dos mais variados ambientes corporativos.

 

SCAJardimEuropa 

Avenida Europa, 669 - Jardim Europa, São Paulo 

(11) 3088-0606 

www.scajdeuropa.com.br 

@scajdeuropa 


Por fim, leia também:

Diana Diniz: Diana Diniz é jornalista apaixonada por novas experiências. Possui uma bagagem profunda de conhecimento adquirido na Universidade do Algarve, em Portugal. Através do MBA em Marketing Digital pôde se especializar na redação de artigos para blogs e unir a experiência da profissão com sua paixão: arquitetura e decoração.
Posts Relacionados